marie-kondo-livro

Quando comprei esse livro não sabia que já era um sucesso mundial e que tinha virado um hit. Me interessei pelo título e pelo que li na orelha. Sim, sou dessas que compra livro pelo título hahaha. Aí, comentei em um grupo de amigos que estava lendo e a Mônica do Ameixa me pediu uma resenha. Mas não queria simplesmente fazer uma crítica do livro, queria testar se as dicas da autora davam certo mesmo, qual era a tal mágica! E para minha surpresa não é que funcionou demais?

Quando você começa a ler o livro as coisas que ela fala não fazem muito sentido. Mas quando coloca na prática é surreal. Como a Marie diz não dá para organizar um guarda-roupa se não tem espaço para colocar as coisas no lugar. Então, antes de organizar tem que rolar um super desapego. Comigo foi difícil porque sempre acho que tenho pouca coisa, mas descobri que não tenho, sou praticamente uma acumuladora hahaha..

Não fiz fotos de antes e depois (sorry), mas segue a minha lista gigante de desapego:

- 2 sapatos de salto (um me aperta e o outro detesto porque não combina com meu estilo);

- 10 batons (descobri que tenho maquiagem demais e muitas estavam vencidas! No meio da bagunça não conseguia perceber. Tirando o Studio Fix da MAC (que uso diariamente) acho que posso comprar make só em 2017 e olha lá. Juro que não sou mega consumista de maquiagem, mas como ganho muita coisa de presente  fui acumulando..)

- 7 blusas (todas foram pouco usadas, mas percebi que foram compras erradas);

- 4 biquínis (meu corpo mudou e eles não me servem mais; dois quase não foram usados);

- 2 pijamas (um não me serve e o outro ganhei e nunca usei);

- 2 blusas de academia;

- Vários chinelos (no último ano várias amigas se casaram e TODAS deram chinelos. Sinceramente, havaianas demora demais para acabar, então please, pensem em outros brindes mais criativos).

- 9 livros – vários livros que não leio mais e não tenho apego nem vontade de ler. Ela diz que o que a gente compra e não lê é para jogar fora. Tenho uns dez livros que ainda não li, mas não tive coragem!

- 3 jaquetas/ casacos – uma o tecido está puído (apodreceu), a outra ganhei de presente e não tem nada a ver comigo e a outra da Adidas tá tão surrada que não dá para ir nem na academia!

- Brindes de empresas, lembrancinhas de aniversário, formaturas, batizados etc…joguei tudo fora! O que vou fazer com a taça de champagne que ganhei na formatura de Medicina do meu primo ou o que fazer com as 5 lembrancinhas do aniversário da minha sobrinha? Ninguém tem lugar para guardar isso e é um dinheiro que acaba no lixo! Puro desperdício!

- Cintos e lenços – tirei fora os que não uso e que estão estragados.

- Bijuterias – tirei todas que são muito antigas, as que não combinam comigo mais ou estão fora de moda. Deixei só as que uso mesmo!

 marie-kondo-fran-dornellas

 

Dicas da Marie que merecem nosso respeito:

- Forma de dobrar as roupas! Ajuda a otimizar espaço demais e faz milagres nas gavetas;

- Maneira de organizar os cabides – ela fala para separar por categorias: primeiro peças pesadas, blazers, vestidos, calças…. Outra coisa que dá certo é sempre colocar as peças mais pesadas da direita para esquerda.

- Avaliar o valor sentimental de cada peça– parece uma viagem louca, só que fez muito sentido para mim. Tem muita coisa que guardamos que está velha, não tem a ver com seu estilo mais, simplesmente não faz parte da sua vida…precisa desapegar!

- Organizar meias e meia-calça numa caixa! Ideia sensacional e mega prática!

- Livros por tema – sei que muita gente já faz isso e é o normal, né?

- Criar setores para as roupas, sentir o que é de cabide e o que é de gaveta. Meu guarda-roupa vivia bagunçado porque eu misturava as peças e colocava em lugares errados. Agora tudo tem seu lugar!

- Separar gavetas para blusas, calças, shorts e saias. Essa dica já aplicava, mas não funcionava porque ficava tudo embolado. Agora dobrando direito tudo se encaixa.

- Com toda a arrumação consegui mais espaço para sapatos uhuuu. Como tenho vários pares, sempre tive dificuldade em guardá-los. Então, coloquei todas as botas numa parte, sandálias de festa e saltos nas caixas e usei o sapateiro de porta para colocar os que uso no dia a dia.

*Dica da Fran: como moro sozinha e tudo fica no meu guarda-roupa aproveitei para organizar roupas de cama também. Usei uma dica da Santa Ajuda do GNT de colocar as peças de cada jogo de cama dentro da fronha. 

A Marie fala no livro que quando você organiza suas coisas a energia flui. Enquanto arrumava tive essa sensação a todo momento. Meu guarda-roupa ficou tão lindo que abri as portas, deitei na cama e fiquei admirando por horas. Parecia sonho! Como sempre fui meio desorganizada, achava que tinha nascido assim e nunca ia conseguir colocar as coisas no lugar.

Não sei se ela é uma bruxa, mas sei que seu método é realmente transformador. Ainda falta terminar de organizar a parte de papéis e fotografias. Ufa!! Ela fala que a gente não pode parar no meio do caminho, mas é muita coisa. Então, coloquei na cabeça que essa será uma segunda parte, que farei em breve!

 

Saiba mais:

Marie Kondo – A mágica da arrumação

Editora Sextante – 158 páginas

À venda nas melhores livrarias.

 

Por Fran Dornelas, jornalista e amiga querida de longa data. <3

 

 

Deixar uma Resposta