mercado_1

Uma vez dentro do Mercado Central de BH somos convidados a uma viagem sensorial. Olfato, tato, visão, audição e paladar ficam em estado de alerta constante para cada surpresa que o espaço nos reserva.

Vamos focar aqui no que nos interessa. Primeiro temos uma explosão de cores. Diferente do que prega a moda e suas cores da temporada, no mercado tudo é permitido. Tudo é vibrante em sua cartela colorida. Legumes, frutas, verduras e ervas reinam absolutos como destaques nas vitrines das mais diversas lojinhas.

E quando menos esperamos somos tomados pelos aromas do lugar. A cada parada cheiros das mais diversas culinárias tomam conta do ambiente. Aí fica irresistível não acionar outro sentido, o paladar…

mercado_2

O Mercado Central é um convite ao pecado da gula nas suas mais diversas personificações: comidas típicas, doces, queijos dos mais variados, petiscos, frutas, salgados e por aí vai. É impossível recusarmos um desvio de conduta. Melhor, é uma afronta ao lugar tal pensamento de recusa.

Além de ser uma verdadeira viagem cultural, o local é sempre a primeira opção quando vamos produzir um cardápio. Salvo raras exceções, por lá se acha de um tudo. E se você for como eu, sem o mínimo senso de direção, se perder entre os seus labirintos pode se revelar uma grata surpresa.

Permita-se!

mercado_3

#Dica
Uma vez no Mercado Central experimente a empada de jiló com carne e bacon do “Rei da Empada”. Olha é uma explosão de sabores. Muito gostosa e tem a cara do lugar!

#Evite
A única tristeza que tenho do lugar é a sua área de comercialização de animais silvestres e domésticos. Não acho certo, e realmente não passo no local. Existem vários movimentos pedindo o fechamento desse setor, e eu assino embaixo.

#Serviço
Mercado Central de BH
Av. Augusto de Lima, 744 . Centro – BH/MG

Horários: Segunda a Sábado: 7:00 às 18:00 e Domingos e Feriados: 7:00 às 13:00

Pierre Menezes é chef de cozinha, jornalista e todas as terças está no Ameixa falando de Gastronomia.

Deixar uma Resposta