Vanessa Rozan-e-Fabiana Gomes

Meu Glitter, Minha Vida é nome da web série (ótimo nome!) das musas das maquiagens: Vanessa Rozan e Fabiana Gomes. As maquiadoras que são amigas de longa datas resolveram juntar trocar figurinhas na frente das câmeras sobre makes para ajudar que as leigas a se maquiarem também! O canal é super novinho, por enquanto tem apenas dois vídeos, mas fica a dica para quem também gosta de maquiagem e quer acompanhar dicas de quem entende MUITO do assunto. Abaixo um dos vídeos publicados por elas:


 

capa-tropix-céu

A capa de Tropix, disco mais recente da Céu, (AMO essa capa, diga-se de passagem!) é um convite a uma deliciosa viagem musical embalada por ela. Uma volta à disco dos anos 70, uma passadinha nos anos 80 e até um flerte com trip hop dos anos 90…tudo bem misturado e cheio de referências brasileiríssimas como nos trabalhos anteriores da Céu. Recomendo o disco INTEIRO!

CÉU PARA FARM

Talentosa como é, Céu acaba de colocar seus talentos artísticos também a serviço da moda e amanhã (10.05) lança sua coleção Velvet Caju para Farm. Ela contou para o blog da marca que a coleção vem carregada de memórias afetivas. São 60 peças, inspiradas nas referências artísticas da cantora, como Jacob do bandolim, Mestre Vieira, Luiz Melodia e Chiquinha Gonzaga, que foram retratados em silks exclusivos desenhados pela própria cantora.

FARM-Ceu-01

FARM-Ceu-02

FARM-Ceu-03

“Enquanto a Velvet nascia, eu estava curtindo sons mais ‘duros’, mais máquina, mais sintetizadores, mas sem nunca deixar de lado o que é da minha alma, que são as referencias tropicais. Rock, post punk, glam, krout rock, mas com samba, maxixe, xaxado…”

CÉU EM BH

E os fãs da Céu de BH tem motivo a mais para comemorar: no dia 26 de Maio, a cantora se apresenta no Sesc Palladium.

Show Céu – lançamento do CD Tropix
Data: 26/5
Horário: 21h
Local: Grande Teatro do Sesc Palladium (rua Rio de Janeiro, 1046, Centro)
Entrada: de R$30 a R$40
Informações: (31) 3270-8100


salumeria-ameixa-japonesa-bh-foto-osvaldo-castro16
Salumeria Central lançou no último dia 15 uma carta de cervejas artesanais criada pelo sommelier Luiz Queiroz Gomes especialmente para os clientes. A maior parte dos rótulos são de Minas Gerais, valorizando e fortalecendo a cultura cervejeira em Belo Horizonte e no Estado. Além da qualidade das cervejas escolhidas, é preciso ressaltar os deliciosos acompanhamentos criados pela chef e sócia da casa, Ana Motta. Eles foram pensados para harmonizar com as cervejas e as porções têm preço fixo de R$12.
Outro ponto que chamou nossa atenção, a carta não é fechada. Tanto as cervejas como os aperitivos vão passar por mudanças ao longo do ano para se adequarem às estações do ano.
A carta de cervejas inclui mais de 20 tipos diferentes de cervejas, organizados por categorias:
salumeria-ameixa-japonesa-bh-foto-osvaldo-castro10
Lagers e Pilsners, como a Áustria Lager, da Krug (R$ 14 – 600ml), que é cremosa e possui um baixo nível de amargor e a Vinil 33 RPM (R$ 24 – 600ml), uma cerveja do tipo Bohemian Pilsener que envolve aromas intensos. O Trio Cogumelo, Queijo e Tomatinho foi escalado para acompanhar as Lagers.
salumeria-ameixa-japonesa-bh-foto-osvaldo-castro12
Ales feitas com trigo, como a Tropicália Lado B (R$25 – 600ml), leve e refrescante, traz aromas cítricos e a Tangerine, da Kud (R$ 26 – 600ml), do tipo Belga, possui carbonatação média-alta e leva pequenas cascas de laranja. Essa e outras excelentes cervejas com trigo serão acompanhadas pelo Espetinho de Camarão com Pancetta.
salumeria-ameixa-japonesa-bh-foto-osvaldo-castro14
Ainda dentre os estilos cervejeiros, o sommelier incluiu cervejas feitas com flores, frutas, especiarias, como a 21, da Grimor (R$ 24 – 600 ml), dourada e rosada, feita com pétalas de hibiscos e de rosas; a Hawaii (R$ 29 – 330 ml), que possui diversos aromas, como caramelo, mel, baunilha frutas vermelhas e ainda leva folhas de oliveira na receita. Essas cervejas delicadas e refrescantes serão acompanhadas pela Casquinha de Pequi com Carne de Onça. “As Lupuladas, como a Hop Rio, da Mistura Clássica (R$ 32 – 500 ml) tem aromas oriundos dos lúpulos; a Soldati, da Gangster (R$ 26 – 600ml) possui aromas suaves de maltes e cítricos dos lúpulos. Essas cervejas que explodem em aromas e sabores poderão vir para a mesa com a companhia de Cubos de Barriga com Molho Picante.
salumeria-ameixa-japonesa-bh-foto-osvaldo-castro18
Para as Aromáticas, Complexas, Vermelhas e Escuras, como a Dubbel, da Wäls (R$29 – 330ml), que é levemente picante, traz aromas de frutas secas com maltes especiais e a Ouro Preto, da Falke (R$32 – 600ml), que possui destaque por conter aromas e sabores de chocolate e café, é sugerido o Afetatti Misto, como acompanhamento.
E olha quem a gente encontrou na Salumeria?! Nosso querido Ike Horta! <3
E olha quem a gente encontrou na Salumeria?! Nosso querido Ike Horta! <3
Sobre a Salumeria  
Ao atravessar os bucólicos arcos do Viaduto Santa Tereza, está o restaurante Salumeria Central, um lugar privilegiado para degustar salames, queijos artesanais, massas, risotos e outras iguarias. O ambiente, que contempla arte, gastronomia e diversão, tem bela vista para o centro da cidade e todo o conjunto arquitetônico da Praça da Estação. Os proprietários são o chef Massimo Battaglini, os videoartistas sócios da Trem Chic, André Hallak e Eder Santos, além do italiano Ezio Pellizon e da chef Ana Motta, que atualmente está à frente da cozinha da casa. A Salumeria já recebeu o título de Bar Revelação de 2012 pela revista Veja Comer & Beber e o chef Massimo foi eleito Personalidade Gastronômica pela mesma revista, em 2014. Também foi destaque em publicações nacionais de gastronomia e cultura. O diferencial do estabelecimento é valorizar os produtos da terra, através de parceria com pequenos produtores. Entre os pratos apreciados, estão a panturrilha de porco , porchetta, linguiça de javali, sanduíches, entre outros.
Serviço: Salumeria Central 
Endereço: Rua Sapucaí, 527, Floresta. BH/MG 
Informações: (31) 2552-0154 
Funcionamento: 
Almoço: Segunda a sexta: 11h30 às 15h30 | Sábado: 12h a 01h – pausa para troca de cozinha de 16h a 17h30 | Domingo: 12h a 17h 
Jantar: Terça e quarta: 18h30 à 00h | Quinta e sexta: 18h30 à 01h | Sábado: 12h à 01h – pausa para troca de cozinha de 16h a 17h30

O processo de assumir os cachos e deixá-lo natural não é fácil, mas quem já trilhou esse caminho garante que vale a pena. Quando a gente vê o resultado também dá pra ver que vale a pena, né? Estou nesse processo de transição que não é NADA fácil. E vou tentar dividir com vocês as dicas que for aprendendo por aí, e principalmente, com minha amiga e terapeuta capilar Renata Fraga. Foi por ouvi-la falar o quanto química faz mal para os fios e sobre o tanto de produtos naturais fazem bem para o couro cabeludo e para o cabelo que resolvi deixar o alisamento de lado. No caso, o alisamento que eu usava era menos agressivo que muitos outros e não danificava como escova progressiva que tem formol, mas química é sempre química e algum dano terá.

Então vamos as primeiras dicas testadas e aprovadas!

como-hidratar-cabelo-cacheados-e-afro

Quem cabelos cacheados, crespos ou afro tem que tomar mais cuidado ainda com a hidratação das madeixas. O óleo essencial* de abacate é perfeito para esses tipos de cabelo porque impede que a água de dentro dos fios seja eliminada causando o ressecamento. Além disso, ele é rico em várias vitaminas (como A, B1, B12 e C, além de magnésio, cálcio, ferro e ácido oleico). Aqui em BH, você encontra óleo essencial de abacate no Mercado Central.

 

COMO USAR ÓLEO ESSENCIAL DE ABACATE?

1) Você pode fazer a hidratação dos fios através da umectação, ou seja passar nos cabelos secos, deixar agir com ou sem touca por 1 hora e depois lavar o cabelo normalmente.

2) Você também pode adicionar algumas gotas do óleo essencial de acabate na sua máscara de cabelo preferida.

3) Outra alternativa é usar algumas gotinhas como leave-in, tem que ser beeem pouquinho mesmo!

 

MASCARA-CASEIRA-ACABATE-COMO-FAZER

 

MÁSCARA DE HIDRATAÇÃO DE ABACATE

Como fazer: Bata 1/2 abacate e 1 copo (aproximadamente 250 ml) de iogurte natural orgânico no liquidificador.

Como usar: Lave o cabelo com shampoo (2 vezes). Divida o cabelo em mechas e vá aplicando somente no comprimento e nas pontas. Use uma toca por 40 minutos. A touca é opcional, o aquecimento potencializa a ação da mistura no cabelo.

 

*Chamamos de óleo essencial de abacate, o óleo puro de abacate, sem nenhuma mistura. A Renata deu a dica para comprar apenas óleos essenciais, eles que são bons para os cabelos e o couro cabeludo.


Ei, meninas. Tudo bem com vocês? O papo hoje é sobre esmalte (muuuuito tempo que não falamos) e quis compartilhar com vocês uma “descoberta” maravilhosa. Fui no salão Glam-Appetit há alguns meses e conheci sobre a esmaltação em gel – que naaada tem a ver com as unhas em gel, que todo mundo anda falando. Como o nome sugere, trata-se de um esmalte especial, com a base gel, que tem durabilidade muito maior que os esmaltes convencionais.

A esmaltação em gel dura em média 15 dias e a unha fica intacta. Não tem o risco de estragar, borrar, descascar (sim, nããão descasca!). Pra mim, foi uma das melhores descobertas dos últimos tempos. Como eu sou jornalista, eu fico o dia inteeeiro em frente ao computador e digitando. Por conta disso, as minhas unhas duravam pouco mais de dois dias. As pontas sempre ficavam já “branquinhas”, começando a descascar. Fiquei 15 dias com o esmalte e a única diferença é que a unha cresceu e foi aparecendo o início da unha, perto da cutícula, sabe? Mesmo assim, o esmalte na minha unha permaneceu intacto e brilhante.

São mais de 50 tonalidades de esmalte, um mais lindo que o outro. O procedimento é quase o mesmo que vocês já devem estar acostumadas. Depois de passar o esmalte e limpar os cantinhos, você coloca os dedos em uma máquina de led, responsável por secar o esmalte e garantir a durabilidade nas unhas.

IMG_5559

IMG_5561
Esmaltação em gel do Glam-Appetit
IMG_5565
Para fixar o esmalte em gel, as mãos ficam uns segundinhos nessa maquininha


Bom, o processo de retirada do esmalte também é mais demorado. A Patrícia, proprietária do salão, me explicou que precisa usar acetona (e não qualquer removedor de esmalte) com algodão umedecido em cada dedo. Para acelerar, depois que você colocar o algodão no dedo, cubra-o com pedacinhos de papel alumínio e espere 20 minutos. Sai tudo, tranquilamente! Amei esse tipo de esmalte, vale muito à pena para quem estraga a unha fácil e não pode ir toda semana na manicure =)

IMG_5568

Se você gostou e quer testar, indico o Glam-Appetit (Avenida Professor Mário Werneck, 1.943, Buritis)