tabuas_bambu1
Sabe aquela sua tábua de cozinha surrada, mas que é indispensável e pau para toda obra? Que tal dar um upgrade nela? Opções são o que não falta. Porém, as tábuas de bambu são as novas vedetes da cozinha porque além de estilosas são feitas de material ecologicamente correto e que tem ação bactericida natural. Ou seja, além de linda, a tábua de bambu é super higiênica.

As tábuas clássicas de madeira são perigosas porque facilitam a proliferação de bactérias. Nas cozinhas profissionais o seu manuseio é proibido. Já as de polietileno, brancas, são ótimas durante um tempo. Depois, elas começar a ficar com um cheiro estranho, encardidas e não há água sanitária que dê jeito.

Basicamente, dá para dizer que as tábuas de bambu são divididas em dois tipos: as mais fininhas, leves, que são ótimas para quem não tem muito espaço; e as pranchas, mais robustas, que podem morar sobre a bancada da cozinha. Além de práticas, elas enfeitam e dão alma para cozinha. Há uma boa variedade de marcas, nacionais e importadas. Uma tábua de cerca de 40 x 30 cm, com espessuras variadas, pode custar de R$ 36,90 a R$ 379,00. Não dá para dizer que sejam exatamente o mesmo produto, mas isso mostra que há opções para todos os bolsos.

tabua_bambu2

Conservação

- lavar com água e pouco detergente neutro;
- não deixar de molho;
- secar imediatamente após lavagem;
- não lavar na lava-louça;
- guardar em local arejado.
- Sempre que o bambu começar a ressecar, aplique na tábua seca e limpa um fina camada de óleo mineral, comprado em farmácia, e deixar secar.

Pierre Menezes é chef de cozinha, jornalista e todas as terças está no Ameixa falando de Gastronomia. Quer acompanhar todas as dicas do Pierre? Acesse a fanpage dele!

Deixar uma Resposta