Pra quem se lembra do filme Up e daquele montão de balões, vai ficar alucinado com esse post! O filme conta a história de Carl Fredricksen, um simpático velhinho vendedor de balões que é uma inspiração pra muita gente. De uma forma muito sutil e bastante lúdica, Carl abandona a sua confusa realidade dando asas, ou melhor, balões à casa onde mora. Aposto que muita gente ficou doidinha pra fazer o mesmo…

Vale rever um pedacinho do filme pra relembrar:

E não é que o premiado filme, que levou estatuetas de melhor animação e trilha sonora, extrapolou os limites da telona com seu desejo de liberdade? O National Geographic resolveu fazer uma incrível adaptação da casa do Sr. Carl, com mais de 300 balões de hélio e uma casa em tamanho real, deixando tudo aos ventos. O lançamento aconteceu em um campo de Los Angeles e deixou o céu mais colorido e divertido.

2 Respostas para “A casa dos sonhos”

  1. Lima

    Isso me faz lembrar daquele padre(que Deus o tenha), que saiu voando por ai com um monte de balões…..

  2. Esculturas surreais – Myeongbeom Kim « Ameixa Japonesa

    [...] Myeongbeom Kim mistura materiais simples, mas inusitados para produzir suas exibições. Definí-la como escultora soa estranho, pois é quase uma colagem. Sua obra chama atenção pelo nada e pelo todo, pois dá para sentir um conceito profundo por trás. Uma sala vazia com uma muleta chega a doer, e me faz querer sair o mais rápido daquele lugar. Uma montanha de folhas reunidas, lembra minha infância, e a vontade de me jogar ali é grande. Já a cadeira com os balões, é meu preferido. Gostaria de sentar e deixar o vento guiar, como na casa dos sonhos. [...]

Deixar uma Resposta