espumantecasaperini

WAWWJ elegeu os 10 melhores vinhos do mundo e espumante brasileiro ficou em 5º lugar.

A Associação Mundial de Jornalistas e Escritores de Vinhos e Licores (WAWWJ) publicou a lista dos 10 melhores vinhos mundiais elaborada com base em concursos de bebidas disputados no mundo inteiro em 2016. A pontuação leva em conta a importância dos concursos e a colocação de cada rótulo nessas competições.

O vinho australiano Taylors Jaraman Shiraz 2014 encabeça do ranking dos melhores. E não foi só isso, a Austrália conseguiu emplacar quadro rótulos entre os melhores. O espumante brasileiro Casa Perini Moscatel, da vinícola Perini (RS), foi eleito o quinto melhor vinho do mundo. O espumante é vendido pelo preço sugerido de R$ 43,50. No ranking de melhores países produtores de vinho, o Brasil ficou em 12ºm atrás da Argentina, Chile, Portugal e África do Sul.

Veja o ranking completo:

1 – Taylors Jaraman Shiraz 2014 (Austrália)
2 – Taylors St Andrews Clare Valley 2013 (Austrália)
3 – Noe Pedro Ximenez Vors (Espanha)
4 – Taylors St Andrews Single Vineyard Release Shiraz Clare Valley 2014 (Austrália)
5 – Casa Perini Moscatel (Brasil)
6 – Beronia Rioja Reserva 2011 (Espanha)
7 – Los Noques Finca Don Juan 2013 ( Argentina)
8 – Matusalem Oloroso Dulce Muy Viejo VORS ( Espanha)
9 – Taylors Shiraz Clare Valley 2015 (Austrália)
10 – Beviam Gran Reserva Cabernet Sauvignon 2012 (Chile)

Dicas de Harmonização

vinhos

Aproveitando a ocasião, o Ameixa Japonesa dá algumas dicas de harmonização para você impressionar no próximo jantar entre amigos!

Pratos ácidos: Sirva um vinho que, no mínimo, seja igualmente ácido. Evite vinhos tintos, exceção aos naturalmente mais ácidos (Sangiovese, Barbera, Pinot Noir, Gamay). Não descarte os rosados nem os espumantes como opções.

Pratos levemente doces: Tenha certeza de que o vinho possua a mesma personalidade do prato servido, como um Chenin Blanc ou Riesling. Se você realmente quiser um vinho seco, utilize um jovem com muita fruta madura.

Pratos Salgados: Escolha um vinho com baixo teor alcoólico, já que o calor é ampliado pelo sal. Combine com vinhos que tenham uma leve doçura. Evite vinhos com muito carvalho ou tanino.

Pratos apimentados ou com especiarias: Quanto mais especiarias na comida, mais difícil será a harmonização. Escolha um vinho jovem, com baixo teor alcoólico, sem ou com o mínimo de carvalho e, se possível, com algum açúcar residual (para brancos e rosados). Dê preferência aos vinhos brancos e rosados meio-secos, espumantes também combinam bem. Quando os pratos forem muito apimentados como os preparados com chilli, os tailandeses, indianos ou coreanos, opte por cerveja ou bebidas à base de iogurte e sirva grande quantidade de arroz branco.

Pratos com molhos e condimentos fortes: Esqueça o ingrediente principal e harmonize o vinho com o molho ou com os condimentos.

Fonte: Livro Comida e Vinho – Harmonização Essencial, de José Ivan Santos e José Maria Santana, Editora Senac (SP)

E já que estamos dando o serviço completo, nada melhor que um Top 10 músicas para escutar enquanto apreciamos um bom vinho.


A Wines of Argentina, entidade responsável pela imagem do vinho argentino, escolheu o data de 17 de abril para celebrar o Dia Mundial do Malbec. Para a alegria de nós, belorizontinos, o Cabernet Butiquim decidiu ampliar as comemorações! Até o final deste mês, o Cabernet Butiquim promove uma programação inteiramente dedicada ao Malbec, com uma seleção de pratos e petiscos especialmente desenvolvidos para harmonizações com a uva e uma seleção de rótulos comercializados na casa, para consumo em garrafas e taças individuais.

Foram selecionados ao todo 15 rótulos de vinhos Malbec, que vão desde bebidas mais simples até às mais sofisticadas, entre rosés e tintos. Os vinhos serão disponibilizados ao público tanto em garrafas quanto em taças, permitindo, assim, que os clientes possam degustar e conhecer variados estilos e produtores do vinho Malbec em uma visita ao Cabernet Butiquim. 5 dos rótulos estarão disponíveis diariamente em taça, 1 rosé e 4 tintos. Entre os vinhos selecionados há um inusitado: um Malbec chileno.

Para a preparação dos petiscos, a chef do Cabernet Butiquim, Janaína Batista Barrozo buscou na culinária argentina outros símbolos do paladar do país portenho, como ojo de bife, um corte de carne típico, que se caracteriza por ser muito tenro, a moela, a salsa criolla e o tempero chimichurri, que não poderia ficar de fora. Complementando a experiência, o cardápio ainda apresenta outra forte referência da culinária argentina, desta vez um doce: churros recheados com o autêntico dulce de leche. Recomendo todos os petiscos que estão participando dessa “temporada malbec”, são maravilhosos!

CABERNET-BUTIQUIM-AMEIXA-01

CABERNET-BUTIQUIM-AMEIXA-04
Terrine de fígado de aves com conserva de jiló

CABERNET-BUTIQUIM-AMEIXA-07

CABERNET-BUTIQUIM-AMEIXA-10

Ojo de bife, salsa criolla, batatas rústicas e chimichurri

 



 

FOTOS: OSVALDO CASTRO

 

Cabernet Butiquim

Bar e loja de vinhos

Endereço: rua Levindo Lopes, 12/22 – Savassi – Belo Horizonte – MG

Horário de funcionamento: terça a sábado, de 11h30 à meia-noite, e domingo, de 11h30 às 16h

Informações: (31) 3889-8799

Facebook | Instagram


casa-rio-verde

Que tal começar o ano aprofundando seus conhecimentos sobre o vinho, bebida cada vez mais popular na mesa dos brasileiros? A Escola de Vinhos da Casa Rio Verde abriu inscrições para três edições do curso “Iniciação ao Mundo do Vinho”, em janeiro.

Duas edições acontecem durante a semana: de 23 a 25/jan e de 30/jan a 1/fev. São três horas de aula/dia, totalizando nove horas de curso. Para quem prefere fazer o curso no final de semana, haverá uma turma no sábado, dia 28 janeiro, também com 9 horas de duração.

O curso abrange informações teóricas como tipos de uva, regiões produtoras, dicas de harmonização. Na parte prática, são degustados 12 rótulos, cada um de um estilo de vinho. As aulas acontecem na sala de treinamento da loja da Praça Marília de Dirceu, 104, bairro de Lourdes.

A novidade é que agora, além das lojas da Casa Rio Verde e do telefone 3116-2301, o interessado pode fazer a inscrição pelo site, no link www.vinhosite.com.br/vinhos/curso .

SERVIÇO – CURSO DE INICIAÇÃO AO VINHO – CASA RIO VERDE – JANEIRO
Turma 1 – 23,24 e 25 de janeiro (19 às 22H)
Turma 2 – 28/janeiro (9 às 19h)
Turma 3 – 30,31/jan e 1/fev (19 às 22h)
Carga horária: 9 horas
Degustação: 12 rótulos de diferentes estilos
Local: Casa Rio Verde – Praça Marília de Dirceu, 104 – Lourdes
Valor do investimento: R$ 299 por pessoa (capacidade 18 pessoas) – sócios do VinhoClube da Casa Rio Verde pagam R$209,30.
Inscrições e informações: www.vinhosite.com.br/vinhos/curso
Telefone: (31) 3116-2300


 

Tiradentes Vinho e Jazz Festival2

Tomar um bom vinho escutando música de qualidade em uma das cidades mais charmosas de Minas Gerais. Essa é a proposta do Tiradentes Vinho e Jazz Festival, que acontece na cidade história entre os dias 12 e 14 de junho, iniciativa do sommelier e restaurateur Francisco Rodriguez, do Pacco & Bacco.

Mais uma vez, o Largo das Forras, principal praça da cidade será o palco da festa que já está em sua terceira edição. O cenário histórico compõe o visual do festival, que durante três dias de programação vai disponibilizar pra degustação vinhos típicos de sete países: Espanha, Chile, Argentina, Portugal, França, Itália e África do Sul. A seleção dos vinhos, feita por Francisco, conta com uma grande variedade de sabores para agradar a todos os gostos e bolsos. A degustação funciona com sistema de cartelas, à venda no local, que dão direito a seis taças. São três tipos de cartela, a Premium (R$25,00), a Super Premium (R$35,00) e a Gold (R$55,00).

A ideia do festival é reunir um público variado, desde amantes de vinho à curiosos e leigos. Todos poderão aproveitar a oportunidade para experimentar novos rótulos e aprender mais sobre a enologia, ciência que estuda a composição do vinho, além de curtir o clima aconchegante e intimista da cidade. Quem gostar do vinho degustado pode comprar a garrafa na lojinha que o restaurante Pacco & Bacco disponibiliza no local. Quem se interessar, poderá também participar de palestra e de degustação comentada.

Os amantes do jazz também não ficam de fora. Grandes atrações musicais como Celso Moreira Trio, Gui Hargreaves, RegisKamikaze Blues e Catarina Moura e Mauro Continentino, do Pianíssimo Jazz, vão esquentar ainda mais o público no Largo das Forras. Os shows são gratuitos.

Tiradentes Vinho e Jazz Festival,

Também dentro da programação, a gastronomia, como não podia deixar de ser se tratando de Tiradentes, tem lugar de destaque. O público vai poder saborear a mistura perfeita de comida e vinho no tour eno-gastonômico, com pratos criados especialmente para o festival pelos restaurantes da cidade, como Pacco & Bacco, Ora-Pro-Nóbis, Kitanda Brasil, Trattoria Via Destra, Theatro da Villa, Casazul Bistrô Latino, Empório Santo Antônio, Angatu e Luth Bistrô.

ATRAÇÕES MUSICAIS

Celso Moreira Trio

Compositor e instrumentista, Celso Moreira tem mais de 30 anos de carreira. Já acompanhou grandes nomes da música brasileira como: Milton Nascimento, no antológico projeto “Missa dos Quilombos” , Nivaldo Ornelas, Toninho Horta, Wagner Tiso, Renato Borgheti, Juarez Moreira, Chico Amaral, entre outros. Na versão trio, ele é acompanhado pelos músicos André “Limão” Queiroz ( Bateria) e Miltom Ramos ( Baixo).

Gui Hargreaves

O compositor Gui Hargreaves vem ganhando cada vez mais reconhecimento no cenário independente belo horizontino. Sua música traduz elementos tradicionais e populares da cultura brasileira para um novo formato, confeccionando uma esfera sonora de complexidade artística e densidade sentimental, devido a forte influência de poesia em sua música (já que é também escritor/poeta publicado). No festival ele se apresenta com o contrabaixista Samuel Passos, que integrou a Big Band do Palácio das Artes e acaba de voltar de uma temporada na Espanha e o baterista Paulo Fróis, ganhador do prêmio Jovem Instrumentista BDMG 2014.

RegisKamikaze Blues

O RegisKamikaze Blues tem no repertório clássicos do rock tocados com uma pegada de blues. Tem músicas de Jimi Hendrix, Eric Clapton e Beatles no formato blues power trio. A banda é composta pelo ex-guitarrista do Flávio Venturini, Reginaldo Silva, nos vocais e na guitarra, por Marcus Marangon, no baixo e Luiz Moreira, na bateria.

Catarina Moura e Mauro Continentino

PIANISSIMO JAZZ é um duo de piano e baixo acústico formado por Mauro Continentino e Catarina Moura. Tocando juntos e com exclusividade há mais de três anos, a dupla apresenta um repertório de clássicos do jazz, especialmente composições dos anos 1920 aos 40, e enfatiza a importância da fusão entre o piano e o baixo, traçando um diferencial nas formações de bandas que estamos acostumados a encontrar.

PROGRAMAÇÃO

→ 12 de junho, sexta feira
21:00 Show Gui Hargreaves
Local: Largo das Forras

→ 13 de junho, sábado
11:30 – Degustação comentada – Valle du Rhône: Tintos de Norte a Sul
Palestrante: Pollyana Gomes
Capacidade: 24 vagas / Mínimo de 18 inscrições
Local: Pacco & Bacco
Valor: R$ 150,00 por pessoa

17:00 – Palestra – Desvendando segredos do Douro
Associação Brasileira de Sommeliers – ABS Minas
Capacidade: 24 vagas
Local: Pacco & Bacco
Valor R$ 135,00 por pessoa

17:00 Show – Mauro Continentino e Catarina Moura
Largo das Forras

19:30 Show – Celso Moreira Trio
Largo das Forras
22:00 Show – RegisKamikaze Blues
Largo das Forras

3° Tiradentes Vinho e Jazz Festival
De 12 a 14 de junho
Cartelas de degustação: R$25, R$35 e R$55 (seis taças por cartela)
Informações para viagem: Libertas Receptivo (31) 2516-0333 | (31) 9955-2505 ou pelo e-mail contato@libertasviagens.com.br.


vinho_curso_bh

 

Que tal fazer uma viagem pelo mundo do vinho? A Casa Rio Verde realiza nos dias 22,23 e 24 de abril (quarta, quinta e sexta-feira) uma nova edição do “Curso de Iniciação ao Vinho”.  São 9 horas de aula, sempre das 19h às 22 horas, na sala de treinamento da Praça Marília de Dirceu, 104, bairro de Lourdes.

Além da teoria – com história do vinho, como servir e conservar os vinhos, como harmonizar –  os participantes têm a oportunidade de degustar 12 rótulos de diferentes estilos, segundo metodologia criada pela Casa Rio Verde para classificação dos vinhos, a saber: tintos leves, tintos macios, tintos intensos, tintos complexos, tintos poderosos, brancos frutados, brancos gastronômicos, rosés light, rosés vigorosos, espumantes frutados, espumantes complexos e vinhos licorosos.

 

Curso de “Iniciação ao Vinho” – 22,23 e 24 de abril

Carga horária: 9 horas

Degustação: 12 rótulos de diferentes estilos

Material didático: Apostila

Local: Casa Rio Verde - Praça Marília de Dirceu, 104 – Lourdes

Valor do investimento: R$ 299 por pessoa (capacidade 18 pessoas) – sócios do vinhoclube da Casa Rio Verde têm desconto de 30%

Telefone para inscrições: (31) 3275-1237