Foi-se o tempo quando pensávamos em boas séries e vinham logo na cabeça as produções americanas. Há produções sensacionais acontecendo no mundo todo. São histórias, roteiros, atuações e direções que não deixam a dever a nenhum grande estúdio norteamericano. Nos últimos anos, a Netflix é uma das grandes responsáveis por unificar todas essas produções.

Nossa primeira lista de “alguma coisa que você tem que ver, ler, comer, ouvir…” separou cinco ótimas séries produzidas na América Latina e Espanha. Os hermanos são excelentes contadores de histórias. Aproveite as férias de janeiro, o final de semana chegando e bora para uma maratoninha marota.

club de cuervos

1 – Club de Cuervos – Já com 3 temporadas disponibilizadas, a série mexicana de humor negro e bem ácido conta a história dos irmãos “Chava” e Isabel que recebem como herança do seu pai, um clube de futebol, o Los Cuervos de Nuevo Toledo. A partir daí os dois travam uma batalha de quem tem mais poder sobre a família, o clube e os jogadores. É uma história divertidíssima, contemporânea, cheia de elementos da cultura pop que merece sua atenção.

merli

2 – Merlí – Todo mundo que assiste Merlí, séria catalã da plataforma, se apaixona de cara pela turma dos “peripatéticos” e, claro, pelo seu personagem principal, Merlí Bergeron, um professor de filosofia que usa métodos poucos ortodoxos para incentivar seus alunos a prática do pensamento livre dividindo com isso as opiniões dos próprios alunos, professores e famílias. A principio a série foi pensada para ter 3 temporadas. Duas delas já estão na Netflix. Cada episódio é dedicado a um filósofo e seus pensamentos são o fio condutor das tramas. É daquelas séries para se guardar num potinho.

lacasadepapel

3 – La Casa de Papel – Lançada no Brasil no final de 2017, La Casa de Papel foi um sucesso de público. Cheia de suspense e uma boa dose de drama, conta a história de 8 assaltantes espanhóis que armam um plano genial para tomarem a Casa da Moeda espanhola. La Casa de Papel foi uma minissérie de 15 episódios. Porém, no Brasil a Netflix reeditou os 9 primeiros episódios transformando-os em 13 partes. Então teremos uma “segunda temporada” com os  últimos 6 episódios que serão lançados por aqui ainda no primeiro semestre de 2018.

ingobernable

4 – Ingobernable – Série com cara de novelão mexicana. Quem não gosta? Protagonizada pela estrela Kete Del Castillo, Ingobernable conta a história da Primeira-Dama mexixana, Emilia Urquiza, acusada de assassinar o próprio marido. A partir daí vemos a saga de Emilia em provar sua inocência e ao mesmo tempo descobrindo uma trama política social que está por assolando a população carente do país. A segunda temporada deve entrar na catálogo ainda esse ano.

elchapo

5 – El Chapo – A série pega carona no sucesso de Narcos, outro produto da Netflix, e conta a história do líder do Cartel de Sinaloa, Joaquín Guzmán, El Chapo. Pensada em três temporadas, a série acompanhará toda a trajetória de El Chapo, da infância até a ascensão de um dos traficantes mais temidos da atualidade. A série marca a primeira coprodução do canal Univision (emissora norteamericana falada em castelhano) com a Netflix.


feira-dos-paises

Até o dia 22 de outubro, o estacionamento do piso Ouro Preto do BH Shopping recebe a Feira dos Países, com várias novidades de diferentes nações. Marcam presença representantes da África do Sul, Bolívia, Colômbia, Chile, Dubai, Egito, Equador, Grécia, Itália, Índia, Indonésia, Japão, Nigéria, Paquistão, Peru, Turquia, Rússia, Síria, Senegal. O Brasil também está lá (claro!), com produtos de vários estados brasileiros. A entrada é gratuita!

 

No local, a misturinha que a gente gosta: o stand do Egito, por exemplo, toca música típica super alta e está em frente ao do Japão, com aquele aspecto zen. As tendas africanas vibram com estampas e jóias étnicas, a maioria com pedras naturais. Os enormes doces Sírios chamam a atenção e variam entre R$8 e R$20 (100 gramas). E o da Turquia,  atrai ao expor taças, lustres e tigelas, todos minimamente trabalhados à mão com cerâmica.

E por falar em preço, a Feira traz opções para todos os bolsos.

Destaque para a tenda da Nigéria, onde se é atendido por um simpático casal do país. Muitos colares, pulseiras, turbantes, batas e braceletes incríveis! Os preços, pelo menos das bijouterias, fica em torno de R$ 30.

Serviço

Feira dos Países

Local: Estacionamento Piso Ouro Preto – BH Shopping

Entrada: Gratuita
Horário: 
segunda a sábado das 10 às 22h – domingos e feriados das 14h às 20h;
***O valor do estacionamento segue as regras do Mall.


É feriado, é fim de semana, é hora de saber os lançamentos musicais da semana.

divulgação-miltonnascimento-tiagoiorc-Maisbonitonaoha

MAIS BONITO NÃO HÁ – MILTON NASCIMENTO E TIAGO IORC - Chegou o grande dia de ouvirmos esta parceria inesperada, porém belissíma. Esta grata parceria é para preencher os ouvidos com uma das vozes masculinas mais belas da música brasileira, do Milton Nascimento, somada à voz revelação do Tiago Iorc. Teremos oportunidade de ouvi-los ao vivo em BH no dia 03 de Dezembro no anfiteatro do Mineirão. Temos mais informações.

 

divulgação-beck-colors

COLORS – BECK - O cantor que tirou um dos principais Grammy’s da Beyoncé, está com um álbum novo. É a prova que Beck quando vai lançar um álbum não brinca em serviço.

ESCUTE: I’m So Free; Colors; Dreams.

 

divulgação-st.vincent-masseduction

MASSEDUCTION – ST. VINCENT - A cantora americana St. Vincent está de álbum novo. Aclamada por boas misturas de estilos musicais, e por ser multi-instrumentista, St.Vincent lança seu novo trabalho com músicas mais dançantes, letras mais divertidas e menos rock. Contém também grandiosas baladas.

ESCUTE: Masseduction; Hang On Me; Slow Disco; Pills.

 

divulgação-p!nk-pink-beautiful-trauma

BEAUTIFUL TRAUMA – P!NK - Depois de uma excelente fase musical com o álbum anterior, The Truth About Love, muitas vezes premiado e querido por críticos, P!ink quer manter-se na crista da onda. O álbum está mais politizado, mostrando todo o seu potencial vocal maravilhoso (sem gritar demais como no álbum anterior), não muito pop para festinhas e cercado de boas baladas,

ESCUTE: Where We Go, For Now, What About Us.

 

ESCUTE TAMBÉM: Is That For Me – Alesso e Anitta; Mano Que Zuera – João Bosco; Up To Something – Naaz; Captei Você – Garotas Suecas;

 


Foto – Fabiola Volponi

Fivo (Felipe Volponi) é um artista plástico de Belo Horizonte que está com uma belíssima exposição de pinturas e instalações chamada JARDINS, na Casa do Baile, na Pampulha, até o dia 21 de outubro, com entrada gratuita. Ele é o artista destaque da atualidade na cena artística da capital mineira. Atencioso, acessível e bem-humorado, Fivo recebeu na Casa do Baile a Ameixa Japonesa para um papo descontraído no qual ele contou sobre sua arte, carreira e exposição. É só chegar e descobrir mais sobre o Fivo e seus Jardins.

ACEITAÇÃO DO PÚBLICO

Passaram mais de 900 pessoas na Casa Do Baile para ver a exposição Jardins. “O feedback está bem positivo”, disse Fivo extremamente contente.

Famosos também têm se encantado pela arte do Fivo, como Bethy Lagardère (socialite e ex-modelo de sucesso),  Olivier Anquier (chef de cozinha e apresentador de tv), Pedro Andrade (apresentador de TV no Brasil e nos Estados Unidos), Déa Lúcia Amaral (mãe do ator Paulo Gustavo) e muitos outros.

COMO TUDO COMEÇOU

A arte na vida do Fivo começo quando criança. Ele foi ator de musical, fez comerciais de TV e já teve banda de rock. Nesta fase ele arriscava alguns desenhos. No entanto, era apenas um hobby. Virou profissão quando notou que as pessoas estavam interessadas e notando algo de diferente no que ele fazia. Fez faculdade de Design de Interiores, idealizava sua profissão nos Campanas, irmãos reconhecidos mundialmente por seus design-art em móveis. Seus sonhos tomaram outros rumos.

INSPIRAÇÕES

Todas suas inspirações afloram em torno de suas emoções. A principal inspiração do Fivo é a sua avó, Julia Volponi, que sempre esteve envolvida com arte, tocando piano e pintando. Emocionado, Fivo contou que sua avó desenvolveu câncer. Para retribuir os cuidados que sua avó sempre teve com ele, largou os estudos e o estágio para dedicar-se a ela, por 7 meses. Neste período, em meio a noites e dias sem dormir, ele começou a pintar. Isto aconteceu de forma natural e o incentivou a estudar sobre a arte. Fivo é um artista nato e autodidata. Identificou neste período os artistas, obras e traços que mais o interessavam. Começou a estudá-los e a experimentar seus próprios traços. Fivo pintou uma Vênus ao seu modo. Da Vênus surgiu a sua assinatura. Usou recortes e estampas na sua tela. As estampas pintadas são inspiradas nas vezes em que via sua avó costurando. Ali sentiu que tinha jeito para a pintura. Dos grandes artistas, suas inspirações e admirações vêm de Cândido Portinari e Yara Tupinambá.

COMO O FIVO DEFINE SUA ARTE

“Eu não sei. Eu não acho que minha arte deva ser rotulada”, disse o Fivo. Uma característica que prova isto é a falta de data em suas obras. Se as pessoas definirem suas obras como Pop Art ou qualquer outra definição, ele aceita. O que ele mais preza e afirma como uma  definição de sua arte é a identificação da pessoa com sua arte. É a pessoa ver a sua obra e se identificar naquele contexto, naqueles traços, naquelas histórias pintadas.

Fivo escolhe a pintura como a melhor forma de arte para se definir.

EXPOSIÇÃO JARDINS

divulgacao-jardins-fivo

JARDINS é a terceira exposição do artista Fivo. A atual exposição é composta por pinturas de jardins que ele vivenciou das pessoas que já passaram por sua vida. São telas inspiradas no jardim da avó, das tias, da professora, de amigos e até mesmo um inspirado em Star wars, jardim que ele idealizou e no qual gostaria de ter estado. São 10 jardins em 10 telas, 2 réplicas de telas do seu próprio trabalho, que foram vendidas mas se fazem necessárias para completar a exposição, e uma instalação. A instalação constitui-se de várias esculturas pequenas que formam um jardim.

É notório nos trabalhos da exposição o uso da cor prata nos contornos de cada elemento retratado. Fivo contou que é um fio de emoção, que é a retratação da sua memória, que leva aquilo para o surreal, como uma ideia, como a alma da lembrança.

A escolha da Casa do Baile para expor suas obras deveu-se à estreita relação dos Jardins com o visual da Lagoa da Pampulha e com o próprio jardim do espaço. Ainda, Fivo privilegia uma opção de se ver arte fora dos nichos Centro e Savassi.

PREFERIDAS PELO FIVO

Sem pensar muito, Fivo escolhe a tela “Jardim de Lino e Noca”, seus bisavós, como preferida. Ele não a considera a mais bonita, mas a considera muito especial. Motivo pelo qual é a única que ele não venderá. Ele escolheu a tela “Jardim de Ione” como a obra que melhor expressa o seu trabalho.

 

PRÓXIMA EXPOSIÇÃO EM 2018

Intitulada como “Erat Olim”, que significa “era uma vez” em latim, Fivo mostrará o universo dos contos de fadas. Fivo promete uma exposição interativa. Além de ver as obras, as pessoas poderão tocar e até mesmo conversar com algumas delas. A exposição “Erat Olim” ainda não tem data definida, mas Fivo afirma que está trabalhando no novo projeto e que em 2018 todos poderão desfrutá-lo.

Seus trabalhos estão à venda e caso a pessoa se identifique com uma pintura e queira comprá-la, basta entrar em contato com o próprio Fivo nas suas redes sociais, e buscar o trabalho ao final da exposição.

SERVIÇO:

Exposição Jardins

Até dia 21 de outubro

Artista: Fivo

Contato do Fivo: perfil do instagram @fivolponi

Onde: Casa do Baile

Endereço: Av. Otacílio Negrão de Lima, 751 – Pampulha, Belo Horizonte

Horário de funcionamento: de terça a domingo, das 9h às 18h.

ENTRADA GRATUITA


Milton Nascimento e Tiago Iorc (1)

Os cantores Milton Nascimento e Tiago Iorc estarão juntos em BH no show intimista Mais Bonito Não Há.

É isso mesmo que vocês estão lendo! Reservem o dia 03 de dezembro para um encontro prá lá de musical. Milton Nascimento e Tiago Iorc subirão ao palco do anfiteatro do Mineirão juntos para um show voz e violão em comemoração a parceria dos dois para a música que leva o mesmo nome do show.

Será apresentação única então é melhor correr para garantir o seu ingresso. Os portões serão abertos às 17h e os ingressos já estão sendo vendidos pelo Sympla, com valores a partir de R$20. A produção é da SleepWalkers Entretenimento.

Quando estivermos mais próximo do show daremos mais detalhes sobre esse encontro que promete emocionar!