IMG_8054

Há pouco mais de um ano, a primeira unidade Carros Burgueria & Grill foi inaugurada no Prado. E 2017 começou com a boa nova, abriu mais uma unidade dessa burgueria que a gente adora! A segunda unidade da Carros Burgueria & Grill fica no Caiçara, e assim como a unidade do Prado, o espaço escolhido foi transformado numa charmosa oficina.

Nesse um ano de funcionamento, algumas mudanças: O cardápio está mais enxuto, o objetivo da mudança foi focar na excelência dos burgers feitos na casa. Ao longo desse ano foi a primeira burgueria de BH a servir rodízio de burgers artesanais e a única a servir rodízio todos os dias da semana (terça a domingo das 18h às 23h30). #ficadica

IMG_8068

 Veloster – pão de ciabatta, linguiça, dois ovos, duas fatias de queijo prato, azeitona, alface, tomate e molho de ervas.

IMG_8073

Lamborghini – pão com gergelim, dois burgues de boi cada um com 180g, um burguer de linguiça com 180g, cheddar cremoso, queijo canastra, queijo prato, bacon barbecue de goiabada cascão, pesto de manjeiricão.

IMG_8083

Sérgio Cavaravelli, proprietário da Carros Burgueria & Grill.

Uma delícia visitar a Carros e ver que a segunda unidade mantém as mesmas características e qualidades que nos conquistaram há um ano, na primeira unidade: burger maravilhoso, ótimo atendimento e ambiente agradável. Muito do sucesso e qualidade, deve-se à participação ativa do Sérgio, proprietário da Carros, em todo processo da burgueria, desde a produção dos burgers artesanais até o atendimento ao cliente. Se você for um curioso gastronômico, não deixe de bater um papo com ele quando for na Carros!


View post on imgur.com

Fotos por Osvaldo Castro

Carros Burgueria & Grill
Caiçara: Rua Agostinho Bretas, 126.
Prado: Rua Rio Negro, 627
Funcionamento: 17h à 0h (de terça a domingo)


patricia-goedert-doçaria-bh

Sucesso no Sul do país, a Patrícia Goedert Doçaria acaba de chegar à capital mineira! A ideia da loja é criar um ambiente para os visitantes como se todo dia fosse um dia de festa. Assim, no meio do salão está sempre montada uma mesa com os cupcakes cardápio, que podem ser montados de acordo com o gosto de cada um. “Após pesquisarmos o mercado belo-horizontino, notamos que não havia nada parecido com a nossa proposta na cidade. Esse estudo do mercado foi primordial para decidirmos trazer uma unidade para cá”, explica Carla Scaldaferi – sócia da filial de BH.

IMG_1196

O diferencial do local passa ainda pelas guloseimas artesanais e com sabores exclusivos, tanto doces quanto salgadas, além de um ambiente com decoração em estilo provençal, com detalhes em branco e rosa, e um charmoso deck para a rua, criando um clima agradável para encontros de amigos, de casais, de família e até reuniões de trabalho. “Outra diferença é que trazemos o conceito de doces inteiros, individuais. E o que vemos muito por aqui as tortas ou bolos de pedaço, no peso”, comenta a sócia.

IMG_1179

O cardápio da casa é saltar aos olhos e satisfazer o paladar. A dica é experimentar o Cupshake de Nutella, um milkshake de Nutella com brigadeiro no fundo, chantilly, cupcake de chocolate coberto com creme belga, creme Paris e Kinder Chocolate. Os cupcakes temáticos de países também são boas opções, como o italiano, um capcake de baunilha, envolto em açúcar cristal, recheado com creme belga, com cobertura de Nutella e topping de Tiramisu, decorado com creme belga e Petit Pois de Tiramisu.

IMG_1202

Patrícia Goedert Doçaria

Em 1999, na cozinha de sua casa, Patrícia começou a confeitar os primeiros bolos e doces para pequenas festas de amigos e parentes. Ali, a Doçaria nasceu. Sem pretensão e sem plano de negócios, mas com um ingrediente que é indispensável na vida: paixão.

Dando sabor a festas de aniversário, festas de formatura, casamentos e comemorações, ela prosperou. Junto com as encomendas, cresceu também a vontade de estar mais perto das pessoas, para que suas criações ficassem mais acessíveis.

Em 2013, o que era sonho virou uma franquia. Após anos de planejamento. Patrícia inaugurou o primeiro café de sua marca. Um espaço que convida o cliente a sair da rotina e entrar em uma experiência única, reunindo o melhor dos seus produtos, cafés e um buffet de cupcakes interativo.

Um ambiente charmoso onde as pessoas experimentam sabores exclusivos e põem a mão na massa, onde as crianças se transformam em confeiteiros e os adultos voltam a ser crianças.


 

Fotos: Osvaldo Castro

 

Patrícia Goedert Doçaria

Local: Rua Guaicuí, 297, loja 10 – Luxemburgo

Horário de funcionamento: das 11h às 23h


festival-japao-em-minas

Desde 2012, Belo Horizonte é palco do Festival do Japão em Minas, o maior evento sobre a cultura japonesa do Estado, e que hoje integra o calendário oficial de eventos da cidade. O evento tem a proposta de divulgar a cultura japonesa e promover o intercâmbio social, cultural e econômico entre esses dois países. Durante três dias, haverá uma programação de palestras, apresentações de artes marciais, atividades culturais, concurso de cosplay, dentre outros. Além de oficinas de ikebana, pipamodelismo, mangá, oshiê e origami, o festival também contará com cursos de culinária no SenacMóvel.

A programação do SenacMóvel contempla cinco oficinas conduzidas pelo orientador de cursos de gastronomia do Senac Adair Candeiras. No dia 17, às 19h, a receita será Cogumelos Frescos no Óleo de Gergelim com Costelinha Marinada no Sakê. No dia 18, estão programados o preparo de Guyosa com Molho Taré, às 17h, e de Shoyo Lamen, às 19h. No último dia também serão preparadas duas receitas: Nitsuk (bovino cozido à japonesa) com Tofu, às 15h, e Tempura de Legumes e Frango e Dorayaki, às 17h. As inscrições para as oficinas serão realizadas no local, com uma hora de antecedência. As vagas são limitadas.

tempura-curso-festival-japao-em-minas

Programação do SenacMóvel

17 de fevereiro: 19h às 20h - Cogumelos Frescos no Óleo de Gergelim com Costelinha Marinada no Sakê

18 de fevereiro: 17h às 18h - Guyosa com Molho Taré

19h às 20h - Shoyo Lamen

19 de fevereiro: 15h às 16h – Nitsuk (bovino cozido à japonesa) com Tofu

17h às 18h - Tempura de Legumes e Frango e Dorayaki

 

Os ingressos para o Festival do Japão em Minas podem ser adquiridos no local, sendo R$ 16 a inteira e R$ 8 a meia-entrada para menores de 12 anos, estudantes e idosos. Informações sobre a ação do Senac nowww.mg.senac.br. Informações sobre o evento no www.festivaldojapaominas.com.br

 


escola-de-culinaria-decisao
Uma das boas surpresas pertinho da minha casa é a Escola de Culinária Decisão Atacarejo! O projeto da rede Decisão Atacarejo oferece diversos cursos em suas três unidades – Centro e Venda Nova, em Belo Horizonte (MG), e Sete Lagoas (MG) - com preços a partir de 20 reais (só eu fiquei maravilhada com esse valor?!).
No final do mês passado fiz uma aula de brownie e bem-casados para conhecer o espaço e adorei. Recomendo tanto para quem quer aprender, como para quem quer empreender na área para ganhar um dinheiro extra. E pensando nessas pessoas que vêem a culinária como uma oportunidade de negócio, uma das novas aula ofertada pela escola, é de marketing, com técnicas de vendas, atendimento, embalagens e como calcular custo e preço final dos produtos doces e salgados.
E olha a dica: No mês de fevereiro, a programação conta com várias aulas com a temática Páscoa, como, por exemplo, ovos de Páscoa para iniciantes, ovinhos surpresa, ovo de Páscoa de colher, ovos recheados e decorados, cupcakes de Páscoa, cones recheados e trufados para a Páscoa, naked cake para a Páscoa, brigadeiro gourmet para Páscoa.
Confira a programação de fevereiro da unidade centro:
aulas-culinaria-decisao01
Sobre a Escola de Culinária Decisão Atacarejo
São três endereços da escola que oferecem cerca 60 cursos por mês, a preços populares, de R$ 20,00 a R$ 80,00. “As aulas são ideais para quem busca uma renda complementar, ser dono do seu próprio negócio ou se especializar na cozinha. Estamos preparados para receber mais de 1.000 alunos por mês”, detalha a diretora de Marketing e RH, Valéria Bax. “Temos dezenas de histórias de transformações de vida impulsionadas e incentivadas pelas aulas da nossa escola”, conta Valéria. Os cursos são uma boa opção para capacitação na cozinha, por amor à gastronomia ou aperfeiçoamento profissional. Além de ensinar as receitas, os professores explicam sobre armazenamento dos alimentos e também dão dicas de precificação para os alunos venderem seus produtos.
O projeto tem 11 anos e tem um canal especial no Youtube (https://www.youtube.com/Decisaoatacadista). No canal, receitas e dicas de cozinha com chefs referência no mercado da Região Metropolitana de Belo Horizonte e professores reconhecidos da escola. Novos vídeos são lançados quinzenalmente.

cluster-bh

O Cluster procura: novas marcas e chefs de BH com o objetivo de dar visibilidade e lançar um olhar curatorial sobre trabalhos independentes de artistas. Estão abertas as inscrições para produtores locais que queriam participar da primeira edição do evento deste ano em Belo Horizonte, que será realizada no dia 12 de março, na Casa Bernardi (rua Conde de Linhares, 308, Cidade Jardim). Interessados devem enviar um e-mail, com o assunto “O Cluster BH”, para o endereço eletrônico cadastro@ocluster.com.br.

O Cluster, que já foi realizado em duas edições na capital mineira, em outubro de 2016 e novembro de 2015, tem-se consolidado na cidade como importante espaço para divulgação da moda, da gastronomia, da música e do design produzidos em solo belo horizontino. Por isso, neste ano, o evento terá três edições. Além da data de 12 de março, O Cluster ocupará a Casa Bernardi nos dias 5 de junho e 8 de outubro.

Para a idealizadora d’O Cluster, Carolina Herszenhut, trazer o evento do Rio de Janeiro para Belo Horizonte foi uma escolha acertada. “A última edição foi uma experiência incrível, pois podemos perceber que Belo Horizonte entendeu exatamente o que fazemos, e a recepção foi exatamente como gostaríamos. O resultado de vendas e público nos fez colocar BH no nosso calendário”, comenta Carolina.

A última edição d’O Cluster, realizada no dia 23 de outubro na Casa Bernardi, foi visitada por 1.2000 pessoas e movimentou R$ 150 mil em apenas oito horas. Além disso, foram vendidas 2 mil cervejas e sete DJS ficaram por conta do set list que animou o público o evento inteiro. No total, participaram da segunda edição d’O Cluster 25 produtores independentes de Belo Horizonte e do Rio de Janeiro, que apresentaram ao público marcas de moda de roupas femininas, sapatos, bijuterias e joias, e também marcas gastronômicas de comidas veganas e vegetarianas, sobremesas e bebidas.

A designer Luisa Jordá, que se apresentou na última edição do evento com o pré-lançamento da sua marca de sapatos veganos, o Estúdio NHNH, também ficou muito satisfeita com o saldo d’O Cluster. “Foi uma feira com um público interessante e muito gostosa de se frequentar. Gostei especialmente da gastronomia, que tem tudo a ver com a minha marca: em todas as barraquinhas havia opções de comida vegana e vegetariana, como sorvete e hambúrgueres veganos”, analisa.

Sobre o Cluster

Sucesso no Rio de Janeiro desde 2012 – ano em que foi criado, o evento propõe seguir na contramão do consumo desenfreado, procurando abrir espaço para o novo, possibilitando uma integração multicultural, de diversas áreas. Um convite ao inédito, ao inusitado e ao surpreendente, os eventos O Cluster recebem criações de novos estilistas, deliciosos e exclusivos pratos preparados por chef´s de cozinha, feiras de vinis, além de intervenções e performances artísticas. O Cluster se consolidou como um espaço onde é possível encontrar o que há de mais novo na moda carioca, se posicionando como um evento onde todas as experimentações são permitidas e fazendo essa ponte entre os criadores e o público. Em 3 anos, reuniu em 17 edições mais de 50.000 pessoas ávidas por novidades, registrando em média um público de 4.000 pessoas por edição envolvendo aproximadamente 50 marcas e mais de 100 pessoas trabalhando indiretamente.