barbaensopadadesangue

O nosso livro da semana é o romance de Daniel Galera, Barba Ensopada de Sangue, lançado pela Companhia das Letras, em 2012. Misturando ternura e uma boa dose de violência, o livro é um mergulho em nossas pulsões mais primitivas e uma investigação sobre a origem insuspeita dos mitos da vida comum, alicerçados em amores perdidos, conflitos familiares, segredos inconfessos e nas dificuldades que enfrentamos para entender e reconhecer os outros.

Na história de Barba Ensopada de Sangue acompanhamos um professor de educação física apaixonado por natação que se muda para uma cidadezinha no litoral de Santa Catarina. Ele está em busca de recolhimento e solidão para elaborar a morte do pai e se afastar de um momento familiar conturbado. Mas também quer compreender o que está por trás do mistério envolvendo a morte do avô.

Alternando descrições cheias de minúcias, mas nunca documentais, e demonstrações de um ouvido apurado para diálogos, Daniel Galera trabalha com habilidade a tensão entre o tom contemplativo do mundo exterior e a ebulição interna dos personagens. Como em outras obras do autor, os personagens de Barba Ensopada de Sangue parecem dilacerados entre a busca de uma segunda chance e a impossibilidade de uma redenção genuína.

Sobre o Autor

Gabriel Galera nasceu em São Paulo em 1979, mas passou maior parte da vida em Porto Alegre. É escritor, tradutor e um dos criadores da editora Livros do Mal, pela qual lançou seu livro de estréia, Dentes Guardados (2001), e a primeira edição de Até O Dia Em Que O Cão Morreu (2003), adaptado para o cinema em 2007 e reeditado pela Companhia das Letras. Pela editora, lançou também Mãos de Cavalo (2006), Cordilheira (2008 – vencedor do prêmio Machado de Assis de romance) e o álbum em quadrinhos Cachalote (2010) e Meia-Noite E Vinte (2016). Teve os direitos dos seus livros vendidos para Inglaterra, Estados Unidos, França, Itália, Argentina, Portugal, Romênia e Holanda.

Barba Ensopada de Sangue
Gabriel Galera
Companhia das Letras

Deixar uma Resposta