mostra-do-filme-livre-bh

 

A abertura da maior mostra de cinema independente do Brasil, a Mostra do Filme Livre, MFL, será nesta segunda-feira, dia 01 de junho, às 19 horas, no CCBB-BH (Praça da Liberdade, 450 – Funcionários – BH), com a exibição do longa-metragem “O Tempo não existe no lugar em que estamos”, do diretor paraibano (e radicado em BH/SP) Dellani Lima. O evento, que traz em sua programação mais de 200 filmes independentes de todos os formatos, gêneros e durações, pode ser conferido de 3 a 22 de junho, no CCBB-BHTodas as sessões são gratuitas.

A mostra exibe filmes de várias partes do País, sendo que muitos deles (por serem radicais/exóticos demais) terão a MFL como sua única exibidora. O evento acontece de forma integral pela 1ª vez na capital mineira e na edição 2015 percorreu outras três capitais – Rio de Janeiro (em março); Brasília (em abril) e São Paulo (em maio). Mais de 10 mil pessoas até o momento participaram do evento. Todas as sessões da Mostra são gratuitas e a programação pode ser conferida na íntegra em www.mostralivre.com.

Sobre “O tempo não é o lugar em que estamos” – O longa de Dellani Lima traz no elenco André Gatti, Ana Paula Condé, Julieta Dobbin, Rodrigo Lacerda Jr, Rodolfo Andrade e Carmélia Viana. O filme conta a história de Aldo, ex-repórter fotográfico, que é demitido da universidade onde leciona bem perto de se aposentar. Sem perspectivas de emprego, decide vender seus antigos instrumentos de trabalho, além de outros objetos de seu escritório e queimar parte de seu acervo de fotos. A partir daí, uma série de acontecimentos imprevisíveis mudam sua vida. Um filme sobre o tempo e suas memórias. Confira o trailer aqui!

SERVIÇO

14ª Mostra do Filme Livre em BH – MFL 2015

Sessão de abertura da MFL em BH

Exibição do longa “O Tempo não existe no lugar em que estamos”, de Dellani Lima

Data: 01 de junho

Horário: 19 horas

Local: CCBB-BH (Teatro II)

Endereço: Praça da Liberdade, 450 – Funcionários – Belo Horizonte – MG

 

Entrada franca, com distribuição dos ingressos meia hora antes da sessão.

Programação completa: www.mostralivre.com

 


mostra-do-filme-livre

Estão abertas – até o dia 25 de maio – as inscrições para a Oficina de Vivência Audiovisual durante a Mostra do Filme Livre 2015 em BH, que acontece no CCBB-BH. A oficina será ministrada pelo diretor Christian Caselli, realizador independente carioca que já dirigiu, roteirizou e editou mais de 40 curtas-metragens e videoclipes. Seus trabalhos mais conhecidos são “O Paradoxo da Espera do Ônibus”, “Proibido Parar” e “Cinco Poemas Concretos”. Também é o responsável pelas vinhetas da MFL e já ministrou oficinas em diversos estados do Brasil. Mais informações no material abaixo. Inscrições em http://bit.ly/1R3Qs0q.

Sobre Mostra do Filme Livre

A Mostra do Filme é a mais longa mostra brasileira focada na difusão da produção autoral e independente nacional, com mais de 200 filmes de todos os gêneros, formatos e durações. Confira a programação completa em www.mostradofilmelivre.com


bowie

A mostra Cinema e Rock’n Roll volta ao Cine Humberto Mauro de hoje (27.03) a 9 de abril. São 14 dias de exibições com filmes cujas temáticas permeiam o universo musical, cultural e estético de diferentes gerações do rock.

Com a curadoria de Bruno Hilário e Philipe Ratton, a mostra exibe documentários como O lixo e a fúria, de Julien Temple, retratando a história dos Sex Pistols e do movimento punk na Inglaterra dos anos 70. Além disso, estão na programação docshows como Um filme sobre Jimi Hendrix, de Joe Boyd e Ziggy Stardust and the Spiders from Mars, de D.A. Pennebaker, sobre David Bowie.

Alguns dos filmes da mostra escolhem um caminho diferente: apropriam-se da música para criar uma narrativa ficcional, como é o caso de Tommy, de Ken Russell, baseado no disco homônimo da banda britânica The Who. Todas as sessões são gratuitas.

Cinema e Rock’n Roll – III

De 27 de Março, Sexta a 09 de Abril, Quinta

Local: Cine Humberto Mauro | Palácio das Artes - Avenida Afonso Pena, 1537 

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA 

SINOPES DE TODOS OS FILMES


Interior_sala_Cine_104

Depois de praticamente um mês fechado para reformas, o Cine 104 reabre nesta quarta-feira com novidades em sua sala de exibição. Agora ele está com tela nova e equipamento de som no formato Digital Cinema Package (DCP) para garantir ainda mais qualidade na exibição dos filmes. A partir das 20h30, o cinema reabre com a pré-estreia em Belo Horizonte do longa-metragem “O Fim de uma Era”, de Bruno Safadi e Ricardo Pretti. A sessão especial é gratuita, com distribuição de 50% dos ingressos para o público, 30 minutos antes da sessão. Em caso de lotação, a sessão será reprisada às 22 horas.

16863940552_294779011a_h
Filme de Bruno Safadi e Ricardo Pretti – pré-estreia no dia 25.03, no Cine 104

Além da mudança nos equipamentos de projeção da sala, o Cine 104 aposta em novos projetos para 2015, priorizando sempre a exibição de filmes brasileiros e garantindo espaço para a produção local. Um dos projetos que mais adoramos é o “Curta no Almoço”, que promoverá sessões gratuitas às terças e sextas (13h e 13h30) para quem tem aquela horinha a mais no meio do expediente e queira fazer algo legal, já que as seções são bem rapidinhas. Vale, inclusive, unir o útil ao agradável e almoçar no Café 104, que tem opções para o almoço, principalmente para quem trabalha na região.

O Cine 104 funciona de terça a domingo e fica na Praça Ruy Barbosa, 104, Centro. Confira a programação de exibição no site oficial.

Confira a programação de reabertura:

Programação Cine 104 – 25 a 01 de abril de 2015

Evento: Reabertura do Cine 104

Data: 25.03 (quarta-feira)

Pré-estreia do longa-metragem “O Fim de Uma Era”

Com a participação dos diretores Bruno Safadi e Ricardo Pretti, do montador Luiz Pretti e do fotógrafo Lucas Barbi.

Horário: 20h30

Sessão gratuita (serão disponibilizados 50% dos ingressos para o público, 30 minutos antes da sessão; em caso de lotação o filme será reprisado às 22 horas)

Programação a partir de 26.03 (quinta-feira) até 01.04 (quarta-feira)

17h15 e 19 horas – Branco Sai, Preto Fica (estreia)

20h40 – A História da Eternidade (estreia)

 

Branco Sai, Preto Fica – 17h15 e 19 horas

* Prêmio de Melhor Filme, ator e direção de arte no 47º Festival de Brasília; Melhor Filme no Festival Mar Del Plata; Menção Honrosa na 17ª Mostra de Cinema de Tiradentes e Seleção oficial dos festivais de Hamburgo, Vienna, Torino e Doc Lisboa, dentre outros.

Direção – Adirley Queirós

Brasil/ DF, 2014, 90 min

Classificação indicativa – 12 anos

Sinopse - Tiros em um baile black na periferia de Brasília ferem dois homens. Um terceiro vem do futuro para investigar o acontecido e provar que a culpa é da sociedade repressiva.

Trailer = https://www.youtube.com/watch?v=NJ_zeRJKUI4

A História da Eternidade – 20h40

* Prêmio de Melhor filme, direção, ator, atrizes e Prêmio da Crítica no 6º Festival de Paulínia; Seleção Oficial do Festival de Roterdã 2014.

Direção – Camilo Cavalcante

Brasil/ PE, 2014, 120 min

Classificação indicativa – 16 anos

Sinopse - Em um pequeno vilarejo no Sertão, três histórias de amor e desejo revolucionam a paisagem afetiva de seus moradores. Personagens de um mundo romanesco, no qual suas concepções da vida estão limitadas, de um lado pelos instintos humanos, do outro por um destino cego e fatalista.

Site oficial = www.ahistoriadaeternidade.com

Trailer - https://www.youtube.com/watch?v=8TEuLkC7I68


Pra quem teve disposição de acompanhar na TV, ontem rolou mais um red carpet – o segundo do ano, após o Globo de Ouro – o SGA Awards, que é basicamente os destaques do cinema e da TV escolhidos pelos próprios atores e atrizes. Premiações à parte, o que interessou pra gente mesmo foram os looks escolhidos pelas celebridades, não é mesmo? Então selecionamos os nossos 5 preferidos que merecem nosso destaque aqui. E aí, concordam com as nossas escolhas?

Jennifer Aniston resolveu investir na sensualidade no look dourado do John Galliano  É a segunda vez que ela aposta no decotão sexy e coloca um colar tipo body chain pra valorizar ainda mais. Parece que ela encontrou mesmo a fórmula do sucesso: sensualidade na medida e o cabelo solto, assim, básico e lindo.

250E7FF300000578-2926150-Exotic_Jennifer_Aniston_was_a_bronze_beauty_in_a_vintage_Gallian-a-26_1422260354311

Julianne Moore mais uma vez esfrega na nossa cara o quanto é bonita e maravilhosa sem envelhecer nunca no seu auge dos seus 54 anos de idade. Esse longo todo bordado verde, da Givenchy, e os cabelos levemente ondulados ficaram lindos. Aliás, ruiva fica sempre linda de verde, né?

Julianne-Moore-sag-awards-red-carpet-2015

Emma Stone é difícil de errar no tapete vermelho. Desta vez ela inovou: usou um modelito preto assinado por Dior, que é uma espécie de blazer-vestido arrematado com um tule. A peça sozinha pode não ser tão bonita, mas devemos concordar que ela conseguiu dar uma glamourizada no look e o resultado ficou bem lindo. Principalmente arrematado com esse batom vermelho.

1422240759_emma-stone-zoom

Lupita Nyong’o já deixou claro mil e uma vezes que é ícone de estilo. Seus looks no red carpet sempre são comentadíssimos e elogiados. Exceto no Globo de Ouro deste ano, em que ela abusou demais das estampas florais. De qualquer forma, desta vez ela “sambou na cara da sociedade” e usou um dos modelos de vestido que eu acho mais lindo e sexy, que é a manga comprida combinada com o decote profundo. Este é assinado por Elie Saab. Maravilhoso!

Celebrities-SAG-Awards-Red-Carpet-2015

Julia Roberts provou que red carpet não é só feito de vestidos longos. Inovou usando um pretinho básico com esse macacão lindo da Givenchy. Deixou o corpo alongado, ficou chic e lindíssima.

250E854500000578-0-image-m-79_1422237966420