festival-japao-em-minas

Desde 2012, Belo Horizonte é palco do Festival do Japão em Minas, o maior evento sobre a cultura japonesa do Estado, e que hoje integra o calendário oficial de eventos da cidade. O evento tem a proposta de divulgar a cultura japonesa e promover o intercâmbio social, cultural e econômico entre esses dois países. Durante três dias, haverá uma programação de palestras, apresentações de artes marciais, atividades culturais, concurso de cosplay, dentre outros. Além de oficinas de ikebana, pipamodelismo, mangá, oshiê e origami, o festival também contará com cursos de culinária no SenacMóvel.

A programação do SenacMóvel contempla cinco oficinas conduzidas pelo orientador de cursos de gastronomia do Senac Adair Candeiras. No dia 17, às 19h, a receita será Cogumelos Frescos no Óleo de Gergelim com Costelinha Marinada no Sakê. No dia 18, estão programados o preparo de Guyosa com Molho Taré, às 17h, e de Shoyo Lamen, às 19h. No último dia também serão preparadas duas receitas: Nitsuk (bovino cozido à japonesa) com Tofu, às 15h, e Tempura de Legumes e Frango e Dorayaki, às 17h. As inscrições para as oficinas serão realizadas no local, com uma hora de antecedência. As vagas são limitadas.

tempura-curso-festival-japao-em-minas

Programação do SenacMóvel

17 de fevereiro: 19h às 20h - Cogumelos Frescos no Óleo de Gergelim com Costelinha Marinada no Sakê

18 de fevereiro: 17h às 18h - Guyosa com Molho Taré

19h às 20h - Shoyo Lamen

19 de fevereiro: 15h às 16h – Nitsuk (bovino cozido à japonesa) com Tofu

17h às 18h - Tempura de Legumes e Frango e Dorayaki

 

Os ingressos para o Festival do Japão em Minas podem ser adquiridos no local, sendo R$ 16 a inteira e R$ 8 a meia-entrada para menores de 12 anos, estudantes e idosos. Informações sobre a ação do Senac nowww.mg.senac.br. Informações sobre o evento no www.festivaldojapaominas.com.br

 


escola-de-culinaria-decisao
Uma das boas surpresas pertinho da minha casa é a Escola de Culinária Decisão Atacarejo! O projeto da rede Decisão Atacarejo oferece diversos cursos em suas três unidades – Centro e Venda Nova, em Belo Horizonte (MG), e Sete Lagoas (MG) - com preços a partir de 20 reais (só eu fiquei maravilhada com esse valor?!).
No final do mês passado fiz uma aula de brownie e bem-casados para conhecer o espaço e adorei. Recomendo tanto para quem quer aprender, como para quem quer empreender na área para ganhar um dinheiro extra. E pensando nessas pessoas que vêem a culinária como uma oportunidade de negócio, uma das novas aula ofertada pela escola, é de marketing, com técnicas de vendas, atendimento, embalagens e como calcular custo e preço final dos produtos doces e salgados.
E olha a dica: No mês de fevereiro, a programação conta com várias aulas com a temática Páscoa, como, por exemplo, ovos de Páscoa para iniciantes, ovinhos surpresa, ovo de Páscoa de colher, ovos recheados e decorados, cupcakes de Páscoa, cones recheados e trufados para a Páscoa, naked cake para a Páscoa, brigadeiro gourmet para Páscoa.
Confira a programação de fevereiro da unidade centro:
aulas-culinaria-decisao01
Sobre a Escola de Culinária Decisão Atacarejo
São três endereços da escola que oferecem cerca 60 cursos por mês, a preços populares, de R$ 20,00 a R$ 80,00. “As aulas são ideais para quem busca uma renda complementar, ser dono do seu próprio negócio ou se especializar na cozinha. Estamos preparados para receber mais de 1.000 alunos por mês”, detalha a diretora de Marketing e RH, Valéria Bax. “Temos dezenas de histórias de transformações de vida impulsionadas e incentivadas pelas aulas da nossa escola”, conta Valéria. Os cursos são uma boa opção para capacitação na cozinha, por amor à gastronomia ou aperfeiçoamento profissional. Além de ensinar as receitas, os professores explicam sobre armazenamento dos alimentos e também dão dicas de precificação para os alunos venderem seus produtos.
O projeto tem 11 anos e tem um canal especial no Youtube (https://www.youtube.com/Decisaoatacadista). No canal, receitas e dicas de cozinha com chefs referência no mercado da Região Metropolitana de Belo Horizonte e professores reconhecidos da escola. Novos vídeos são lançados quinzenalmente.

ziriggydum-stardust-ensaio-aberto

Domingo (22) acontece o segundo ensaio aberto do Ziriggydum Stardust! O primeiro foi incrível e o segundo promete ter mesmo astral.

Quando?15 de janeiro (domingo), a partir das 15h

Onde? Laicos – Rua Ceará, 1580.

Quanto? Entrada gratuita

 

 

feira-fresca

A Feira Fresca, todo terceiro sábado do mês, reúne gente que planta, gente que faz e gente que prepara alimentos de qualidade com gente que se preocupa com uma alimentação.

Quando? Dia 21 de janeiro, sábado, de 9h às 15h
Onde? Av. Prudente de Morais, 840
Quanto? Gratuito

 

casa-leopoldina-horta

Casa Leopoldina e a Passei.o Verde convidam pais e filhos para participarem da oficina “Como cuidar de um canteiro”, no sábado (21/01), às 10h. Ao final da atividade, as crianças levarão para casa um mini canteiro auto-irrigável para acompanhar de perto o crescimento das plantinhas.
Quando? Dia 21 de janeiro, sábado, 10h
Onde? Casa Leopoldina – Rua Leopoldina, 357 – Santo Antônio
Quanto? A inscrição, já incluindo todo o material, custa R$ 95,00. Inscrições pelo link:

 

campanha_popularizacao_teatro_e_danca-bh

Até o dia 19 de fevereiro, acontece a Campanha de Popularização do Teatro & Dança de BH. Serão apresentadas diversas peças teatrais e musicais voltadas ao público adulto e infantil, em vários palcos da cidade, com ingressos vendidos a preços populares. A programação completa está disponível no site www.sinparc.com.br.

mostra-de-tiradentes

E para quem quer dar uma escapadinha de BH: Amanhã (20) começa mais uma edição da tradicional Mostra de Cinema de Tiradentes! O Festival segue até o dia 28 de Janeiro tem como temática central  “Cinema em Reação, Cinema em Reinvenção”. Ao todo serão exibidos 72 filmes (todos com entrada gratuita), de 11 estados brasileiros, divididos em 10 mostras. Você encontra a programação completa aqui: https://goo.gl/4VWuKJ


cluster-bh

O Cluster procura: novas marcas e chefs de BH com o objetivo de dar visibilidade e lançar um olhar curatorial sobre trabalhos independentes de artistas. Estão abertas as inscrições para produtores locais que queriam participar da primeira edição do evento deste ano em Belo Horizonte, que será realizada no dia 12 de março, na Casa Bernardi (rua Conde de Linhares, 308, Cidade Jardim). Interessados devem enviar um e-mail, com o assunto “O Cluster BH”, para o endereço eletrônico cadastro@ocluster.com.br.

O Cluster, que já foi realizado em duas edições na capital mineira, em outubro de 2016 e novembro de 2015, tem-se consolidado na cidade como importante espaço para divulgação da moda, da gastronomia, da música e do design produzidos em solo belo horizontino. Por isso, neste ano, o evento terá três edições. Além da data de 12 de março, O Cluster ocupará a Casa Bernardi nos dias 5 de junho e 8 de outubro.

Para a idealizadora d’O Cluster, Carolina Herszenhut, trazer o evento do Rio de Janeiro para Belo Horizonte foi uma escolha acertada. “A última edição foi uma experiência incrível, pois podemos perceber que Belo Horizonte entendeu exatamente o que fazemos, e a recepção foi exatamente como gostaríamos. O resultado de vendas e público nos fez colocar BH no nosso calendário”, comenta Carolina.

A última edição d’O Cluster, realizada no dia 23 de outubro na Casa Bernardi, foi visitada por 1.2000 pessoas e movimentou R$ 150 mil em apenas oito horas. Além disso, foram vendidas 2 mil cervejas e sete DJS ficaram por conta do set list que animou o público o evento inteiro. No total, participaram da segunda edição d’O Cluster 25 produtores independentes de Belo Horizonte e do Rio de Janeiro, que apresentaram ao público marcas de moda de roupas femininas, sapatos, bijuterias e joias, e também marcas gastronômicas de comidas veganas e vegetarianas, sobremesas e bebidas.

A designer Luisa Jordá, que se apresentou na última edição do evento com o pré-lançamento da sua marca de sapatos veganos, o Estúdio NHNH, também ficou muito satisfeita com o saldo d’O Cluster. “Foi uma feira com um público interessante e muito gostosa de se frequentar. Gostei especialmente da gastronomia, que tem tudo a ver com a minha marca: em todas as barraquinhas havia opções de comida vegana e vegetariana, como sorvete e hambúrgueres veganos”, analisa.

Sobre o Cluster

Sucesso no Rio de Janeiro desde 2012 – ano em que foi criado, o evento propõe seguir na contramão do consumo desenfreado, procurando abrir espaço para o novo, possibilitando uma integração multicultural, de diversas áreas. Um convite ao inédito, ao inusitado e ao surpreendente, os eventos O Cluster recebem criações de novos estilistas, deliciosos e exclusivos pratos preparados por chef´s de cozinha, feiras de vinis, além de intervenções e performances artísticas. O Cluster se consolidou como um espaço onde é possível encontrar o que há de mais novo na moda carioca, se posicionando como um evento onde todas as experimentações são permitidas e fazendo essa ponte entre os criadores e o público. Em 3 anos, reuniu em 17 edições mais de 50.000 pessoas ávidas por novidades, registrando em média um público de 4.000 pessoas por edição envolvendo aproximadamente 50 marcas e mais de 100 pessoas trabalhando indiretamente.


almoço-executivo-olga-nur-ameixa-japonesa-01

 Olga Nur e esse teto maravilhoso! Como não ficar feito boba olhando para o alto?!

 

O restaurante Olga Nur oferece almoço executivo às sextas-feiras e o Ameixa foi conhecer. Já adiantamos que adoramos, é uma ótima opção para um almoço de negócios, uma data especial ou aquela sexta que você pode esticar com os amigos.

O menu com entrada, prato principal e sobremesa custa R$ 65. De entrada, o cliente pode escolher entre salada de folhas verdes, legumes grelhados e queijo parmeggiano ou creme de alho poró e linguiça espanhola. Já nos principais, há opções de carnes, peixe, massa e risoto. Destaque para o baby beef do parrilheiro com baked potato com gorgonzola; peixe grelhado à moda do mediterrâneo e massa fresca ao pomodoro, basílico e mozarela de búfala. O cardápio de sobremesas é o tradicional da casa. Para aqueles que dispensam os doces, o menu sai a R$ 55. Para aqueles que quiserem experimentar outros pratos, o cardápio tradicional da casa também é servido durante o horário do almoço.

almoço-executivo-olga-nur-ameixa-japonesa-04

Salada de folhas verdes, legumes grelhados e queijo parmeggiano

almoço-executivo-olga-nur-ameixa-japonesa-06

Baby Beef do parrilheiro com Baked Potato com gorgonzola

almoço-executivo-olga-nur-ameixa-japonesa-13

Petit Gateau, tradicionalíssimo e delicioso. Um dos melhores que já comi!

almoço-executivo-olga-nur-ameixa-japonesa-03
La Bella Keulla, criado pelo mixologista Sebastian Pires em homenagem à Fernanda Keulla. O drink é feito com vodka vanilla, néctar de maçã, espumante e mel de laranjeira artesanal.Além de super gostoso, ele é super refrescante! Ótima pedida para o Verão!

almoço-executivo-olga-nur-ameixa-japonesa-14

O atencioso Robson Vieira (Tizé), gerente do Olga Nur, representa bem o espírito da casa. Atendimento perfeito do começo ao fim!

A decisão de servir o menu executivo somente às sextas-feiras tem um motivo: a operação quer estar sempre afinada para servir uma ótima refeição, especial, num horário concorrido, que é o de almoço. “Nem todo mundo almoça com tempo de sobra, então é importante que os pratos não se atrasem e o serviço esteja impecável. Durante a semana, as pessoas buscam pratos não tão elaborados, mas rápidos. Nosso cardápio é simplificado, mas com muito sabor”, destaca o gerente Robson Vieira.

 


 

Serviço Olga Nur:

Endereço: Rua Curitiba, 2.202 – Lourdes / (31) 3566-1851 / Capacidade: 160 pessoas / Manobrista

Funcionamento:

De terça à quinta: das 19h às 00h

Sexta e sábado: das 12h às 00h

Domingo: das 12h às 18h

Almoço executivo às sextas-feiras: 12h às 16h

Cartões aceitos: Visa, Visa Electron, Mastercard, Maestro, American Express, Elo, Dinners.

Fotos: Osvaldo Castro