10734262_344262552421345_7322113431647710907_n

Fazer um festival de fotografia divertido, questionador e popular. Essa é a intenção dos integrantes do coletivo Erro 99 que estão na luta para conseguir viabilizar o Festival Erro 99 – Fotografia Sem Limites, via financiamento coletivo. A ideia é levar a fotografia para a rua e, com muito bom humor, diminuir a distância entre o público e a arte.

O coletivo Erro 99 ( se você também está curioso com esse nome como a gente ficou, aí vai a explicação. Erro 99 é um código da câmera Cannon que significa pane geral) já fez várias ações fotográficas descontraídas nas ruas de BH e de outras cidades, em festivais de fotografia e eventos culturais. O Festival Erro 99 – Fotografia Sem Limites é o próximo passo para esse criativo coletivo belo horizontino  que coloca em prática – e na rua-  a experimentação com formatos populares de fomento e discussão da fotografia autoral. Para viabilizar o festival eles precisam de R$17.000,00 e têm até o dia 13 de novembro pra chegar lá.

Curtiu? Quer participar?  Acessa esse link aqui : http://variavel5.com.br/projetos/erro99/ e contribui com o que você puder. Lá você vai conhecer mais sobre o trabalho da galera e descobrir que a descontração e criatividade deles são infinitas! Ah, tem um video também que conta melhor o que é o festival e porque você deve ajudar a realiza-lo. Assite ai!

Por Bárbara Prado


A dica pro fim-de-semana é correr pro cinema pra assistir Tim Maia!

timmaiaofilmecartaz-01

Nossa equipe foi conferir e o filme é incrível. Sabe aquelas cotações de jornal que vão do bonequinho dormindo ao bonequinho aplaudindo ao filme de pé? Pois é, na cotação do Ameixa Tim Maia ganha um bonequinho em pé, cantando e dançando. É isso o que se tem vontade de fazer durante boa parte do filme.

Para quem conhece bastante a biografia do gênio Tião, o filme dá rostos e formas para os personagens em uma caracterização incrível! Para quem não conhece muito mais que as músicas, mostra o quanto o Síndico foi importante para o cenário musical brasileiro.

Desde a infância Tim Maia era encantado pela música, mas foi na adolecência que junto com Roberto Carlos, Erasmo Carlos e Jorge Ben que ele apareceu na TV. O grupo Os Sputiniks fez sua tímida estreia no programa do Impera, como era chamado o apresentador Carlos Imperial.

tim-maia-filme-01

Pra quem acha que escova progressiva é uma invenção recente, o filme mostra que os meninos da Tijuca já usavam, ou tentavam usar esse recurso desde os anos 50.

Nem só de bons momentos é o filme ou a vida do cantor, mas os perrengues dão o tom necessário de realidade.

Por ser uma biografia de uma vida e uma época agitadíssima é possível se perder com os fatos e personalidades. Como feito no filme Deserto Azul, do mineiro Eder Santos, seria maravilhoso receber pelo celular informações extras sobre os personagens, datas e curiosidades.


lucy_ameixa

Cinéfilos de carteirinha vão adorar a novidade que acaba de chegar à cidade. Já imaginou aquele seu filme preferido sendo transformado num sanduíche? Não, você não está sonhando! A Lucy Sanduicheria abriu recentemente no Sion, onde antes era a videolocadora Splendor Vídeo. Daí veio a ideia dos sócios Allan Santos e Monica Maertens de nomear os pratos com nomes ligados aos filmes.

unnamed-6

Para isso, contaram com a ajuda da dona da antiga da locadora, que identificou alguns ingredientes que tinham conexão com os filmes. Por exemplo, o “E sua mãe também”, por se tratar de um longa mexicano, virou um hambúrguer com recheio de guacamole e camarões, acompanhado de nachos. A Mônica visitou a casa e notou que todos os pedidos acompanham uma pequena sinopse do longa. Se a pessoa ainda não assistiu, fica uma dica de filme legal para ver futuramente =)

unnamed-11

O ambiente também chama a atenção. O nome Lucy vem do seriado “I Love Lucy”, sucesso dos anos 50, cuja personagem principal gostava de receber as pessoas na cozinha. A decoração tem um ar aconchegante, como se você estivesse indo visitar alguém. Ao todo, o cardápio tem 16 opções de sanduíches artesanais, além de pratos executivos – que levam o nome de  “Comer, rezar e amar” -, sobremesas e saladas.

unnamed-7

Não deixe de conferir também o “Julie e Julia” (foto acima), ou o “PulpFiction”, com pão com gergelim branco, hambúrguer de filé-mignon, alface, tomate, cheddar e tiras de bacon, acompanhado de batatas fritas.

Untitled design (3)

Onde:  avenida Uruguai, 746 loja 4, Sion

Horário de funcionamento: de segunda a quinta das 10h30h às 23h. Sexta e sábado 10h30 as 23h30.

Almoço: 10h30 às 16h

Esta e outras dicas de lugares bacanas em BH a gente dá semanalmente no site ND. Tem alguma sugestão? Conta pra gente no contato@ameixajaponesa.com.br que a gente vai adorar conhecer =)


Na coluna dessa semana vai uma dica de livro para quem curte make up : ”Maquiagem Duda Molinos”, da editora Senac São Paulo.

Maquiagem Duda Molinos

Logo no início está escrito “Este livro é um convite para você aprender maquiagem sem achar que está entrando num reduto de especialistas. Maquiagem não é “coisa de artista”…ao contrário: ninguém melhor do que você mesma para fazer uma boa maquiagem que, ao mesmo tempo resolve pequenos problemas; afirme seu estilo pessoal. “Depois de um certo tempo, todo mundo é responsável pela cara que tem. Portanto, ninguém melhor do que você para conhecer sua cara. É você quem dorme e acorda com ela”. (Duda Molinos) .

Não preciso dizer muito mais do que você já leu aí. Este livro é um ótimo manual com muiiiiitas dicas infalíveis para todos os tipos de mulheres (maquiadoras ou não) . Você pode conhecer mais sobre textura de cosméticos básicos, instrumentos e acessórios essenciais, truques, pincéis, produtos, entre muitos outros pontos que as mulheres adoram. Com uma linguagem leve e bacana, o maquiador dá ainda dica de peles – tipos, cuidados, maquiagens – explica um passo a passo sobre luz e sombra nas regiões do rosto, fala sobre a beleza das sobrancelhas, correções na maquiagem, mostra diversos “antes e depois”, escreve sobre a beleza fazendo um equilíbrio entre etnia e o estético, e claro, presenteia o leitor com fotos de maquiagens lindas, bem explicadas. Eu amo esse livro! #ficaadica

unnamed-2

unnamed-1

unnamed-5

Duda Molinos: Corte, Corte, penteado, escova, maquiagem, sobrancelha, noivas, consultoria de imagem, cursos e palestras. O Duda é um dos sócios do LAB. Com 30 anos de experiência, realizou quase tudo o que um beauty artist pode fazer: assinou a beleza de desfiles nacionais e internacionais, de inúmeras campanhas publicitárias e editoriais de moda, cuidou da caracterização de artistas, colaborou com os principais fotógrafos do país e do mundo, transformou NewFaces, escreveu um livro sobre maquiagem, teve quadro em programa de TV, ganhou prêmios e lançou a sua própria linha de produtos, a Duda Molinos Make Up. Duda também está no DNA da moda brasileira, tendo ajudado a conceber o SPFW e a difundir o conceito de beauty artist no país. (Informações sobre Duda Molinos retiradas do site do maquiador)

Thaís Azze é jornalista apresentadora de TV e maquiadora profissional. Apaixonada por cultura e viciada em moda e beleza, garimpa dicas, técnicas e produtos beauty para te deixar por dentro das últimas tendências.

A M.A.C escolheu a cantora pop Miley Cyrus para ser o novo rosto da campanha de Viva Glam 2015. Todos os anos, a marca se une a algum artista para criar uma coleção que arrecada fundos para projetos de combate ao HIV – lembrando que já usou Rihanna e Lady Gaga para a mesma campanha. 

A coleção estará disponível no Brasil em 2015. Serão lançados, por enquanto, um batom e um gloss – que já amei a cor antes mesmo de provar. Olha que rosa lindo?

image002 image003