cluster-bh

O Cluster procura: novas marcas e chefs de BH com o objetivo de dar visibilidade e lançar um olhar curatorial sobre trabalhos independentes de artistas. Estão abertas as inscrições para produtores locais que queriam participar da primeira edição do evento deste ano em Belo Horizonte, que será realizada no dia 12 de março, na Casa Bernardi (rua Conde de Linhares, 308, Cidade Jardim). Interessados devem enviar um e-mail, com o assunto “O Cluster BH”, para o endereço eletrônico cadastro@ocluster.com.br.

O Cluster, que já foi realizado em duas edições na capital mineira, em outubro de 2016 e novembro de 2015, tem-se consolidado na cidade como importante espaço para divulgação da moda, da gastronomia, da música e do design produzidos em solo belo horizontino. Por isso, neste ano, o evento terá três edições. Além da data de 12 de março, O Cluster ocupará a Casa Bernardi nos dias 5 de junho e 8 de outubro.

Para a idealizadora d’O Cluster, Carolina Herszenhut, trazer o evento do Rio de Janeiro para Belo Horizonte foi uma escolha acertada. “A última edição foi uma experiência incrível, pois podemos perceber que Belo Horizonte entendeu exatamente o que fazemos, e a recepção foi exatamente como gostaríamos. O resultado de vendas e público nos fez colocar BH no nosso calendário”, comenta Carolina.

A última edição d’O Cluster, realizada no dia 23 de outubro na Casa Bernardi, foi visitada por 1.2000 pessoas e movimentou R$ 150 mil em apenas oito horas. Além disso, foram vendidas 2 mil cervejas e sete DJS ficaram por conta do set list que animou o público o evento inteiro. No total, participaram da segunda edição d’O Cluster 25 produtores independentes de Belo Horizonte e do Rio de Janeiro, que apresentaram ao público marcas de moda de roupas femininas, sapatos, bijuterias e joias, e também marcas gastronômicas de comidas veganas e vegetarianas, sobremesas e bebidas.

A designer Luisa Jordá, que se apresentou na última edição do evento com o pré-lançamento da sua marca de sapatos veganos, o Estúdio NHNH, também ficou muito satisfeita com o saldo d’O Cluster. “Foi uma feira com um público interessante e muito gostosa de se frequentar. Gostei especialmente da gastronomia, que tem tudo a ver com a minha marca: em todas as barraquinhas havia opções de comida vegana e vegetariana, como sorvete e hambúrgueres veganos”, analisa.

Sobre o Cluster

Sucesso no Rio de Janeiro desde 2012 – ano em que foi criado, o evento propõe seguir na contramão do consumo desenfreado, procurando abrir espaço para o novo, possibilitando uma integração multicultural, de diversas áreas. Um convite ao inédito, ao inusitado e ao surpreendente, os eventos O Cluster recebem criações de novos estilistas, deliciosos e exclusivos pratos preparados por chef´s de cozinha, feiras de vinis, além de intervenções e performances artísticas. O Cluster se consolidou como um espaço onde é possível encontrar o que há de mais novo na moda carioca, se posicionando como um evento onde todas as experimentações são permitidas e fazendo essa ponte entre os criadores e o público. Em 3 anos, reuniu em 17 edições mais de 50.000 pessoas ávidas por novidades, registrando em média um público de 4.000 pessoas por edição envolvendo aproximadamente 50 marcas e mais de 100 pessoas trabalhando indiretamente.

Deixar uma Resposta