maua

Pra quem procura um fim de semana paradisíaco com cachoeiras, caminhadas, comida caseira e uma sensação de relaxamento profundo precisa conhecer Visconde de Mauá.

Conheci Mauá através de uma grande amiga que tem casa lá desde criança.Fui meio desacreditada, a viagem era muito longa e cansativa (a estrada de Penedo até Mauá era de terra) mais minha amiga insistiu.Foi maravilhoso, nunca relaxei tanto. A cidade tinha um  clima bem anos 70 com temperatura gostosa durante o dia e fria de noite, pessoas extremamente gentis e felizes.Desde esse meu primeiro encontro com a cidade, voltei algumas vezes.Fiquei em vários lugares, passei um ano novo, muitos feriados e fins de semanas. Com criança  e sem criança. Com cachorro, com marido e sem cachorro, sem marido, com amigos.

 Meu filho de 3 anos não conhecia Mauá. Desde que ele nasceu nunca mais tinha voltado. A vida ficou mais corrida. Queria voltar e ficar num lugar que nunca tivesse ficado antes mas com boas recomendações. Escolhi ficar numa pousada alguns quilômetros do asfalto e valeu a pena.

 Nesta pousada comemos muito bem (todas as refeições estavam incluídas no pacote) uma comida caseira muito delicada e saborosa. Fiquei bem perto das cachoeiras mais visitadas de Mauá mas o “quintal” da pousada é algo cinematográfico. Bosques, cantos com mata verde, muitas borboletas várias quedas d’água com um acesso muito fácil. Espreguiçadeiras espalhadas em pontos estratégicos da mata e quando você achava que já estava bom o suficiente pra se jogar, um cantinho com uma banheira de hidromassagem e água bem quente, com vista para uma cachoeira linda!!! Água gelada, água quentinha, celular sem sinal, telefone só pra pedir uma bebidinha.A locação perfeita pra descansar, viver, sentir, andar, ser feliz.Mauá vale a pena.Que seja por uma única vez, em um camping (tem vários incríveis), numa pousadinha simples ou super sofisticada, Mauá tem pra todos os gostos e bolsos. O importante é curtir, relaxar e se banhar nas águas doces e geladas dos rios e cachoeiras de lá. Além do mais, podemos estar no Rio de Janeiro e Minas Gerais quase ao mesmo tempo…

 Pra conhecer em Mauá:

-Camping na entrada de Santa Clara

- Bistrô das Meninas (Maringá Minas)- café/bistrô/livraria

-Cachoeira de Santa Clara

-Restaurante Babel (Vale do Pavão) – comida sofisticada e lugar lindo

-Panela Véia (Maringá Rio) comida caseira muito barata e gostosa

-Pousada Casa Bonita (Maromba) pousada que me hospedei

-Cachoeira do Escorrega

-Poção

-Massagem relaxante no “Portal” (sala de massagem feita por uma terapeuta no meio da mata, longe mas vale conhecer)

 

 Por Ellen Milet

Sou mineira. Muito mineira, nasci numa cidade do Sul de Minas chamada Boa Esperança. Moro no Rio há quase 20 anos. Tenho 2 filhos, Maria, 10 anos e João, 3. Trabalho como figurinista desde que cheguei aqui. Faço figurinos para TV, cinema, publicidade e teatro. Adoro viajar, conhecer pessoas, trabalhar, pegar meus filhos na escola, assistir shows, fazer massagens, mudar meus móveis de lugar…

 Pinterest/ellenmilet, Instagram/ellenmilet

Uma Resposta para “Conexão Ameixa: Visconde de Mauá”

  1. Luci Santos

    Conheci Mauá a alguns anos atrás e concordo plenamente!!! Se existe paraíso na terra, fica em Visconde de Mauá!!

Deixar uma Resposta