A M.A.C escolheu a cantora pop Miley Cyrus para ser o novo rosto da campanha de Viva Glam 2015. Todos os anos, a marca se une a algum artista para criar uma coleção que arrecada fundos para projetos de combate ao HIV – lembrando que já usou Rihanna e Lady Gaga para a mesma campanha. 

A coleção estará disponível no Brasil em 2015. Serão lançados, por enquanto, um batom e um gloss – que já amei a cor antes mesmo de provar. Olha que rosa lindo?

image002 image003



Avorganic Magic Oil

Meu cabelo é super fino e seco, o que faz dele muito sensível à temperatura do secador e ao tempo.  Há um mês estou usando um óleo capilar da NPPE, o Avorganic Magic Oil, estou adorando. Uma das vantagens é perceber que além de ser um ótimo finalizador e anti-frizz (frizz é um dos meus maiores pesadelos), o cabelo está sendo tratado: os fios estão mais hidratados e com brilho.

A embalagem é um mimo, vem numa caixinha em formato de madeira e seu design tem estilo “perfume francês”. Apesar de pequeno (o vidrinho é de 50ml), em um mês percebi que o óleo vai durar um tempão porque ele é concentrado e uma gotinha é o suficiente. Então vale o investimento! ; )

Quem quiser comprar online, achei aqui aqui.

 

Mais sobre o Avorganic Magic Oil 

Formulado com ativos de óleo de abacate orgânico (certificado pela Ecocert) e fluídos de silicone, o Avorganic Magic Oil proporciona aos cabelos hidratação, brilho, maleabilidade e maciez. Possui ação anti-frizz, facilita a secagem e a escovação e sua ação termoprotetora protege contra os raios solares UV, outras agressões climáticas e do calor do secador e chapinha, evitando que os fios fiquem secos, quebradiços ou com pontas duplas.


Hoje vou mostrar pra vocês um novo mimo da MAC que eu estou amando!

photo

É  o corretivo laranja – o Studio Finish Skin Corrector em creme. Eu estou usando o Pure Orange, que é sensacional para amenizar as olheiras mais profundas (quando elas ficam mais roxeadas ou azuladas), antes de passar um corretivo mais levinho da cor certinha da pele. Também experimentei em manchinhas do rosto e amei! Eu gosto de aplicar com um pincel próprio para corretivo, umedecido com o FIX + Brume Fixante da MAC ou um primer sequinho. A dica é ter certeza de que ele foi bem espalhado! Depois é só passar uma camada do corretivo  e a base! O resultado é muito bom!

unnamed

Eu curti porque das opções  de corretivos coloridos, essa é a que mais uso e normalmente a gente só acha em paletas que custam uma grana! No site da MAC tem outras opções. E se como eu, você conhecer alguém que possa trazer dos EUA, ele sai por 13 doletas :) #ficaadica

Thaís Azze é jornalista apresentadora de TV e maquiadora profissional. Apaixonada por cultura e viciada em moda e beleza, garimpa dicas, técnicas e produtos beauty para te deixar por dentro das últimas tendências.

O Centro de Referência da Moda (CRModa) apresenta, a partir de amanhã (15.10), o 2º Ciclo Cinema e Moda, com uma série de palestras e sessões de cinema comentadas que buscam ampliar o olhar para o fenômeno da moda e suas articulações com a sétima arte.

 

tiffany

 

Confira a programação:

15 DE OUTUBRO – QUARTA-FEIRA

19h ­ “’Identidade de Nós Mesmos’, de Wim Wenders (1989) ­ Yohji Yamamoto e a visão oriental como ruptura na moda ocidental”, com Geanneti Tavares

A palestra tem como foco o processo criativo de um dos designers japoneses de maior repercussão, Yohji Yamamoto, sob o olhar do diretor Wim Wenders. O documentário abre caminho para o mestre em literatura, graduado em estilismo e Vestuário, Geanneti Tavares discorrer sobre a trajetória do japonismo desde fins do século XIX.

20h30 ­ “A Noite dos Desesperados ­ uma representação de Alexander McQueen”, com Márcia Mendonça

A atividade comandada pela jornalista e historiadora Márcia Mendonça procura estabelecer, a partir do contexto da Crise de 1929, a interface entre imagem e moda, relacionando o filme ‘A Noite dos Desesperados’, de Sydney Pollack, de 1969, ambientado na Depressão norte-americana, com a coleção de 2004, de Alexander McQueen, inspirada no filme de Pollack, vista enquanto campo de representação e discurso político.

16 DE OUTUBRO – QUINTA-FEIRA

19h ­ “Moda e ficção científica: utopias, distopias e (des)individualização”, com Marina Aguiar

A partir da relação entre individualidade e perda da identidade, a pós-graduada em Linguística Aplicada e analista em Desenho Instrucional, Marina Aguiar, abordará um pouco da influência da moda no processo da construção de ícones e mitos. A apresentação será focada nas imagens e comentários sobre os estilistas e figurinistas responsáveis, bem como sobre as implicações ideológicas subjacentes às cores, cortes, modelos, personagens e personalidades com a apresentação de trechos dos filmes que tiveram seus figurinos planejados por ícones da moda, grandes estilistas dentre eles Aelita (1924), de Yakov Protazanov, Metrópolis (1927) de Fritz Lang, Barbarella (1968) de Roger Vadim, Horizonte Perdido (1973) de Charles Jarrott, Blade Runner (1982) de Ridley Scott, O Quinto Elemento (1997) de Luc Besson, Acquaria (2003) de Flávia Moraes, Jogos Vorazes (2012) de Gary Ross, Jogos Vorazes ­ Em Chamas (2013) de Francis Lawrence, Teorema Zero (2013) de Terry Gilliam.

20h30 ­ “Bonequinha de luxo: o desejo de consumo de um produto icônico de moda e luxo”, com Andreia Salvan

A palestra de Andreia Salvan, pós-graduada em Design de gemas e joias, irá abordar o papel do desejo no consumo de produtos de luxo usando como exemplo o filme Bonequinha de Luxo, que mostra a relação da personagem com a vitrine da loja Tiffany. A reflexão serve como ponto de partida para o debate sobre o papel do cinema na construção da marca como ícone de luxo.

17 DE OUTUBRO – SEXTA-FEIRA

19h ­ “Star system e a moda”, com Bruno Castiglia

A partir da análise de uma série de filmes que fazem parte da história do cinema, o consultor em figurino Bruno Castiglia pretende analisar o sistema de estrelas, que é o método de criação, promoção e exploração de artistas por Hollywood. Castiglia fala desse sistema desde o início, até a sua vigência, estabelecendo relações entre ele e o universo das novelas brasileiras.

20h30 ­ “Design do Imaginário”, com Cibele Navarro

Mediados pela professora e especialista em figurino, Cibele Navarro, alunos do Curso Tecnológico em Design e Moda da UNIBH irão refletir e discorrer sobre o processo criativo no desenvolvimento da coleção “Design do Imaginário”, que aborda a relação entre moda e cinema através da criação de peças e roupas a partir de referências cinematográficas como: O Poderoso Chefão, Laranja Mecânica, Bonequinha de Luxo e Cinderela em Paris.

SERVIÇO:

2º Ciclo Cinema e Moda - De 15 a 17 de outubro, das 19h30 às 22h.

Centro Referência da Moda - Rua da Bahia, 1149, Centro.

Entrada Gratuita

Informações para o público: (31) 3277-9248