Saia com muita fome!

Desça na estação de metrô U1-Schlesisches Tor e vá direto para o Burgermeister para provar um sanduíche simplesmente delicioso! Sente em um dos “bancos” (engradados de cervejas ou algo originalmente feito para prender a bicicleta) e não deixe de reparar no local: onde você hoje está comendo, antigamente costumava ser um banheiro público.

Agora, de barriga cheia, aproveite para matar um pouquinho a saudade do Brasil, caso já tenha tido tempo de ter, e veja um dos grafites d’OsGemeos logo ali.

A Schlesische Straße e as ruas que cortam são cheias de lojinhas de design, roupas, brechós e cafés.

Ande um pouquinho e dê uma rápida escapada para esquerda, na Falkensteinstraße para tirar as famosas fotos em preto e branco em uma das máquinas espalhadas por Berlim.

De volta à Schlesische Strasse, logo mais em frente você chegará a um lote vazio com grafites do Blu.

Lá tem sempre um pedaço da cerca que fica aberto, é só procurar. Não deixe de entrar e sentar na beirada do rio. Logo neste cruzamento também fica a casa de shows Lido. Vale a pena checar a programação e ver o que vai ter lá.

Seguindo em frente pela Schlesische Strasse, à direita tem um parquinho para crianças com pista de patins com pequenas elevações e brinquedos incríveis. Alias, algo impressionante na Alemanha é a criatividade na hora de construir parques públicos para crianças. Lá também fica uma antiga torre de controle, ainda da época do muro de Berlim.

Do outro lado da rua, tem o Club der Visionäre. É uma boa opção para sair a noite, mas se o dia estiver bonito e eles estiverem aberto, também é legal apenas para um cafezinho ou cerveja na beirada do canal.

Pertinho de lá, dentro de um galpão, tem também um mercado de antiguidades e coisas usadas que fica aberto aos sábados e domingos. Não é um dos mais baratos de Berlim e as coisas não são muito selecionadas, mas se você é do tipo de pessoa que tem aquele olho para achar coisas escondidas entre milhares de outras, vale a pena. E no verão, não deixe de dar um pulo na piscina do Badeschiff. A piscina é construída dentro do rio!

*Por Mari Polke, colaborada do Ameixa em Berlim.

Uma Resposta para “Conexão Ameixa: Um passeio por Berlim com Mari Polke!”

  1. novidadinhas de sexta | Fast Fashion Blogs

    [...] quem tá de malas prontas – ou só com a ideia na cabeça – no @ameixajaponesa tem a dica de um dia bem bacana em [...]

Deixar uma Resposta