Miguel Faria Jr e Chico Buarque 2_ Chico - Artista Brasileiro

Chico – Artista Brasileiro, documentário que estreia hoje nos cinemas, busca nas memórias do seu próprio personagem o fio condutor dessa história.

Chico – Artista Brasileiro, filme de Miguel Faria Jr. entra no circuito a partir de hoje e gira todo ele em torno das memórias afetivas de um dos maiores compositores da música brasileira. O filme, narrado pelo próprio Chico, conta a história dos 70 anos do artista e os 50 anos de sua obra. De cara, Chico Buarque diz que correr à memória e a imaginação para contar sua história. Uma não caminha sem a outra.

Em termos de documentário, a obra não traz nada de frescor. Segue a cartilha de acertos de um personagem central narrando sobre quase tudo que a memória e sua imaginação permitem, entremeado por depoimentos de amigos e colegas, entrevistas de arquivo e por números musicais escolhidos e gravados especialmente para ajudar a contar a história.

Então o que faz Chico  – Artista Brasileiro uma obra a ser vista? Fácil, o seu personagem. Torna-se impossível desviar o olhar enquanto Chico Buarque relembra fatos da sua vida e sua intima e quase velada opinião sobre sua intimidade e o mundo que o cercava em cada período. Com a permissão do personagem principal podemos observar e se apropriar de histórias que até então ficavam no nosso imaginário.

Frame Chico - Artista Brasileiro 2

Chico Buarque é um reservado por natureza. O trabalho de Miguel Faria Jr. foi justamente deixar o artista a vontade para falar de assuntos íntimos como a sua relação com pai, o historiador Sérgio Buarque de Holanda, o seu casamento com Marieta Severo, as aflições do artista quando a inspiração não vem e a busca por informações pelo seu irmão alemão. Todos esses fatos se mostram fundamentais para a construção da obra artística de Chico Buarque.

Se como não bastasse as quase 2 horas de prosa do artista, em momentos fundamentais do filme somos presenteados com performances inspiradas de outros cantores para as músicas de Chico. Carminho, Milton Nascimento, Ney Matogrosso, Monica Salmaso, Laila Garin, Péricles, Moyseis Marques, Adriana Calcanhoto e Martnália emprestam voz e emoção o que deixa tudo mais gostoso de ser acompanhado.

Chico – Artista Brasileiro, vale não só pelo registro em si, mas também pelas suas sutilezas e delicadezas. Chico Buarque é um artista fundamental para a cultura brasileira. Seja por meio de seus romances, peças teatrais, letras e melodias e o que mais vier de sua imaginação.

CHICO – ARTISTA BRASILEIRO

Direção – Miguel Faria Jr
Elenco – Chico Buarque
Roteiro – Miguel Faria Jr. e Diana Vasconcellos
Montagem – Diana Vasconcellos, ABC
Direção de fotografia – Lauro Escorel, ABC
Narração em off: Marília Pêra
Direção Musical – Luiz Cláudio Ramos
Direção de arte – Marcos Flaksman
Figurinos – Marília Carneiro
Pesquisa – Antônio Venâncio
Produção – 1001 Filmes
Coprodução: Globo Filmes e Sony Pictures
Distribuição: Columbia Pictures
Duração: 110 minutos

Por Pierre Menezes

Deixar uma Resposta