O Centro de Referência da Moda (CRModa) apresenta, a partir de amanhã (15.10), o 2º Ciclo Cinema e Moda, com uma série de palestras e sessões de cinema comentadas que buscam ampliar o olhar para o fenômeno da moda e suas articulações com a sétima arte.

 

tiffany

 

Confira a programação:

15 DE OUTUBRO – QUARTA-FEIRA

19h ­ “’Identidade de Nós Mesmos’, de Wim Wenders (1989) ­ Yohji Yamamoto e a visão oriental como ruptura na moda ocidental”, com Geanneti Tavares

A palestra tem como foco o processo criativo de um dos designers japoneses de maior repercussão, Yohji Yamamoto, sob o olhar do diretor Wim Wenders. O documentário abre caminho para o mestre em literatura, graduado em estilismo e Vestuário, Geanneti Tavares discorrer sobre a trajetória do japonismo desde fins do século XIX.

20h30 ­ “A Noite dos Desesperados ­ uma representação de Alexander McQueen”, com Márcia Mendonça

A atividade comandada pela jornalista e historiadora Márcia Mendonça procura estabelecer, a partir do contexto da Crise de 1929, a interface entre imagem e moda, relacionando o filme ‘A Noite dos Desesperados’, de Sydney Pollack, de 1969, ambientado na Depressão norte-americana, com a coleção de 2004, de Alexander McQueen, inspirada no filme de Pollack, vista enquanto campo de representação e discurso político.

16 DE OUTUBRO – QUINTA-FEIRA

19h ­ “Moda e ficção científica: utopias, distopias e (des)individualização”, com Marina Aguiar

A partir da relação entre individualidade e perda da identidade, a pós-graduada em Linguística Aplicada e analista em Desenho Instrucional, Marina Aguiar, abordará um pouco da influência da moda no processo da construção de ícones e mitos. A apresentação será focada nas imagens e comentários sobre os estilistas e figurinistas responsáveis, bem como sobre as implicações ideológicas subjacentes às cores, cortes, modelos, personagens e personalidades com a apresentação de trechos dos filmes que tiveram seus figurinos planejados por ícones da moda, grandes estilistas dentre eles Aelita (1924), de Yakov Protazanov, Metrópolis (1927) de Fritz Lang, Barbarella (1968) de Roger Vadim, Horizonte Perdido (1973) de Charles Jarrott, Blade Runner (1982) de Ridley Scott, O Quinto Elemento (1997) de Luc Besson, Acquaria (2003) de Flávia Moraes, Jogos Vorazes (2012) de Gary Ross, Jogos Vorazes ­ Em Chamas (2013) de Francis Lawrence, Teorema Zero (2013) de Terry Gilliam.

20h30 ­ “Bonequinha de luxo: o desejo de consumo de um produto icônico de moda e luxo”, com Andreia Salvan

A palestra de Andreia Salvan, pós-graduada em Design de gemas e joias, irá abordar o papel do desejo no consumo de produtos de luxo usando como exemplo o filme Bonequinha de Luxo, que mostra a relação da personagem com a vitrine da loja Tiffany. A reflexão serve como ponto de partida para o debate sobre o papel do cinema na construção da marca como ícone de luxo.

17 DE OUTUBRO – SEXTA-FEIRA

19h ­ “Star system e a moda”, com Bruno Castiglia

A partir da análise de uma série de filmes que fazem parte da história do cinema, o consultor em figurino Bruno Castiglia pretende analisar o sistema de estrelas, que é o método de criação, promoção e exploração de artistas por Hollywood. Castiglia fala desse sistema desde o início, até a sua vigência, estabelecendo relações entre ele e o universo das novelas brasileiras.

20h30 ­ “Design do Imaginário”, com Cibele Navarro

Mediados pela professora e especialista em figurino, Cibele Navarro, alunos do Curso Tecnológico em Design e Moda da UNIBH irão refletir e discorrer sobre o processo criativo no desenvolvimento da coleção “Design do Imaginário”, que aborda a relação entre moda e cinema através da criação de peças e roupas a partir de referências cinematográficas como: O Poderoso Chefão, Laranja Mecânica, Bonequinha de Luxo e Cinderela em Paris.

SERVIÇO:

2º Ciclo Cinema e Moda - De 15 a 17 de outubro, das 19h30 às 22h.

Centro Referência da Moda - Rua da Bahia, 1149, Centro.

Entrada Gratuita

Informações para o público: (31) 3277-9248


Já viu que lindos os pratos da Bruna Zanetti Atelier? As peças são feitas a mão, diretamente na porcelana e tem função que vai muito além da cozinha. Os pratos podem ser pendurados como uma peça de decoração, beeeem delicada. A coleção Jardim Brunza Zanetti para Casa Mangabeiras é série limitada. São 11 modelos e apenas 3 reproduções de cada. Cada prato custa R$140.

“A ideia dos pratinhos surgiu observando a coleção de pratos que minha mãe tem em uma das paredes de nossa casa. Resolvi produzir uma peça com meu estilo para presentear e com o tempo os amigos mais próximos foram encomendando novos trabalhos”, explica. Difícil mesmo é a gente escolher o mais bonito <3

unnamed (1) unnamed (2) unnamed (3) unnamed


Cortazar

 

“Os jogos de Cortázar” é o nome da mesa de debates que Liquid Media Laab – escritório Belo Horizonte – e a Livraria Mineiriana realizarão em parceria, no próximo dia 27, sábado, a partir das 14h. O evento, que acontecerá no mezanino da livraria, reunirá o cineasta Ataídes Braga e o tradutor de “O Discurso do Urso” – livro do escritor argentino –, Leonardo Cunha, fazendo parte da celebração nacional do centenário de Júlio Cortázar.

Braga abordará a influência de Cortázar nos cinemas, partindo de análises sobre Jogo Subterrâneo, filme com Felipe Camargo e Maria Luiza Mendonça, que foi baseado no conto. Logo após, Cunha falará sobre sua experiência em traduzir o escritor e o processo de edição deste livro no Brasil.

“Os jogos de Cortázar” é o primeiro evento da série “Jogos Literários”, que marca a parceria entre Liquid Media Laab e Livraria Mineiriana.


Intenso e vigoroso, o café já acordava dando um “bom-dia” à margarina. Do lado de lá da mesa, mole e revoltada, ela nunca respondia. Certa vez, quase na hora do almoço, confirmaram-se os frutos do bom comportamento. Subjugada ao poder das absorções orgânicas, a mal-humorada cremosa virou pum e gordurinhas. Ele, em seu negro império e abastado em cafeína, transformou-se, pelo resto da vida, em pura disposição. Doce vingança.

*Rita Lopes é jornalista, locutora e colaboradora do Ameixa Japonesa, como cronista.

coffee


Cheatin' Diretor- Bill Plympton (2013) - Estados Unidos

Belo Horizonte se transforma na capital da animação neste mês de setembro. De 2 a 7 de setembro será realizada a quinta edição do Anima Mundi BH, com animações nacionais e internacionais.

Na programação, mais de 50 produções e retrospectivas de diferentes países e autores que serão exibidos em sessões de curtas, longas infantis e adultos e duas sessões de mostras especiais com filmes suíços.

Além da mostra de filmes, serão oferecidas oficinas do Estúdio Aberto e uma masterclass inédita com a animadora portuguesa Regina Pessoa.

Abertura

A noite de abertura terá sessão ao ar livre na Praça da Liberdade, dia 2 (terça-feira), às 19h30. A seleção, para toda a família, conta com produções da França, Argentina, Holanda, Hungria e Brasil. No roteiro, “As pintas de Júnior”, “Entracte”, “Padre, “Forward, march!”, “Gloria Victoria”, “Papírvilág” e “Uit Huis”.

Mostra de Filmes

Data: 3 a 7 de setembro

Local: Teatro Oi Futuro BH Klauss Vianna

Endereço: Av. Afonso Pena, 4001, térreo, bairro Mangabeiras

Ingressos: R$8,00 (inteira)

 

Oficinas

Data: 3 a 7 de setembro

Horário: 14h às 20h

Local: Galeria Oi Futuro BH

Endereço: Av. Afonso Pena, 4001, térreo, bairro Mangabeiras

Gratuito

 

Masterclass “Rasgando Sombras, um luminoso processo criativo”

Data: 5 de setembro

Horário: 19h

Local: Oi Futuro BH – Galeria 1 e Teatro

Endereço: Av. Afonso Pena, 4001, térreo, bairro Mangabeiras

Gratuito

 

Você encontra a programação completa no site: www.animamundi.com.br