cluster-bh

O Cluster procura: novas marcas e chefs de BH com o objetivo de dar visibilidade e lançar um olhar curatorial sobre trabalhos independentes de artistas. Estão abertas as inscrições para produtores locais que queriam participar da primeira edição do evento deste ano em Belo Horizonte, que será realizada no dia 12 de março, na Casa Bernardi (rua Conde de Linhares, 308, Cidade Jardim). Interessados devem enviar um e-mail, com o assunto “O Cluster BH”, para o endereço eletrônico cadastro@ocluster.com.br.

O Cluster, que já foi realizado em duas edições na capital mineira, em outubro de 2016 e novembro de 2015, tem-se consolidado na cidade como importante espaço para divulgação da moda, da gastronomia, da música e do design produzidos em solo belo horizontino. Por isso, neste ano, o evento terá três edições. Além da data de 12 de março, O Cluster ocupará a Casa Bernardi nos dias 5 de junho e 8 de outubro.

Para a idealizadora d’O Cluster, Carolina Herszenhut, trazer o evento do Rio de Janeiro para Belo Horizonte foi uma escolha acertada. “A última edição foi uma experiência incrível, pois podemos perceber que Belo Horizonte entendeu exatamente o que fazemos, e a recepção foi exatamente como gostaríamos. O resultado de vendas e público nos fez colocar BH no nosso calendário”, comenta Carolina.

A última edição d’O Cluster, realizada no dia 23 de outubro na Casa Bernardi, foi visitada por 1.2000 pessoas e movimentou R$ 150 mil em apenas oito horas. Além disso, foram vendidas 2 mil cervejas e sete DJS ficaram por conta do set list que animou o público o evento inteiro. No total, participaram da segunda edição d’O Cluster 25 produtores independentes de Belo Horizonte e do Rio de Janeiro, que apresentaram ao público marcas de moda de roupas femininas, sapatos, bijuterias e joias, e também marcas gastronômicas de comidas veganas e vegetarianas, sobremesas e bebidas.

A designer Luisa Jordá, que se apresentou na última edição do evento com o pré-lançamento da sua marca de sapatos veganos, o Estúdio NHNH, também ficou muito satisfeita com o saldo d’O Cluster. “Foi uma feira com um público interessante e muito gostosa de se frequentar. Gostei especialmente da gastronomia, que tem tudo a ver com a minha marca: em todas as barraquinhas havia opções de comida vegana e vegetariana, como sorvete e hambúrgueres veganos”, analisa.

Sobre o Cluster

Sucesso no Rio de Janeiro desde 2012 – ano em que foi criado, o evento propõe seguir na contramão do consumo desenfreado, procurando abrir espaço para o novo, possibilitando uma integração multicultural, de diversas áreas. Um convite ao inédito, ao inusitado e ao surpreendente, os eventos O Cluster recebem criações de novos estilistas, deliciosos e exclusivos pratos preparados por chef´s de cozinha, feiras de vinis, além de intervenções e performances artísticas. O Cluster se consolidou como um espaço onde é possível encontrar o que há de mais novo na moda carioca, se posicionando como um evento onde todas as experimentações são permitidas e fazendo essa ponte entre os criadores e o público. Em 3 anos, reuniu em 17 edições mais de 50.000 pessoas ávidas por novidades, registrando em média um público de 4.000 pessoas por edição envolvendo aproximadamente 50 marcas e mais de 100 pessoas trabalhando indiretamente.


almoço-executivo-olga-nur-ameixa-japonesa-01

 Olga Nur e esse teto maravilhoso! Como não ficar feito boba olhando para o alto?!

 

O restaurante Olga Nur oferece almoço executivo às sextas-feiras e o Ameixa foi conhecer. Já adiantamos que adoramos, é uma ótima opção para um almoço de negócios, uma data especial ou aquela sexta que você pode esticar com os amigos.

O menu com entrada, prato principal e sobremesa custa R$ 65. De entrada, o cliente pode escolher entre salada de folhas verdes, legumes grelhados e queijo parmeggiano ou creme de alho poró e linguiça espanhola. Já nos principais, há opções de carnes, peixe, massa e risoto. Destaque para o baby beef do parrilheiro com baked potato com gorgonzola; peixe grelhado à moda do mediterrâneo e massa fresca ao pomodoro, basílico e mozarela de búfala. O cardápio de sobremesas é o tradicional da casa. Para aqueles que dispensam os doces, o menu sai a R$ 55. Para aqueles que quiserem experimentar outros pratos, o cardápio tradicional da casa também é servido durante o horário do almoço.

almoço-executivo-olga-nur-ameixa-japonesa-04

Salada de folhas verdes, legumes grelhados e queijo parmeggiano

almoço-executivo-olga-nur-ameixa-japonesa-06

Baby Beef do parrilheiro com Baked Potato com gorgonzola

almoço-executivo-olga-nur-ameixa-japonesa-13

Petit Gateau, tradicionalíssimo e delicioso. Um dos melhores que já comi!

almoço-executivo-olga-nur-ameixa-japonesa-03
La Bella Keulla, criado pelo mixologista Sebastian Pires em homenagem à Fernanda Keulla. O drink é feito com vodka vanilla, néctar de maçã, espumante e mel de laranjeira artesanal.Além de super gostoso, ele é super refrescante! Ótima pedida para o Verão!

almoço-executivo-olga-nur-ameixa-japonesa-14

O atencioso Robson Vieira (Tizé), gerente do Olga Nur, representa bem o espírito da casa. Atendimento perfeito do começo ao fim!

A decisão de servir o menu executivo somente às sextas-feiras tem um motivo: a operação quer estar sempre afinada para servir uma ótima refeição, especial, num horário concorrido, que é o de almoço. “Nem todo mundo almoça com tempo de sobra, então é importante que os pratos não se atrasem e o serviço esteja impecável. Durante a semana, as pessoas buscam pratos não tão elaborados, mas rápidos. Nosso cardápio é simplificado, mas com muito sabor”, destaca o gerente Robson Vieira.

 


 

Serviço Olga Nur:

Endereço: Rua Curitiba, 2.202 – Lourdes / (31) 3566-1851 / Capacidade: 160 pessoas / Manobrista

Funcionamento:

De terça à quinta: das 19h às 00h

Sexta e sábado: das 12h às 00h

Domingo: das 12h às 18h

Almoço executivo às sextas-feiras: 12h às 16h

Cartões aceitos: Visa, Visa Electron, Mastercard, Maestro, American Express, Elo, Dinners.

Fotos: Osvaldo Castro


A proposta da marca de roupas e acessórios Dercy é fazer você causar nas produções carnavalescas! E como a própria marca se define: ”Debochada que só ela, Dercy é sobre um carnaval sem vergonha e sem pudores. É sobre o glamour das plumas, dos paetês e dos brocados. Como diria a própria Dercy, é sobre o tempo em que foda-se se escrevia com “ph”. Por um carnaval livre, independente e cheio de malícia, nenhuma lantejoula será em vão”.

O lançamento oficial da marca acontece no próximo sábado, dia 21, no GUAJA. Mas todas as peças já estão a venda no site: www.dercy.cc

dercy-carnaval-01

dercy-carnaval-02

dercy-carnaval-04

dercy-carnaval-05 dercy-carnaval-06

Lançamento da Dercy

Onde? GUAJA – Afonso Pena, 2881

Quando? 21 de Janeiro (Sábado), a partir das 16h


casa-rio-verde

Que tal começar o ano aprofundando seus conhecimentos sobre o vinho, bebida cada vez mais popular na mesa dos brasileiros? A Escola de Vinhos da Casa Rio Verde abriu inscrições para três edições do curso “Iniciação ao Mundo do Vinho”, em janeiro.

Duas edições acontecem durante a semana: de 23 a 25/jan e de 30/jan a 1/fev. São três horas de aula/dia, totalizando nove horas de curso. Para quem prefere fazer o curso no final de semana, haverá uma turma no sábado, dia 28 janeiro, também com 9 horas de duração.

O curso abrange informações teóricas como tipos de uva, regiões produtoras, dicas de harmonização. Na parte prática, são degustados 12 rótulos, cada um de um estilo de vinho. As aulas acontecem na sala de treinamento da loja da Praça Marília de Dirceu, 104, bairro de Lourdes.

A novidade é que agora, além das lojas da Casa Rio Verde e do telefone 3116-2301, o interessado pode fazer a inscrição pelo site, no link www.vinhosite.com.br/vinhos/curso .

SERVIÇO – CURSO DE INICIAÇÃO AO VINHO – CASA RIO VERDE – JANEIRO
Turma 1 – 23,24 e 25 de janeiro (19 às 22H)
Turma 2 – 28/janeiro (9 às 19h)
Turma 3 – 30,31/jan e 1/fev (19 às 22h)
Carga horária: 9 horas
Degustação: 12 rótulos de diferentes estilos
Local: Casa Rio Verde – Praça Marília de Dirceu, 104 – Lourdes
Valor do investimento: R$ 299 por pessoa (capacidade 18 pessoas) – sócios do VinhoClube da Casa Rio Verde pagam R$209,30.
Inscrições e informações: www.vinhosite.com.br/vinhos/curso
Telefone: (31) 3116-2300


escape02

Imagine a seguinte situação: você foi preso por um assassinato que não cometeu e, por isso, será executado em uma cadeira elétrica. Ninguém acredita na sua inocência, e a única solução para escapar da morte é desvendar pistas, dentro do período de até uma hora, que te levarão à liberdade. Essa até parece ser a história do Lincoln Burrows, um dos protagonistas da série americana de televisão “Prision Break”, ou mesmo a sinopse de um filme de aventura. Mas, na verdade, o enredo faz parte da sala de fuga Alcatraz, escapada impossível”, um dos três ambientes da Escape Time BH, empresa especializada em jogos de fuga que chega a Belo Horizonte na hoje, dia 11 de janeiro, data da abertura oficial da casa.

A Escape Time BH tem três salas de fuga com games com duração de uma hora e podem ser jogados por grupos de três a dez pessoas. O jogo é coletivo, e, por isso, o sucesso de um dependerá da habilidade de todo o grupo. Caso os participantes consigam desvendar o mistério e escapar da sala em até uma hora, eles ganham um prêmio que varia de acordo com o tema de cada sala. No entanto, se os jogadores não encontrarem a solução para a liberdade, a condenação à morte é inevitável, e eles levam para casa um atestado de óbito. Conheça os desafios de cada sala:

  • Alcatraz, escapada impossível

Na manhã de 12 de junho de 1962, três detentos fugiram da prisão Federal de Alcatraz, em São Francisco, nos Estados Unidos: os irmãos John e Clarence Anglin e Frank Morris, considerado o mentor do plano. Usando uma colher para cavar a grade do duto de ventilação da cela eles despistaram os guardas com cabeças feitas com páginas de revistas e perucas nas camas.

Mesmo jurando ser inocente por um assassinato, você foi acusado e sentenciado à morte na cadeira elétrica. Em uma hora, a sentença será executada na prisão mais segura do mundo, Alcatraz. Mas existe uma esperança. Seguindo as pistas deixadas pelos três fugitivos, você conseguirá sair da prisão. Encontrar a saída depende só de você!

  • Pânico no Expresso do Oriente

Você está de férias em Londres com seus amigos e familiares e decide fazer a viagem do Expresso do Oriente que vai de Londres a Istambul, uma aventura definitivamente inesquecível que cruza por quase toda a Europa. Logo após embarcar, você descobre que um terrorista colocou uma bomba no trem, com um dispositivo de geolocalização que fará com que se exploda quando entrar na estação de Budapeste. Sua missão é parar o trem e evitar uma catástrofe na estação de maior movimento da Europa. Detalhe: o maquinista desapareceu.

  • Quarto 66 e os segredos dos templários

Você acaba de herdar um hotel de um parente muito distante que morreu misteriosamente, há mais de 70 anos, no quarto 66. Ao chegar no hotel, descobre que seu parente era um milionário excêntrico com estranhos hábitos e cercado de mistérios. Dizem que o Sr. Bernand de Clairvoux era guardião de um grande tesouro dos cavaleiros templários. Mas existe um problema: o Hotel Bertam será demolido em uma hora. Esse é o tempo que você tem para tentar descobrir o mistério e talvez resgatar o tesouro. Se você falhar, ficará preso e morrerá no mesmo lugar que seu parente desapareceu. Desejamos a você muita sorte, pois você vai precisar. De todos que tentaram encontrar o tesouro, nenhum obteve sucesso em sua busca.

Treinamento Corporativo

Com o objetivo de oferecer às empresas uma forma totalmente inovadora de treinamento e desenvolvimento corporativo, a Escape Time BH é uma franquia de jogos de fuga, já consolidada em cidades como São Paulo. Diferentemente de outras empresas do ramo, a Escape Time utiliza do entretenimento para que os colaboradores de uma corporação testem seus limites por meio do trabalho em equipe, do raciocínio lógico e da resolução de problemas em um tempo hábil através de um jogo.

A grande novidade da Escape Time BH é contar com o trabalho de uma psicóloga que poderá fazer análise de perfil e desempenho dos participantes dentro da sala, oferecida ao público corporativo. Empresas como a GE Motors e a Tetra Park são exemplos de corporações que utilizaram os serviços da Escape Time para treinar seus colaboradores.

Funcionamento

As salas de fuga da Escape Time funcionarão todos os dias da semana, inclusive aos domingos e feriados. O horário de funcionamento para o público em geral é de 13h às 21h. Já para as empresas que desejam contratar os serviços da Escape Time poderão contar com horários de funcionamento flexíveis, inclusive, no período da manhã

O agendamento dos jogos pode ser feito por meio do site da empresa (escapetime.com.br), em que os participantes poderão marcar o melhor horário para participar. Podem participar das atividades pessoas acima de 14 anos, ou crianças com mais de oito anos acompanhadas pelos responsáveis legais.

O valor da experiência é de R$ 69 durante a semana, e R$ 79 aos fins de semana. Crianças,  estudantes com comprovante de escolaridade e idosos têm direito à meia-entrada.

 

Serviço

Escape Time BH chega à capital mineira

Abertura oficial: 11 de janeiro (quarta-feira)

Funcionamento: 13h às 21h (público geral) e horários flexíveis (público corporativo)

Valor do ingresso: R$ 69 (dias durante a semana) e R$ 79 (fins de semana)

Informações: escapetime.com.br