Para colocar um pouco de música latina, o Planeta Brasil aposta na Orquestra Atípica de Lhamas. Com este nome divertido e tocando cumbia, um ritmo pouco conhecido no Brasil mas extremamente dançante. É da Orquestra Atípica de Lhamas o nosso Cara Crachá.

A Orquestra Atípia de Lhamas é mineira. Sim, vc leu corretamente. Apesar do ritmo latino, este grupo talentoso é mineiro. Isto torna a orquestra ainda mais curiosa. São 19 integrantes na orquestra incluindo as vozes de Claudia Manzo (CH/BH), Carlos Bolívia (BO/BH) e Laura Lopes (BH).  É uma banda derivada do bloco de carnaval de Belo Horizonte “Como Te Lhama?”, ambos criados em 2017. Para este ano estão trabalhando na música autoral “Como Te Lhama?”, hino do bloco, e prometem para 2018 vídeos, desfile no carnaval e outros lançamentos.

Orquesta Atípica de Lhama-divulgacao-festivalplanetabrasil

Sobre a Cumbia, é um ritmo originalmente colombiano com grande aceitabilidade nos países latinos de língua castelhana. É um ritmo muito “caliente” que ninguém consegue ficar parado.

Eles se apresentaram na abertura do festival Verão Arte Contemporânea, onde eu estava presente. Senti de perto a potência da banda e das vozes. Na primeira música já não conseguia ficar parado. Imaginem no Planeta Brasil? Mais um motivo para estarmos ansiosos.

Peu Cardoso (teclados); Rodrigo “Boi” Magalhães (baixo); Carlos Bolívia e Gustavo Dialva (voz, guitarra e percussão); Chaya Vazquez, Claudia Manzo e Laura Lopes (voz e percussão); Ygor Rajão e Marcelo Pereira (sopros); Alcione Oliveira, Fernando "Feijão", Lucas Buzatti, Nara Torres, Pedro Thiago, Poliana Tuchia e Tamás Bodolay (percussão); Rafael Protzner (direção cênica); Nancy Mora Castro (direção de arte); Renata Andrade Chamilet (produção)
Peu Cardoso (teclados); Rodrigo “Boi” Magalhães
(baixo); Carlos Bolívia e Gustavo Dialva (voz, guitarra e percussão); Chaya Vazquez,
Claudia Manzo e Laura Lopes (voz e percussão); Ygor Rajão e Marcelo Pereira (sopros);
Alcione Oliveira, Fernando “Feijão”, Lucas Buzatti, Nara Torres, Pedro Thiago, Poliana
Tuchia e Tamás Bodolay (percussão); Rafael Protzner (direção cênica); Nancy Mora
Castro (direção de arte); Renata Andrade Chamilet (produção)

Vejam um pouco da Orquestra Atípica de Lhamas e preparem-se para o Planeta Brasil

Para o carnaval, o Bloco “Como Te Lhama?” sairá no dia 6 de fevereiro. Mais informações nas suas redes socais.

7º Planeta Brasil

A experiência desta edição será ainda maior e melhor, com mais música, mais diversidade, mais arte. Em seu line-up nomes como, Phoenix, Soja, O Rappa (último show em Belo Horizonte), Vintage Culture, Anavitória, Gabriel, o Pensador (25 anos de carreira), além de encontros inéditos entre Criolo e Mano Brow; Gabriel Elias e Mariana Nolasco; Oriente e Iza; Maneva e Tati Portella. Serão cinco palcos (Norte, Sul, HowDeep Stage, Locals Only Stage, Palco Exclusivo Camarote Land Spirit), mais de 30 atrações nacionais e internacionais, 40 mil m², food market, lounges e espaço de arte. Para compra de ingressos estão disponíveis três setores: Pista, Pista Premium e Camarote Land Spirit Open Bar Premium. As vendas são pelo site www.sympla.com/planetabrasil.

Outras informações pelo www.instagram.com/festivalplanetabrasil.

Serviço:

7ª edição Festival Planeta Brasil – Belo Horizonte / MG; 7º Planeta Brasil

A experiência desta edição será ainda maior e melhor, com mais música, mais diversidade, mais arte. Em seu line-up nomes como, Phoenix, Soja, O Rappa (último show em Belo Horizonte), Vintage Culture, Anavitória, Gabriel, o Pensador (25 anos de carreira), além de encontros inéditos entre Criolo e Mano Brow;

Dia 27 de janeiro, Esplanada do Mineirão (Portão Sul);

5 palcos, +30 atrações nacionais e internacionais, 40 mil m², Food Market;

Ingressos a partir de R$120

www.sympla.com/planetabrasil


Fim da espera. Saiu o line-up completo do Festival Planeta Brasil 2018, no dia 27/01/2018 no Mineirão em Belo Horizonte.

São eles: Phoenix, O Rappa, Soja, Vintage Culture, Anavitória, 1kilo, Gabriel, o Pensador (25 anos de carreira), Mayer Hawthorner, The Beautiful Girls, Zimun,  Graveola e O Lixo Polifônico, DV Tribo, Orquestra Atípica de Lhamas, Quarto Amado & Mais Dub Por Favor.

E mais, garantindo um diferencial no festival, a 7ª edição promove encontros inusitados como: Criolo e Mano Brow, Gabriel Elias e Mariana Nolasco, Oriente e Iza, Maneva e Tati Portella, Lagum e Gabriel Gonti.

Na arena eletrônica terá Cat Dealers, Chapeleiro, Ftampa, Devochka,  Manima, KVSH, Dirty Loud, Lothief, Ricci, Guido.

Vai perder?

Serviço:
7ª edição Festival Planeta Brasil – Belo Horizonte / MG;
Dia 27 de janeiro, Esplanada do Mineirão (Portão Sul);
5 palcos, +30 atrações nacionais e internacionais, 40 mil m², Food Market;
Vendas 1º lote – 16/11
Ingressos a partir de R$120
www.sympla.com/planetabrasil
Espaços:
- Pista
Acesso ao evento / Acesso aos palcos do evento / Classificação 16 anos;
- Pista Premium Open Bar
Cerveja, Vodka, Água, Refri, Suco e Citrus / Acesso à frente de palco nos Palcos Norte, Sul e HowDeep Stage / Entrada permitida apenas para maiores de 18 anos;
- Camarote Land Spirit Open Bar Premium
Whisky, Gin, Vodka Premium, Cerveja, Refri, Citrus, Suco, Água / Palco Exclusivo no Camarote / Pocket Show e Djs surpresa nos intervalos dos shows/ Espaço Exclusivo no Palco Norte e Palco Sul / Área Coberta / Entrada diferenciada / Lounges exclusivos / Acesso à pista / Classificação 18 anos.

Planeta-Brasil-2018-divulgacao