As inspirações da marca mineira PÓLEN vem da mistura da natureza, da geometria e das formas infinitas em constante contraste entre o cotidiano urbano e orgânico, tornando o dia a dia mais leve e colorido, unindo o despojado ao sofisticado.

Um dos fios condutores da marca é o fortalecimento da cena e produção locais. Desde o início do processo, onde as peças são montadas e costuradas por microempreendedores da periferia de BH. Além disso, a Pólen conta com o processo de design e conceituação 100% local, co-criando suas estampas com designers belorizontinos.

polen-bh-07

polen-bh-02

polen-bh-06

polen-bh-05

TRAVESSIA

Criada especialmente após uma imersão na região, a coleção Travessia se inspira na fauna e flora do Serra do Espinhaço em Minas Gerais, região rica em cores, sabores, sons e aromas diferentes. As estampas exclusivas foram criadas em parceria com a designer Elisa Guilherme (super querida do Ameixa, foi ela que criou nossa marca!)

Com formas simples, soltas e coloridas o conceito estético trabalhado traz a singularidade da região, onde as estampas passeiam entre as cores amarelo, verde, preto e tons pasteis.

www.polenstore.com.br
@polen_store
www.facebook.com/polenstore


almoço-executivo-olga-nur-ameixa-japonesa-01

 Olga Nur e esse teto maravilhoso! Como não ficar feito boba olhando para o alto?!

 

O restaurante Olga Nur oferece almoço executivo às sextas-feiras e o Ameixa foi conhecer. Já adiantamos que adoramos, é uma ótima opção para um almoço de negócios, uma data especial ou aquela sexta que você pode esticar com os amigos.

O menu com entrada, prato principal e sobremesa custa R$ 65. De entrada, o cliente pode escolher entre salada de folhas verdes, legumes grelhados e queijo parmeggiano ou creme de alho poró e linguiça espanhola. Já nos principais, há opções de carnes, peixe, massa e risoto. Destaque para o baby beef do parrilheiro com baked potato com gorgonzola; peixe grelhado à moda do mediterrâneo e massa fresca ao pomodoro, basílico e mozarela de búfala. O cardápio de sobremesas é o tradicional da casa. Para aqueles que dispensam os doces, o menu sai a R$ 55. Para aqueles que quiserem experimentar outros pratos, o cardápio tradicional da casa também é servido durante o horário do almoço.

almoço-executivo-olga-nur-ameixa-japonesa-04

Salada de folhas verdes, legumes grelhados e queijo parmeggiano

almoço-executivo-olga-nur-ameixa-japonesa-06

Baby Beef do parrilheiro com Baked Potato com gorgonzola

almoço-executivo-olga-nur-ameixa-japonesa-13

Petit Gateau, tradicionalíssimo e delicioso. Um dos melhores que já comi!

almoço-executivo-olga-nur-ameixa-japonesa-03
La Bella Keulla, criado pelo mixologista Sebastian Pires em homenagem à Fernanda Keulla. O drink é feito com vodka vanilla, néctar de maçã, espumante e mel de laranjeira artesanal.Além de super gostoso, ele é super refrescante! Ótima pedida para o Verão!

almoço-executivo-olga-nur-ameixa-japonesa-14

O atencioso Robson Vieira (Tizé), gerente do Olga Nur, representa bem o espírito da casa. Atendimento perfeito do começo ao fim!

A decisão de servir o menu executivo somente às sextas-feiras tem um motivo: a operação quer estar sempre afinada para servir uma ótima refeição, especial, num horário concorrido, que é o de almoço. “Nem todo mundo almoça com tempo de sobra, então é importante que os pratos não se atrasem e o serviço esteja impecável. Durante a semana, as pessoas buscam pratos não tão elaborados, mas rápidos. Nosso cardápio é simplificado, mas com muito sabor”, destaca o gerente Robson Vieira.

 


 

Serviço Olga Nur:

Endereço: Rua Curitiba, 2.202 – Lourdes / (31) 3566-1851 / Capacidade: 160 pessoas / Manobrista

Funcionamento:

De terça à quinta: das 19h às 00h

Sexta e sábado: das 12h às 00h

Domingo: das 12h às 18h

Almoço executivo às sextas-feiras: 12h às 16h

Cartões aceitos: Visa, Visa Electron, Mastercard, Maestro, American Express, Elo, Dinners.

Fotos: Osvaldo Castro


A proposta da marca de roupas e acessórios Dercy é fazer você causar nas produções carnavalescas! E como a própria marca se define: ”Debochada que só ela, Dercy é sobre um carnaval sem vergonha e sem pudores. É sobre o glamour das plumas, dos paetês e dos brocados. Como diria a própria Dercy, é sobre o tempo em que foda-se se escrevia com “ph”. Por um carnaval livre, independente e cheio de malícia, nenhuma lantejoula será em vão”.

O lançamento oficial da marca acontece no próximo sábado, dia 21, no GUAJA. Mas todas as peças já estão a venda no site: www.dercy.cc

dercy-carnaval-01

dercy-carnaval-02

dercy-carnaval-04

dercy-carnaval-05 dercy-carnaval-06

Lançamento da Dercy

Onde? GUAJA – Afonso Pena, 2881

Quando? 21 de Janeiro (Sábado), a partir das 16h


AMEIXA-TESTOU-FINA-FLOR

No finalzinho do ano passado a Fina Flor lançou a linha de Transição Capilar. Recebemos o kit completo e depois de um mês de uso vamos mostrar tudo pras cacheadas e pra quem só quer cuidar mais dos cabelos. Spoiler: a experiência foi muito boa. ;)

Fiquei dois anos sem química no cabelo, mas só em agosto de 2016 tive coragem de fazer o bc (big chop) e tirar todo o resto de progressiva que ainda tinha por aqui. \o/ Melhor decisão da minha vida. Durante a transição já cuidava bastante do meu cabelo, mas a partir do corte esse cuidado aumentou. Já havia ouvido falar bem da linha Transição Capilar da Fina Flor, agora que experimentei posso falar com propriedade, é um ótimo caminho para as cacheadas, gostei muito.

Recebi os produtos há cerca de um mês. O kit conta com shampoo, condicionador, máscara base, creme para pentear, finalizador, óleo de coco e três aditivos: hidratação, nutrição e reconstrução (foto abaixo). Aqui já falamos sobre porosidade dos fios e qual a função de cada aditivo.

JOANA-FINA-FLOR-00

Todos os produtos são livres de petrolatos, silicones, parabenos, sulfatos e EDTA. Demais, não?


Eu não fazia cronograma capilar (cc), mas esse foi um incentivo grande para eu começar, meu cabelo tava precisando e no kit tem tudo o que você precisa para seguir o cc e mais esse explicativo.

JOANA-FINA-FLOR-04

Percebi diferença no meu cabelo no primeiro uso. O shampoo proporciona sensação de cabelos lavados (passei três vezes), mas deixa o cabelo hidratado, o que é ótimo. Fiz tudo como manda o figurino, hidratação na primeira lavagem e condicionador pós creme de tratamento.

Para finalizar o creme de pentear <3

Gostei bastante da textura do creme de pentear, não é pesado e deixa o cabelo finalizado na medida que gosto. Quando começa secar fica com efeito molhado (uso uma quantidade grande por gosto pessoal), mas em seguida, após o ritual para tirar o efeito molhado – colocar um pouco de óleo na palma da mão e passar as mãos sob os cabelo – meu cabelo ficou LINDO. Tenho pouco volume no dia em que lavo :/, mas com o finalizador da linha de transição meu cabelo ficou num volume e textura muito bons. Super ponto positivo.

Não lavo meu cabelo três vezes na semana, como é sugerido no cronograma, gosto do meu cabelo nos dias pós lavagem (cada cacheada com suas manias), por isso ainda não fechei um mês de cronograma. No entanto, o cabelo muda ao menor sinal de bem cuidado e isso aconteceu com o meu. Ele está visivelmente hidratado e com cachos mais definidos (quem não gosta de cachos muito definidos, sugiro usar uma quantidade menor de creme para pentear).

Dica: tenho amigas de cabelos lisos que usam os shampoos e cremes de tratamento da linha de transição e adoram os resultados também.

1º Day after

Cabelo no day after é tudo de bom, o volume é maior e o corte aparece mais. Dá pra ver que o cabelo tá bem hidratado e macio. Tô muito feliz com esse aspecto saudável dos cachos. Fina flor tá super aprovado!

 JOANA-FINA-FLOR-01

 

 

2º Day after

Fui a uma festa e não precisei mexer em nada no cabelo. Sem friz e não usei o finalizador, saí como estava <3.

JOANA-FINA-FLOR-03

 

 

 

3º Day after

Muito amor por esse volume e praticamente nenhum frizz <3.

JOANA-FINA-FLOR-02

 

 

Preço do Kit Linha de Transição Capilar Fina Flor: R$ 149

Está na transição ou já passou por ela? Conta pra gente os seus produtos preferidos! Testou Fina Flor? O que achou?


Prototipo Bar Cervejas ArtesanaisO Protótipo Brew é uma nova aposta dos sócios empresários Lucas Zacharias e Angelo Gabriel, que prometem lançar mais três rótulos originais da marca em 2017. (Foto: Mariela Guimarães)

 

Depois de oito meses no mercado funcionando como estabelecimento especializado na comercialização de cervejas artesanais e em gastronomia americana, o Protótipo Bar entra 2017 lançando sua marca própria de cerveja artesanal, o Protótipo Brew.

O primeiro rótulo da marca ganha o nome Santê, um carinhoso apelido para o boêmio bairro de Santa Tereza, no qual o bar está localizado.

A Santê é uma cerveja produzida nas modernas instalações da cervejaria Verace através do modelo conhecido como “cigana”, aquela cuja fabricação é terceirizada.

prototipo-cerveja-01

Cerveja Santê – Juicy IPA (Foto: Denilton Dias)

 

O rótulo pertence ao estilo Juicy IPA e tem receita original desenvolvida em parceria com o cervejeiro e amigo da dupla, Álvaro Mafra. De acordo com Lucas, o estilo “Juicy” remete ao corpo cremoso e macio da cerveja, obtido por meio da mistura dos fermentos clássicos da West Coast e da New England IPA. Os lúpulos Citra, Amarillo e Vic Secret criam um sabor explosivo de frutas cítricas e tropicais.

Com teor alcoólico de 7% do volume total, a cerveja Santê não é como os tradicionais produtos deste segmento, que após vários testes, chegam uma ideia de perfeição em uma versão final. “Ela é um protótipo em edição limitada para amantes de cerveja. Cada receita será produzida e comercializada por apenas um trimestre”, destaca Lucas.

A bebida será comercializada em duas versões: em garrafa de 500ml e em barril de chope e será vendida nas principais lojas especializadas de Belo Horizonte.

O Protótipo Bar fica em um descolado terraço de uma galeria, no bairro Santa Tereza, à rua Galba Veloso, nº 206, 2º andar. A casa possui capacidade de atendimento limitada a 140 clientes, motivo pelo qual é interessante chegar no início da noite.