Por enquanto, as passarelas afirmam que os tons pastel e ares leves prometem ditar a moda no próximo verão. Nada de exagero e sem muitas novidades, o segundo dia de Minas Trend Preview contou com seis desfiles no Expominas. O que ganhou a antenção foram, sem dúvidas, alguns desfiles da noite.
Para quem perdeu, confira nosso resumo (fotos por Hélio Monteiro).

Patogê trouxe o resgaste dos clássicos conjuntinhos combinados, sucesso da moda lá nos anos 60 e 70 e, claro, muito jeans. Mas a atenção ficou mesmo para a fanfarra com a Osquestra Voadora. Todo mundo dançou!

A E-Store, grife do estilista Eduardo Amarante, trouxe para a passarela uma coleção étnica inspirada no Tibet. De lá, vieram cores como amarelo, bege, branco e laranja, trabalhadas principalmente na alfaiataria. E a pantalona está de volta!

Uma trouxe para o seu verão tecidos leves, plissados e efeitos amassados. Looks confortáveis, quase com um ar “ficar em casa”.

Alessa trouxe uma coleção impecável inspirada no universo de Iemanjá com estamparia de conchas do mar. Desfile maravilhoso e trilha sonora perfeita (Clara Nunes).  Na beleza? Cabelo com efeito molhado, de novo!

Fabiana Milazzo apostou na vibrante combinação de vermelho e rosa, que foram destaque na cartela de cores da grife. Cintura marcada, babados e recortes vazados para uma moda bem feminina.

Vitor Zerbinato também trouxe o fundo do mar com a coleção “Criaturas do Mar”. Tons de azul, tão característicos das águas do mar à noite, compõem a cartela de cores que conta com todas as nuances como o verde, turquesa e marinho. E olha quem apareceu, o cropped!


Deixar uma Resposta