bowie

A mostra Cinema e Rock’n Roll volta ao Cine Humberto Mauro de hoje (27.03) a 9 de abril. São 14 dias de exibições com filmes cujas temáticas permeiam o universo musical, cultural e estético de diferentes gerações do rock.

Com a curadoria de Bruno Hilário e Philipe Ratton, a mostra exibe documentários como O lixo e a fúria, de Julien Temple, retratando a história dos Sex Pistols e do movimento punk na Inglaterra dos anos 70. Além disso, estão na programação docshows como Um filme sobre Jimi Hendrix, de Joe Boyd e Ziggy Stardust and the Spiders from Mars, de D.A. Pennebaker, sobre David Bowie.

Alguns dos filmes da mostra escolhem um caminho diferente: apropriam-se da música para criar uma narrativa ficcional, como é o caso de Tommy, de Ken Russell, baseado no disco homônimo da banda britânica The Who. Todas as sessões são gratuitas.

Cinema e Rock’n Roll – III

De 27 de Março, Sexta a 09 de Abril, Quinta

Local: Cine Humberto Mauro | Palácio das Artes - Avenida Afonso Pena, 1537 

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA 

SINOPES DE TODOS OS FILMES


bastille + foster the people25 de março

Para entrar no clima dessa semana cheia de shows em BH, preparamos uma playlist com as músicas que estamos ansiosas para ouvir ao vivo. Clique aqui e ouça agora!

 

Serviço

25/03 – Bastille + Foster The People | 21h30

26/03 – Robert Plant and The Sensational Space Shifters + St. Vincent | 21hh20

27/03 – Skrillex + Major Lazer + Dillon Francis | 22h

Local: Chevrolet Hall – Avenida Nossa Senhora do Carmo, 230 – São Pedro

Venda de ingressos: www.ticketsforfun.com.br 

Mais informações: www.chevrolethallbh.com.br

 


la-femme-qui-roule-festival-bh

A moda vive um flerte eterno com o mundo da música indie, produzindo tendências e parcerias icônicas. Não é para menos, o estilo urbano e contemporâneo com certo ar retrô sempre rende imagens lindas e fortes, como as do livro “Rock Diary” de Heide Slimane, que fotografou nomes como Amy Winehouse e Frances Bean Cobain. Entusiasta do estilo, o diretor criativo da Saint Laurent até escalou Kim Gordon (ex vocalista do Sonic Youth) para a última campanha da grife francesa.

kim-gordon

Quem quiser conferir o estilo de perto, poderá fazer no próximo fim de semana durante o Femme Qui Roule Festival, evento que reúne diversas atrações musicais no Teatro Galpão.

Entre elas, algumas garotas bastante estilosas como a mineira Jennifer Souza e paulistana Chris Marttins, que além de ser diretora d’Aassessoria e também integrante da banda Teach Me Tiger.

Vocalista da Baleia, banda que se apresenta no segundo dia do festival, Sofia Vaz é a única menina no meio de cinco garotos. “Tento dar um toque neles, tipo ‘galera, vamos dar uma pensada no visual’, mas não tem como uniformizar, cada um tem seu estilo”.

Sobre o festival

O selo musical La Femme Qui Roule promove nos dias 27 e 28 de fevereiro uma série de shows no Galpão Cine Horto, em Belo Horizonte.  É a primeira edição do evento, criado para incentivar as boas e novas apostas da música independente.

Das seis bandas convidadas duas fazem apresentações inéditas e lançam com exclusividade no festival seus novos discos. Invisível, a segunda banda de André Travassos, do Câmera, faz show de estreia do álbum “Yours Truly”, dia 27. No dia seguinte, Leonardo Marques apresenta “Curvas, lados, linhas tortas, sujas e discretas”, seu mais recente trabalho.

Outra atração especial chega direto do Rio de Janeiro: Baleia se apresenta pela primeira vez na cidade. A banda, aclamada no Rio, faz um som pop experimental que já conquistou não só público, mas críticos da cena musical brasileira.

O line up conta ainda com o rock do The Junkie Dogs, o indie eletrônico do Teach Me Tiger e o neo mpb sedutor da cantora Jennifer Souza.

A curadoria ficou a cargo do belga Yannick Falisse, em conjunto com o músico e produtor Leonardo Marques, que juntos dirigem o selo LFQR. “O projeto surgiu de forma natural, primeiro para apresentar ao vivo os artistas do selo, depois a ideia se expandiu e conseguimos um mix de bandas modernas e de estilos diferentes ”, explica Marques. “Promover esse intercâmbio é de uma riqueza cultural enorme. Na próxima edição, quem sabe dá para trazer novos artistas do meu país para cá?”, planeja Yannick.

Durante o festival, um bar funcionará no local. E entre as bandas, DJs convidados comandam o som.

Sobre o La Femme Qui Roule

Selo independente belga-brasileiro criado por Leonardo Marques, músico e produtor brasileiro, com Yannick Falisse, designer belga, o La Femme Qui Roule preza pela mistura conceitual de música e design. O nome – La Femme Qui Roule (“a mulher que rola”, em francês, língua mãe do Yannick) – é uma homenagem à Serra da Rola Moça, patrimônio natural de Minas Gerais, em cujo entorno está Casa Branca, povoado onde o selo foi criado.

 

Serviço

27 e 28 de fevereiro de 2015, de 20h à 00h.

Galpão Cine Horto. Rua Pitangui, 3613 – Horto, Belo Horizonte, MG.

Line up 27/02: Invisível | Teach Me Tiger | The Junkie Dogs

Line up 28/02: Leonardo Marques | Jennifer Souza | Baleia

Entrada: gratuita, mediante retirada de convites no local e limitado à lotação da casa (280 pessoas).

 

www.lafemmequiroule.com

www.facebook.com/lafemmequiroule

www.instagram.com/lafemmequiroule