Alô, amantes de filmes de terror! Começa hoje (24/10) a mostra Medo e Delírio no Cinema Brasileiro Contemporâneo no Cine Humberto Mauro. 

A mostra dedicada aos gêneros de terror, suspense, policial ou “terrir” (horror + comédia), produzidos no Brasil, é composta por 39 filmes (23 longas e 16 curtas-metragens) produzidos nos anos 1990 e 2000. Além da exibição dos filmes, a mostra inclui palestras e debates com estudiosos e especialistas em filmes brasileiros de terror e de um catálogo com textos inéditos e fichas técnicas.

Teaser da mostra “Medo e Delírio no Cinema Brasileiro Contemporâneo” from Medo e Delírio on Vimeo.
 

 

PROGRAMAÇÃO
24 SEX
17h “A Menina do Algodão” (Dir.: Kleber Mendonça Filho e Daniel Bandeira * 8 min) + “O Fim da Picada” (Dir.: Christian Saghaard  * 80 min)
19h “Um Ramo” (Dir.: Juliana Rojas e Marco Dutra * 15 min) + “Corpo” (Dir.: Rubens Rewald e Rossana Foglia * 85 min)
21h ABERTURA: “Sexta-feira da Paixão” (Dir.: Ivo Costa * 17 min) + “Encarnação do Demônio” (Dir.: José Mojica Marins * 94 min).
 
25 SÁB
16h “Achados e Perdidos” (Dir.: José Joffily * 100 min)
18h “O Escorpião Escarlate” (Dir.: Ivan Cardoso * 90 min)
20h “O Membro Decaído” (Dir.: Lucas Sá * 17 min) + “Olhos de Vampa” (Dir.: Walter Rogério
* 74 min)
 
26 DOM
16h “O Duplo” (Dir.: Juliana Rojas * 25 min) + “Gêmeas” (Dir.: Andrucha Waddington * 75 min)
18h “A Morte e Morte de Johnny Zombie” (Dir.: Gabriel Carneiro * 14 min) + “Mar Negro” (Dir.: Rodrigo Aragão * 96 min)
20h “A Lasanha Assassina” (Dir.: Ale McHaddo * 8 min) + “Morgue Story: Sangue, Baiacu & Quadrinhos” (Dir.: Paulo Biscaia Filho * 78 min)
 
27 SEG
17h “Espeto” (Dir.: Guilherme Marback e Sara Silveira * 17 min) + “Desaparecidos” (Dir.: David Schürmann * 73 min)
21h “O Hóspede” (Dir.: Anacã Agra e Ramon Porto Mota * 17 min) + “Um Lobisomem na Amazônia” (Dir.: Ivan Cardoso * 75 min)
 
28 TER
17h “Amor só de Mãe” (Dir.: Dennison Ramalho * 20 min) + “Strovengah – Amor Torto” (88 min)
19h Palestra: “Cinema de horror: das origens ao abrasileiramento”, por Carlos Primati, pesquisador e especialista em filmes de horror.
21h “Encosto” (Dir.: Joel Caetano * 7 min) + “Bellini e o Demônio” (Dir.: Marcelo Galvão * 20 min)
 
29 QUA
17h “Bufo & Spallanzani” (Dir.: Flávio R. Tambellini * 96 min)
19h “Ninjas” (Dir.: Dennison Ramalho * 15 min) + “FilmeFobia” (Dir.: Kiko Goifman * 80 min)
21h “Mangue Negro” (Dir.: Rodrigo Aragão * 104 min)
 
30 QUI
14h45 “O Xangô de Baker Street” (Dir.: Miguel Faria Jr * 123 min)
19h15 Debate: “Cinema de terror: gênero brasileiro?”, com Rodrigo Carreiro (professor e pesquisador), Juliana Rojas (diretora e roteirista) e Gabriela Amaral Almeida (diretora e roteirista)
21h15 “Vinil Verde” (Dir.: Kleber Mendonça Filho * 13 min) + “Quando Eu Era Vivo” (Dir.: Marco Dutra * 80 min)
 
31 SEX
15h “Sintomas” (Dir.: Fernando Mantelli * 25 min) + “Trabalhar Cansa” (Dir.: Juliana Rojas e Marco Dutra * 100 min)
17h15 “Sem Controle” (Dir.: Cris D’Amato * 92 min)
19h “A Mão que Afaga” (Dir.: Gabriela Amaral Almeida * 19 min) + “Nervo Craniano Zero” (Dir.: Paulo Biscaia Filho * 80 min)
21h “Encarnação do Demônio” (Dir.: José Mojica Marins * 94 min)
1 SÁB
16h “Amor só de Mãe” (Dir.: Dennison Ramalho 20 min) + “Strovengah – Amor Torto” (Dir.: André Sampaio * 88 min)
18h Palestra: “Medo de quê? Uma história do horror no cinema brasileiro”, com Laura Cánepa, professora e pesquisadora
20h30 – “A Menina do Algodão” (Dir.: Kleber Mendonça Filho e Daniel Bandeira * 8 min) + “O Fim da Picada” (Dir.: Christian Saghaard * 80 min)
 
2 DOM
16h “A Noite do Chupacabras” (Dir.: Rodrigo Aragão * 106 min)
18h “O Lençol Branco” (Dir.: Juliana Rojas e Marco Dutra * 17 min) + “Brasília 18%” (Dir.: Nelson Pereira dos Santos * 106 min)
20h15 “O Membro Decaído” (Dir.: Lucas Sá * 17 min) + “Olhos de Vampa” (Dir.: Walter Rogério* 74 min)
 
SERVIÇO
Mostra Medo e Delírio no Cinema Brasileiro Contemporâneo
24 de outubro a 2 de novembro
Cine Humberto Mauro – Palácio das Artes (Av. Afonso Pena, 1537, Centro – Belo Horizonte)
Entrada franca
Informações www.medoedelirio.com.br  

O Centro de Referência da Moda (CRModa) apresenta, a partir de amanhã (15.10), o 2º Ciclo Cinema e Moda, com uma série de palestras e sessões de cinema comentadas que buscam ampliar o olhar para o fenômeno da moda e suas articulações com a sétima arte.

 

tiffany

 

Confira a programação:

15 DE OUTUBRO – QUARTA-FEIRA

19h ­ “’Identidade de Nós Mesmos’, de Wim Wenders (1989) ­ Yohji Yamamoto e a visão oriental como ruptura na moda ocidental”, com Geanneti Tavares

A palestra tem como foco o processo criativo de um dos designers japoneses de maior repercussão, Yohji Yamamoto, sob o olhar do diretor Wim Wenders. O documentário abre caminho para o mestre em literatura, graduado em estilismo e Vestuário, Geanneti Tavares discorrer sobre a trajetória do japonismo desde fins do século XIX.

20h30 ­ “A Noite dos Desesperados ­ uma representação de Alexander McQueen”, com Márcia Mendonça

A atividade comandada pela jornalista e historiadora Márcia Mendonça procura estabelecer, a partir do contexto da Crise de 1929, a interface entre imagem e moda, relacionando o filme ‘A Noite dos Desesperados’, de Sydney Pollack, de 1969, ambientado na Depressão norte-americana, com a coleção de 2004, de Alexander McQueen, inspirada no filme de Pollack, vista enquanto campo de representação e discurso político.

16 DE OUTUBRO – QUINTA-FEIRA

19h ­ “Moda e ficção científica: utopias, distopias e (des)individualização”, com Marina Aguiar

A partir da relação entre individualidade e perda da identidade, a pós-graduada em Linguística Aplicada e analista em Desenho Instrucional, Marina Aguiar, abordará um pouco da influência da moda no processo da construção de ícones e mitos. A apresentação será focada nas imagens e comentários sobre os estilistas e figurinistas responsáveis, bem como sobre as implicações ideológicas subjacentes às cores, cortes, modelos, personagens e personalidades com a apresentação de trechos dos filmes que tiveram seus figurinos planejados por ícones da moda, grandes estilistas dentre eles Aelita (1924), de Yakov Protazanov, Metrópolis (1927) de Fritz Lang, Barbarella (1968) de Roger Vadim, Horizonte Perdido (1973) de Charles Jarrott, Blade Runner (1982) de Ridley Scott, O Quinto Elemento (1997) de Luc Besson, Acquaria (2003) de Flávia Moraes, Jogos Vorazes (2012) de Gary Ross, Jogos Vorazes ­ Em Chamas (2013) de Francis Lawrence, Teorema Zero (2013) de Terry Gilliam.

20h30 ­ “Bonequinha de luxo: o desejo de consumo de um produto icônico de moda e luxo”, com Andreia Salvan

A palestra de Andreia Salvan, pós-graduada em Design de gemas e joias, irá abordar o papel do desejo no consumo de produtos de luxo usando como exemplo o filme Bonequinha de Luxo, que mostra a relação da personagem com a vitrine da loja Tiffany. A reflexão serve como ponto de partida para o debate sobre o papel do cinema na construção da marca como ícone de luxo.

17 DE OUTUBRO – SEXTA-FEIRA

19h ­ “Star system e a moda”, com Bruno Castiglia

A partir da análise de uma série de filmes que fazem parte da história do cinema, o consultor em figurino Bruno Castiglia pretende analisar o sistema de estrelas, que é o método de criação, promoção e exploração de artistas por Hollywood. Castiglia fala desse sistema desde o início, até a sua vigência, estabelecendo relações entre ele e o universo das novelas brasileiras.

20h30 ­ “Design do Imaginário”, com Cibele Navarro

Mediados pela professora e especialista em figurino, Cibele Navarro, alunos do Curso Tecnológico em Design e Moda da UNIBH irão refletir e discorrer sobre o processo criativo no desenvolvimento da coleção “Design do Imaginário”, que aborda a relação entre moda e cinema através da criação de peças e roupas a partir de referências cinematográficas como: O Poderoso Chefão, Laranja Mecânica, Bonequinha de Luxo e Cinderela em Paris.

SERVIÇO:

2º Ciclo Cinema e Moda - De 15 a 17 de outubro, das 19h30 às 22h.

Centro Referência da Moda - Rua da Bahia, 1149, Centro.

Entrada Gratuita

Informações para o público: (31) 3277-9248


Director: José Mojica Marins

 

Entre os dias 24 de outubro e 2 de novembro, no Cine Humberto Mauro, em Belo Horizonte, acontece a mostra “Medo e Delírio no Cinema Brasileiro Contemporâneo”. Serão exibidos longas e curtas-metragens produzidos nos anos 1990 e 2000, todos contendo elementos de terror, suspense, policial ou “terrir” (horror + comédia), apresentando uma inédita e vasta amostragem de uma produção ainda pouco percebida no país.

Filmes lançados em circuito comercial vão dividir espaço com trabalhos menos conhecidos do grande público e fundamentais na evolução do gênero no país. Como ponte de ligação entre as gerações, Encarnação do Demônio (2008), filme de José Mojica Marins que encerra sua trilogia protagonizada pelo personagem Zé do Caixão iniciada em 1964, será o filme de abertura. A curadoria e coordenação da mostra são do crítico, jornalista e professor Marcelo Miranda.

“Medo e Delírio no Cinema Brasileiro Contemporâneo” terá ainda palestras e debates com estudiosos e especialistas em filmes brasileiros de terror e um catálogo com textos inéditos e fichas técnicas. Toda programação será gratuita.

Assim que saírem mais informações, postamos aqui no Ameixa!


festival-internacional-de-curtas-bh-2014

16º Festival Internacional de Curtas de Belo Horizonte - FESTCURTASBH acontece entre os dias 19 e 28 de setembro, com exibição de filmes, debates e cursos, que vão ocupar o Cine Humberto Mauro a Sala Juvenal Dias e o Espaço Multiuso Mari’Stella Tristão.

Serão exibidos 112 filmes, selecionados entre mais de 3 mil inscritos que irão compor três mostras competitivas: Brasil, Minas e Internacional e sete mostras paralelas: Animação, Corpo, Infantil, Juventude, Maldita, Materialidades e Movimentos de Mundo. O Festival vai realizar ainda duas mostras especiais dedicadas ao reexame e reinvenção histórica do cinema.

Entre os destaques da programação está o filme francês Dialogue d’ombres, o americano Hacked Circuit, e a coprodução de Alemanha, França, Itália e Portugal, Redemption.

O público também poderá participar gratuitamente de mesas de debate, além de cabines para até duas pessoas, que estarão disponíveis para que os interessados assistam a todos os filmes inscritos, com liberdade para montar a própria programação.

Mais informações: festcurtasbh.com.br 

Via: Fundação Clóvis Salgado


mostra-indie-bh-filmes
Belo Horizonte recebe mais uma vez a Mostra Indie de Cinema, já tradicional na cidade. O festival que vai até o dia 10 de Setembro, conta com 62 filmes inéditos (de 20 países!) divididos em 5 mostras: Mostra Mundial, Indie Brasil, Música do Underground, Albert Serra e Eugène Green.

 

Onde assistir?
Belas Artes Cinema (Sala 1: 138 lugares |Sala 2: 123 lugares | Sala 3: 76 lugares)
Rua Gonçalves Dias, 1581 – Funcionários
Cine Humberto Mauro (136 lugares)
Av. Afonso Pena, 1537 – Centro
SESC Palladium – Sala Prof. José Tavares de Barros (82 lugares)
Av. Augusto de Lima, 420 –  Centro
Quando?
De hoje ao dia 10 de Setembro.
Qual a programação?
A programação completa e sinopses do filmes estão aqui: indiefestival.com.br/2014/bh
Quanto custa?
Entrada franca (ingressos disponíveis nas bilheterias dos espaços 30 minutos antes de cada sessão)
Onde encontro mais informações?