Captura de Tela 2016-05-16 às 16.05.45

Milhões de toneladas de roupas são desperdiçadas todos os anos no mundo. É matéria-prima e muito trabalho envolvido que vai para o lixo, sendo que a maior parte das peças ainda está em perfeita condição de reuso. É hora de passar para frente as roupas que já compartilharam tantos momentos conosco, mas já não têm mais lugar em nossas vidas – e armários. Desapegue! Dê a chance de uma outra pessoa se apaixonar por suas roupas.

A #MaisAmorMenosRoupa é um movimento de conscientização para o consumo colaborativo das nossas roupas. Ele foi idealizado e organizado pelo Trocaria, em parceria com algumas das marcas e designers mais sustentáveis e bacanas do Brasil.

Através de uma coleção compartilhada de roupas, você une estilo a um boa causa. Porque quem ama, compartilha. <3

Amei a ideia, fica a dica para você passar por lá, entender como funciona e participar também!

Captura de Tela 2016-05-16 às 16.09.09


 

capa-tropix-céu

A capa de Tropix, disco mais recente da Céu, (AMO essa capa, diga-se de passagem!) é um convite a uma deliciosa viagem musical embalada por ela. Uma volta à disco dos anos 70, uma passadinha nos anos 80 e até um flerte com trip hop dos anos 90…tudo bem misturado e cheio de referências brasileiríssimas como nos trabalhos anteriores da Céu. Recomendo o disco INTEIRO!

CÉU PARA FARM

Talentosa como é, Céu acaba de colocar seus talentos artísticos também a serviço da moda e amanhã (10.05) lança sua coleção Velvet Caju para Farm. Ela contou para o blog da marca que a coleção vem carregada de memórias afetivas. São 60 peças, inspiradas nas referências artísticas da cantora, como Jacob do bandolim, Mestre Vieira, Luiz Melodia e Chiquinha Gonzaga, que foram retratados em silks exclusivos desenhados pela própria cantora.

FARM-Ceu-01

FARM-Ceu-02

FARM-Ceu-03

“Enquanto a Velvet nascia, eu estava curtindo sons mais ‘duros’, mais máquina, mais sintetizadores, mas sem nunca deixar de lado o que é da minha alma, que são as referencias tropicais. Rock, post punk, glam, krout rock, mas com samba, maxixe, xaxado…”

CÉU EM BH

E os fãs da Céu de BH tem motivo a mais para comemorar: no dia 26 de Maio, a cantora se apresenta no Sesc Palladium.

Show Céu – lançamento do CD Tropix
Data: 26/5
Horário: 21h
Local: Grande Teatro do Sesc Palladium (rua Rio de Janeiro, 1046, Centro)
Entrada: de R$30 a R$40
Informações: (31) 3270-8100


O inverno começa, oficialmente, no dia 20 de junho, mas o frio parece ter se antecipado aqui em Belo Horizonte e em lugares como São Paulo, Florianópolis, Porto Alegre etc. Com a chegada desse clima delicioso em que a maioria do povo da moda prefere, eu lembrei de algumas peças indispensáveis para o guarda-roupas de um homem.

9445795028616473df6016f1a76ee761

1. Cachecol

Um cachecol serve para ser um acessório de estilo e pode também ser utilizado de várias formas. No inverno ele é usado no pescoço para proteger o frio. Existem pequenos, grandes, lisos, com texturas, com estampas, enfim…São vários e vários modelos para todos os gostos. Quando eu morava em Floripa não passava um inverno sequer sem meu cachecol. Além de ser quentinho (na maioria dos modelos disponíveis) é bem estiloso né, pessoal?!

4

2. Gorro

O gorro (ou touca, como queiram) é uma peça muito versátil, podendo ser combinado até em peças sociais. Acho que ele traz uma descontração ao look e pode servir muitas vezes como ponto de cor.

2

3. Bota

Eu já falei aqui sobre as peças necessárias do armário de um homem e volto a destacar que neste frio, uma bota vem muito a calhar. Segura, uma peça robusta que acompanha um look com mais sobreposições e também os mais básicos. Além de proteger os pés do frio é um item muito estiloso, seja lá qual modelo ela for.

3

4. Parka

Jaquetas são lindas. Mas as parkas tem um lugar no meu coração. Geralmente são caracterizadas por ter um comprimento maior do que uma jaqueta normal (passando da cintura) e por ser feitas de sarja, na maioria das vezes. A maioria são encontradas em cores escuras, tons terrosos e militares, mas eu estou apaixonado por esta amarela da foto abaixo.

Estilosas, protegem do frio, e, como no caso abaixo, também podem ser utilizadas como ponto de cor. São como jeans, dificilmente você vai lavar uma peça dessas. Se você não gosta de carregar peso, nem invista numa peça dessas, pois é uma das mais pesadas que eu tenho, porém uma das mais funcionais. Bolsos para todos os lados, protegem do frio e são lindas. No fundo vale à pena, haha.

1

Célio Alves tem 23 anos, é fotógrafo de moda e retrato. Cinéfilo, ama tecnologia, sushi, pipoca e Heineken. Ah, e escreve aqui no Ameixa sobre moda masculina, é claro!

 


12967269_972388282856817_3992279743339563734_o

A terceira edição da Feira Itinerante Amostra (FIA da mamãe) acontece no próximo sábado, dia 16, no bairro São Pedro! O projeto tem como objetivo circular por BH e região metropolitana em diferentes locais, promovendo o comércio das marcas e produtos que nem sempre são conhecidos pelo grande público. Dá uma olhada na quantidade de marcas participantes!

 

Captura de Tela 2016-04-12 às 20.31.59Captura de Tela 2016-04-12 às 20.32.53

 

 

Saiba tudo sobre as marcas e seus produtos no site da FIA!

E uma novidade que eu adorei: Além do evento que acontecerá no dia 16, o público também poderá entrar em contato com os expositores através da vitrine virtual que ficará disponível permanentemente pelo site: http://feiraamostra.wix.com/fiabh

FIA – Feira Itinerante Amostra

Ilha Major 

Rua Major Lopes, 760 – São Pedro

Sábado, dia 16 de Abril

De 11h às 20h


unspecified-1

A primeira edição mineira da Retoke - projeto de moda itinerante sucesso no Rio de Janeiro e que teve três edições em Belo Horizonte ano passado – acontece nesse final de semana, dias 02 e 03 de abril (sábado e domingo), das 10h às 18h30, no Mercado Distrital do Cruzeiro (Rua Opala, s/n, Bairro Cruzeiro).

unspecified-3

Nesta edição, haverá a Campanha do Selo Rosa, com peças entre R$9 e R$49. Além disso, haverá o lançamento da Coleção Outono/Inverno 2016.

De acordo com uma das organizadoras, Marina Carneiro, o objetivo do projeto é abrir as portas para estilistas, artesãos e empreendedores mostrarem seus talentos e fortalecerem suas marcas no mercado. Moda, gastronomia arte e artesanato são os destaques da Retoke, que já contabiliza cerca de mil marcas nas cidades em que acontece.

 

unspecified-2Fotos: Daniel de Moura

 

 

Serviço:

Retoke BH 2016
Datas: 02 e 03 de Abril (sábado e domingo)
Horário: 10h às 18h30
Local: Mercado Distrital do Cruzeiro – Rua Opala, s/n, Cruzeiro, Belo Horizonte, MG
Entrada franca