feira-dos-paises

Até o dia 22 de outubro, o estacionamento do piso Ouro Preto do BH Shopping recebe a Feira dos Países, com várias novidades de diferentes nações. Marcam presença representantes da África do Sul, Bolívia, Colômbia, Chile, Dubai, Egito, Equador, Grécia, Itália, Índia, Indonésia, Japão, Nigéria, Paquistão, Peru, Turquia, Rússia, Síria, Senegal. O Brasil também está lá (claro!), com produtos de vários estados brasileiros. A entrada é gratuita!

 

No local, a misturinha que a gente gosta: o stand do Egito, por exemplo, toca música típica super alta e está em frente ao do Japão, com aquele aspecto zen. As tendas africanas vibram com estampas e jóias étnicas, a maioria com pedras naturais. Os enormes doces Sírios chamam a atenção e variam entre R$8 e R$20 (100 gramas). E o da Turquia,  atrai ao expor taças, lustres e tigelas, todos minimamente trabalhados à mão com cerâmica.

E por falar em preço, a Feira traz opções para todos os bolsos.

Destaque para a tenda da Nigéria, onde se é atendido por um simpático casal do país. Muitos colares, pulseiras, turbantes, batas e braceletes incríveis! Os preços, pelo menos das bijouterias, fica em torno de R$ 30.

Serviço

Feira dos Países

Local: Estacionamento Piso Ouro Preto – BH Shopping

Entrada: Gratuita
Horário: 
segunda a sábado das 10 às 22h – domingos e feriados das 14h às 20h;
***O valor do estacionamento segue as regras do Mall.


Foto – Fabiola Volponi

Fivo (Felipe Volponi) é um artista plástico de Belo Horizonte que está com uma belíssima exposição de pinturas e instalações chamada JARDINS, na Casa do Baile, na Pampulha, até o dia 21 de outubro, com entrada gratuita. Ele é o artista destaque da atualidade na cena artística da capital mineira. Atencioso, acessível e bem-humorado, Fivo recebeu na Casa do Baile a Ameixa Japonesa para um papo descontraído no qual ele contou sobre sua arte, carreira e exposição. É só chegar e descobrir mais sobre o Fivo e seus Jardins.

ACEITAÇÃO DO PÚBLICO

Passaram mais de 900 pessoas na Casa Do Baile para ver a exposição Jardins. “O feedback está bem positivo”, disse Fivo extremamente contente.

Famosos também têm se encantado pela arte do Fivo, como Bethy Lagardère (socialite e ex-modelo de sucesso),  Olivier Anquier (chef de cozinha e apresentador de tv), Pedro Andrade (apresentador de TV no Brasil e nos Estados Unidos), Déa Lúcia Amaral (mãe do ator Paulo Gustavo) e muitos outros.

COMO TUDO COMEÇOU

A arte na vida do Fivo começo quando criança. Ele foi ator de musical, fez comerciais de TV e já teve banda de rock. Nesta fase ele arriscava alguns desenhos. No entanto, era apenas um hobby. Virou profissão quando notou que as pessoas estavam interessadas e notando algo de diferente no que ele fazia. Fez faculdade de Design de Interiores, idealizava sua profissão nos Campanas, irmãos reconhecidos mundialmente por seus design-art em móveis. Seus sonhos tomaram outros rumos.

INSPIRAÇÕES

Todas suas inspirações afloram em torno de suas emoções. A principal inspiração do Fivo é a sua avó, Julia Volponi, que sempre esteve envolvida com arte, tocando piano e pintando. Emocionado, Fivo contou que sua avó desenvolveu câncer. Para retribuir os cuidados que sua avó sempre teve com ele, largou os estudos e o estágio para dedicar-se a ela, por 7 meses. Neste período, em meio a noites e dias sem dormir, ele começou a pintar. Isto aconteceu de forma natural e o incentivou a estudar sobre a arte. Fivo é um artista nato e autodidata. Identificou neste período os artistas, obras e traços que mais o interessavam. Começou a estudá-los e a experimentar seus próprios traços. Fivo pintou uma Vênus ao seu modo. Da Vênus surgiu a sua assinatura. Usou recortes e estampas na sua tela. As estampas pintadas são inspiradas nas vezes em que via sua avó costurando. Ali sentiu que tinha jeito para a pintura. Dos grandes artistas, suas inspirações e admirações vêm de Cândido Portinari e Yara Tupinambá.

COMO O FIVO DEFINE SUA ARTE

“Eu não sei. Eu não acho que minha arte deva ser rotulada”, disse o Fivo. Uma característica que prova isto é a falta de data em suas obras. Se as pessoas definirem suas obras como Pop Art ou qualquer outra definição, ele aceita. O que ele mais preza e afirma como uma  definição de sua arte é a identificação da pessoa com sua arte. É a pessoa ver a sua obra e se identificar naquele contexto, naqueles traços, naquelas histórias pintadas.

Fivo escolhe a pintura como a melhor forma de arte para se definir.

EXPOSIÇÃO JARDINS

divulgacao-jardins-fivo

JARDINS é a terceira exposição do artista Fivo. A atual exposição é composta por pinturas de jardins que ele vivenciou das pessoas que já passaram por sua vida. São telas inspiradas no jardim da avó, das tias, da professora, de amigos e até mesmo um inspirado em Star wars, jardim que ele idealizou e no qual gostaria de ter estado. São 10 jardins em 10 telas, 2 réplicas de telas do seu próprio trabalho, que foram vendidas mas se fazem necessárias para completar a exposição, e uma instalação. A instalação constitui-se de várias esculturas pequenas que formam um jardim.

É notório nos trabalhos da exposição o uso da cor prata nos contornos de cada elemento retratado. Fivo contou que é um fio de emoção, que é a retratação da sua memória, que leva aquilo para o surreal, como uma ideia, como a alma da lembrança.

A escolha da Casa do Baile para expor suas obras deveu-se à estreita relação dos Jardins com o visual da Lagoa da Pampulha e com o próprio jardim do espaço. Ainda, Fivo privilegia uma opção de se ver arte fora dos nichos Centro e Savassi.

PREFERIDAS PELO FIVO

Sem pensar muito, Fivo escolhe a tela “Jardim de Lino e Noca”, seus bisavós, como preferida. Ele não a considera a mais bonita, mas a considera muito especial. Motivo pelo qual é a única que ele não venderá. Ele escolheu a tela “Jardim de Ione” como a obra que melhor expressa o seu trabalho.

 

PRÓXIMA EXPOSIÇÃO EM 2018

Intitulada como “Erat Olim”, que significa “era uma vez” em latim, Fivo mostrará o universo dos contos de fadas. Fivo promete uma exposição interativa. Além de ver as obras, as pessoas poderão tocar e até mesmo conversar com algumas delas. A exposição “Erat Olim” ainda não tem data definida, mas Fivo afirma que está trabalhando no novo projeto e que em 2018 todos poderão desfrutá-lo.

Seus trabalhos estão à venda e caso a pessoa se identifique com uma pintura e queira comprá-la, basta entrar em contato com o próprio Fivo nas suas redes sociais, e buscar o trabalho ao final da exposição.

SERVIÇO:

Exposição Jardins

Até dia 21 de outubro

Artista: Fivo

Contato do Fivo: perfil do instagram @fivolponi

Onde: Casa do Baile

Endereço: Av. Otacílio Negrão de Lima, 751 – Pampulha, Belo Horizonte

Horário de funcionamento: de terça a domingo, das 9h às 18h.

ENTRADA GRATUITA


Liniker e Os Caramelows 01_Foto - t

É no dia 20 de Outubro que a Festa Agosto vai trazer Liniker e os Caramelows para um baile luxuoso, no Mercado Distrital do Cruzeiro em BH, a partir das 21h. A festa promete muita agitação, música boa e shows incríveis. Liniker e os Caramelows farão um show esbanjando musicalidade com uma banda de primeira e uma voz poderosa. A Festa Agosto terá ainda shows com Arthur Melo, que levará como convidado o Teago Oliveira (Maglore – BA), Dj Zubreu, Zero (RJ) e os Tambores de Ifá.

A oportunidade é perfeita para ver a Liniker, que este ano participou do Rock In Rio no show do Johnny Hoocker, cantando seus inúmeros sucessos contemporâneos e empoderados. Assim como conhecer, rever e/ou escutar os outros shows num dos mercado mais interessante e diversificado de Belo Horizonte.

FIQUEM LIGADOS NO NOSSO SORTEIO

O Ameixa Japonesa fará um sorteio de 1 (um) par de ingressos para a Festa Agosto. Entre no nosso perfil do Instagram, procure a foto oficial e as regras de participação. Boa sorte e bom baile!

Serviço:

Festa Agosto:

 Liniker e os Caramelows

 Arthur Melo convida Teago Oliveira (Maglore – BA)

 Zero (RJ), Dj Zubreu e os Tambores de Ifá

Sexta, 20 de outubro, 21h

Local: 

DISTRITAL – Mercado Distrital do Cruzeiro – Rua Opala s/n° – Cruzeiro
Referência: ao lado da universidade FUMEC.

Ingressos :

LOTE PROMO 1 – R$ 25,00
1º LOTE – MEIA – R$ 30,00 / 1º LOTE – INTEIRA – R$ 60,00
2º LOTE – MEIA – R$ 35,00 / 2º LOTE – INTEIRA – R$ 70,00
3º LOTE – MEIA – R$ 40,00 / 3º LOTE – INTEIRA – R$ 80,00
4º LOTE – MEIA – R$45,00 / 4º LOTE – INTEIRA – R$ 90,00

Venda Online: www.sympla.com.br

Pontos de venda:

Laicos – R. Ceará, n 1580, Savassi

80 Bar – R. Paraíba, n 1338, Savassi

DISTRITAL – Mercado Distrital do Cruzeiro

Classificação 18 anos


Jazzinho #4 - Túlio Mourão + Renato Saldanha © Flávio Charchar

Entre os dias 08 e 15 de outubro, o Savassi Festival – maior evento de jazz do Brasil – promove oito shows de música instrumental criados especialmente para os pequenos, na Praça Floriano Peixoto e no CCBB-BH. 

Ao longo do evento, poderão ser conferidos shows com orquestras (como os espetáculos “Pixinguinha para Crianças”, com Orquestra Já te Digo e “Cantigas de Bem Querer”, com Orquestra Ouro Preto) e releituras de consagradas composições da cultura pop (presente nos espetáculos “Clássicos do Cinema”, com Matheus Barbosa; e “Domingo com Pink Floyd e sua Turma”, com Túlio Mourão e Renato Saldanha). O evento ainda reunirá outros músicos renomados, como Toninho Ferragutti, Salomão Soares, Silvia Negrão e  Matheus Barbosa. Pela programação, temos certeza que os shows agradarão os adultos também!

Programação Jazzinho – Jazz para Crianças

Jazz na Rua

8/10/domingo

Palco Instituto Unimed-BH

Praça Floriano Peixoto, Santa Efigênia

16h00 | Clássicos do Cinema Infantil, com Matheus Barbosa

17h30 | Pixinguinha para Crianças, com Orquestra Já te Digo

 

Palco Centro Cultural Banco do Brasil

12 de outubro, quinta-feira

11h00-12h00 | Cantigas do Bem Querer, com Orquestra Ouro Preto

Centro Cultural Banco do Brasil – teatro 1

13 de outubro, sexta-feira

17h00-18h00 | Brincando com as Teclas – Toninho Ferragutti e Salomão Soares

Centro Cultural Banco do Brasil – Pátio Interno

14 de outubro, sábado

17h00-18h00 | Vovô Tom Jobim completa 90 anos!, com Sílvia Negrão
Centro Cultural Banco do Brasil – Pátio Interno

15 de outubro, domingo

17h00-18h00 | Domingo com Pink Floyd e sua turma, com  Túlio Mourão e Renato Saldanha (e percussionista)

Centro Cultural Banco do Brasil – Pátio Interno

 


IMG_4541

Que tal renovar a casa com peças lindas, ótimos e ainda ajudar pessoas em tratamento do câncer? Nos dias 06 e 07 deoutubro acontecerá uma edição do Bazar Solidário MMartan em parceria com o Instituto Mário Penna. O bazar terá parte da renda revertida para o Instituto que cuida de milhares de pacientes com câncer.

Nesta edição, o Bazar Solidário da MMartan terá produtos de cama, mesa e banho com aquela qualidade e exclusividade que a gente já sabe. E o melhor: até 50% de desconto e ótimas condições de pagamento! Não dá pra resistir.

Essa é a primeira vez que a marca apoia a causa Mário Penna, instituição filantrópica hospitalar de tratamento do câncer, composto pelos hospitais Luxemburgo e Mário Penna, Casa de Apoio Beatriz Ferraz e Núcleo de Ensino e Pesquisa.

A dica especial do Ameixa pra você é: antecipe suas compras de Natal! Faça bonito com a mãe, madrinha, sogra, presenteando com bom gosto e preço baixo!

Bazar Solidário MMartan em parceria com o Instituto Mário Penna
Dias 06 e 07 de outubro, das 9h às 19h
Local: Colégio Loyola (Entrada pela Rua Josafá Belo, 374 – Cidade Jardim l BH)