mostra-almodovar-sesc-palladium-bh

mostra El Deseo – O apaixonante cinema de Pedro Almodóvar  de que já passou pelo Rio de Janeiro, Curitiba e Brasília, chega em Belo Horizonte no próximo dia 1º, no Cine Sesc Palladium.

A curadoria tem à frente a pesquisadora Silvia Oroz, especialista na obra do cineasta e em seu gênero preferido, o melodrama. O jornalista Breno Lira Gomes é parceiro na curadoria. A entrada para as sessões é gratuita, com retirada de ingressos 30 minutos antes. O espaço está sujeito a lotação.

Além dos filmes, será realizada uma master class, com a curadora Silvia Oroz, no dia 16 de março, às 20h, com o tema Pedro Almodóvar e o melodrama. Mais informações aqui. E no dia 18, às 20h, após a exibição do documentário Tudo Sobre o Desejo – O Apaixonante Cinema de Pedro Almodóvar, o curador Breno Lira Gomes, a pesquisadora Rita Ribeiro e o jornalista Luiz Cabral Inácio participam do debate O Cinema de Pedro Almodóvar.

SERVIÇO

1º de março a 17 de abril, no Cine Sesc Palladium.

Rua Tupinambas, 956 – Centro

Programação e sinopse dos filmes, clique aqui.


d0b51785-46e8-4d37-8585-53f21c9e09dc

Nem só de bolo e valsa se faz uma festa de debutante. A Mostra Permanente de Cinema Curta Circuito completa 15 anos em 2016 e prepara várias surpresas. Começando pela direção, que agora é assinada por Daniela Fernandes, da Le Petit Comunicação Visual e Editorial. O resto da equipe também está de cara nova e é composta predominantemente por mulheres.

Destaque para os novos parceiros, como a ilustradora Anna Cunha, que desenhou personagens especialmente para a mostra, representando a memória emotiva e o cinema de afeto, tema deste ano. As ilustrações ganharam vida com a ajuda de modelos – caracterizadas como os personagens – e do figurino, cópia fiel dos desenhos, criado pela estilista Amanda Monteiro. A make ficou por conta da super maquiadora Andrea Alencar.

O resultado estará na vinheta da mostra, que foi filmada Casa Ateliê, pela produtora de vídeo Par Filmes em parceria com a Val Wander Fotografias. A primeira sessão do Curta Circuito 2016 é no dia 21 de março.

Untitled design (31)

Sobre a Mostra

O Curta Circuito – Mostra de Cinema Permanente completa 15 anos de exibições este ano e é uma das referências em Minas e no Brasil como ação de formação qualificada de público, espaço de reflexão, debates sobre a cultura audiovisual e todos os aspectos que a envolvem, sejam técnicos, narrativos, estéticos, culturais e políticos.

Procuramos garantir a exibição regular de filmes exclusivamente brasileiros, de qualquer ano, sempre com entrada franca, resgatando obras importantes da filmografia brasileira em Belo Horizonte.

Nossa “casa”, o Cine Humberto Mauro, é hoje uma das melhores salas de projeção de BH, atuando com exibições nos formatos de 35 mm, 16mm, digital e DCP. São 129 lugares de um charmoso cinema de arte situado no principal complexo cultural da cidade e atualmente único cinema que exibe em película na cidade.

Além das exibições, o Curta Circuito se preocupa com a memória e preservação do cinema brasileiro. Dessa forma, há alguns anos começamos um trabalho em parceria com a Cinemateca do MAM RJ de restauro de filmes que estavam se perdendo (ganhamos Mention do D’Hounner em Milão em 2013 pela restauração do filme Tostao a fera de Ouro da decada de 70). Fizemos copias de difusão das obras de Aloysio Raulino, Joao Batista de Andrade e Leon Hirszman. Publicamos livretos com informações dos filmes exibidos, críticas, fotos e cartazes, num intuito de formar um material para consulta e acervo. Além das cópias físicas, possuímos as digitais em nosso site e você pode conferir acessando: www.curtacircuito.com.br/publicacoes

 

Por Bárbara Prado, amiga do Ameixa e integrante da equipe Curta Circuito. Babee, o Ameixa está sempre aberto para você trazer novidades desse projeto tão bacana! <3


27a

 

Começa amanhã (03.09) mais uma edição do INDIE Festival! Durante o festival serão exibidos 65 filmes, de 21 países diferentes, divididos em: Mostra Mundial, Indie Brasil, As Invenções de Jairo Ferreira, Clássica, Retrospectiva Kira Muratova e Retrospectiva Sharunas Barta. PARA VER A PROGRAMAÇÃO COMPLETA, CLIQUE AQUI!

 

A REBELDIA DOS 15

O INDIE Festival completa seus 15 anos de idade aqui e agora. E talvez, seja ainda um pequeno rebelde. Sempre em busca de reflexões sobre o cinema independente. Sem querer corresponder a nenhuma lógica externa de mercado ou à regras que determinem seu formato e escolhas, chegamos em um momento crucial de mudanças.

Para comemorar este momento, serão exibidos 65 filmes, de 21 países, com entrada franca em todas as sessões.

Queremos voltar no tempo com as retrospectivas e avançar para além do contemporâneo, ao mesmo tempo. Queremos ver nosso público instigado. Desejamos que o menino de 18 anos que veio ao primeiro INDIE em 2001, pela primeira vez em Belo Horizonte, retorne, física ou mentalmente, ao INDIE hoje com seus 33 anos. E que este menino seja um homem com um olhar crítico para o cinema como um todo. Queremos que o cinema seja uma escola livre para o pensamento crítico. Queremos que algo de fato aconteça.

(Francesca Azzi, Diretora do INDIE Festival)

 

INFORMAÇÕES
SITE www.indiefestival.com.br
TWITTER @indiefestival
FACEBOOK facebook.com/indiefilmfestival

CINEMAS

CINE BELAS ARTES CINEMA (Sala 1: 138 lugares | Sala 2: 123 lugares | Sala 3: 76 lugares)
Rua Gonçalves Dias, 1.581 | Funcionários

CINE HUMBERTO MAURO (129 lugares)
Av. Afonso Pena, 1.537 | Centro

CINE SESC PALLADIUM (Sala Professor José Tavares de Barros: 82 lugares)
Av. Augusto de Lima, 420 | Centro

 


mostra-do-filme-livre-bh

 

A abertura da maior mostra de cinema independente do Brasil, a Mostra do Filme Livre, MFL, será nesta segunda-feira, dia 01 de junho, às 19 horas, no CCBB-BH (Praça da Liberdade, 450 – Funcionários – BH), com a exibição do longa-metragem “O Tempo não existe no lugar em que estamos”, do diretor paraibano (e radicado em BH/SP) Dellani Lima. O evento, que traz em sua programação mais de 200 filmes independentes de todos os formatos, gêneros e durações, pode ser conferido de 3 a 22 de junho, no CCBB-BHTodas as sessões são gratuitas.

A mostra exibe filmes de várias partes do País, sendo que muitos deles (por serem radicais/exóticos demais) terão a MFL como sua única exibidora. O evento acontece de forma integral pela 1ª vez na capital mineira e na edição 2015 percorreu outras três capitais – Rio de Janeiro (em março); Brasília (em abril) e São Paulo (em maio). Mais de 10 mil pessoas até o momento participaram do evento. Todas as sessões da Mostra são gratuitas e a programação pode ser conferida na íntegra em www.mostralivre.com.

Sobre “O tempo não é o lugar em que estamos” – O longa de Dellani Lima traz no elenco André Gatti, Ana Paula Condé, Julieta Dobbin, Rodrigo Lacerda Jr, Rodolfo Andrade e Carmélia Viana. O filme conta a história de Aldo, ex-repórter fotográfico, que é demitido da universidade onde leciona bem perto de se aposentar. Sem perspectivas de emprego, decide vender seus antigos instrumentos de trabalho, além de outros objetos de seu escritório e queimar parte de seu acervo de fotos. A partir daí, uma série de acontecimentos imprevisíveis mudam sua vida. Um filme sobre o tempo e suas memórias. Confira o trailer aqui!

SERVIÇO

14ª Mostra do Filme Livre em BH – MFL 2015

Sessão de abertura da MFL em BH

Exibição do longa “O Tempo não existe no lugar em que estamos”, de Dellani Lima

Data: 01 de junho

Horário: 19 horas

Local: CCBB-BH (Teatro II)

Endereço: Praça da Liberdade, 450 – Funcionários – Belo Horizonte – MG

 

Entrada franca, com distribuição dos ingressos meia hora antes da sessão.

Programação completa: www.mostralivre.com

 


As edições de dezembro do BAU {bazar de arte e utilidades} tem uma programação especial.  Nos dias 08, 15 e 22 de dezembro acontecem sessões gratuitas de curtas-metragem no Cine 104. Para a edição deste domingo (08), foi feita uma seleção de curtas franceses e alemães com o apoio da Cinemateca da Embaixada da França e da da German Films – centro nacional de promoção de filmes alemães – e da AG Kurzfilm – associação alemã de curtas. Haverá também apresentação de curtas mineiros realizados em 2012 através do edital Ofícios em Belo Horizonte que registram atividades especializadas de trabalho ou meios de vida relacionadas à identidade de grupos sociais e articulados com o espaço da capital.

Curtas_no_BAU

BAU {bazar de arte e utilidades} é um evento de negócios autônomos e criativos que oferece  atividades que transitam entre design, moda, artesanato, gastronomia e música. A ideia da mostra é aproximar o público do universo dos curta-metragens.

:: Domingo, 08 de dezembro
Sessões às 12h, 13, 14h e 15h
Entrada gratuita com retirada de ingressos a partir das 11h
CentoeQuatro | Praça Ruy Barbosa, 104 | (31) 3222.6457
www.centoequatro.org | www.facebook.com/centoequatro